Seu seguro foi recusado pela seguradora? Entenda por quê

Seu seguro foi recusado pela seguradora? Entenda quais motivos podem levar a seguradora a negar o seu seguro.

Seu seguro foi recusado? entenda por que.

Pensando em proteger o veículo é bastante comum que as pessoas façam a cotação de um seguro auto, porém, pode haver uma surpresa quando o seguro recusado pela seguradora. E aí surgem muitas dúvidas sobre quais os motivos que causaram a recusa.

Como funciona a recusa do seguro pela seguradora?

Ainda dentro de seus direitos, as seguradoras podem se recusar a fazer algum tipo de seguro, desde que essa condição esteja previamente especificada na própria proposta de seguro, dentro do prazo para a sua aceitação, assim como transcorre qualquer outro procedimento para comunicação de aceitação ou de recusa da proposta, trazendo detalhadamente todas as razões da recusa, desde que observado o período limite de quinze dias, contando desde a data de recebimento da proposta.

Para o segurado pessoa física, a seguradora fica limitada a uma solicitação, podendo solicitar ao mesmo mais documentos complementares para uma melhor análise do risco adquirido. Nesses casos, o período de quinze dias é suspenso, voltando a ser contado desde a data em que se der a entrega da documentação anteriormente pedida.

Entretanto, se mesmo com essa nova vistoria, a seguradora recusa o pedido de seguro dentro do prazo de quinze dias, os valores a serem pagos pelo segurado serão devolvidos pela seguradora em até dez dias.

Cabe à seguradora a possibilidade de deduzir do valor pago pelo segurado, a parcela que corresponde ao período em que houve a cobertura do seguro, ou, conforme seu julgamento, poderá devolver todo esse valor ao segurado, sobre isso, as condições dispostas no contrato de seguro regem.

Mas se a seguradora não restituir o valor em dez dias ao segurado, a conta deverá ter o seu valor atualizado conforme as normas em voga, incluindo a aplicação de juros de mora.

As seguradoras avaliam somente o carro ou o motorista também?

Um dos motivos que pode levar a seguradora recusa fazer seguro é o perfil do motorista. Isso porque ela avalia os mais diferentes riscos existentes.

Os casos mãos comuns nessa situação são motoristas com habilitação suspensa, histórico de inadimplência e até mesmo um alto índice de sinistro.

O seguro foi recusado por uma seguradora, mas outra não

Quem teve o seguro recusado em uma seguradora não significa que terá em outra. Isso porque cada empresa pode utilizar critérios diferentes para fazer a avaliação.

Portanto, o ideal é fazer a cotação em mais de uma seguradora para que dessa forma se aumente as chances de ter o carro segurado. Mas, se não houver nenhuma irregularidade com o veículo, dificilmente ocorrerá do seguro recusado pela seguradora.

Quando a seguradora recusa o seguro? Veja os motivos mais comuns do seguro recusado

Embora não haja normas que regulamentem a recusa ou não de seguro, existem alguns motivos que são mais comuns para que ocorra a recusa do seguro. Se o veículo é novo, nunca passou por uma avaria e está com a documentação em ordem, isso fica bem difícil de ocorrer. Mas, se o caso não é esse, então há uma chance de ter o seguro recusado. Veja os motivos mais comuns para que isso ocorra.

  • Motoristas com histórico ruim de condução;
  • Carteira de habilitação suspensa;
  • Pessoas inadimplentes;
  • Veículos de valor muito elevados ou modificados;
  • Veículos muito antigos ou fora de linha;
  • Carros que não foram aprovados pela vistoria;
  • Veículos sinistrados ou recuperados;
  • Irregularidades de documentação ou emplacamento;
  • Alteração do chassi.

Quanta tentativas de seguro posso fazer?

Não há um limite de tentativas para conseguir o seu seguro, é possível fazer simulações e receber cotações inúmeras vezes. Porém, enquanto o motivo da recusa não sofrer alterações, dificilmente o cenário será alterado.

A seguradora pode recusar a proposta para um segurado, terei de ficar sem seguro?

Quem teve a proposta recusada não precisa ficar sem seguro, primeiro é importante verificar qual foi o motivo da recusa.

Dependendo do caso basta fazer as regularizações apontadas e novamente tentar fazer o seguro com a mesma empresa.

Se isso não for possível, verifique outras seguradoras credenciadas a Susep e faça a tentativa em outra. Como as regras variam de uma empresa para outra, pode ser que isso seja conseguido.

Ainda assim, se não tiver sucesso e os motivos de recusa de seguro forem vinculados ao seguradora, opte por um seguro sem análise de perfil. Esses costumam ser produtos mais simples e protegem normalmente apenas contra roubo e furto.

O mais importante é você perguntar a seguradora porque o seguro foi recusado a fim de achar uma nova que aceite o seu veículo. Vale salientar que, se ele tiver alguma condição de recusa, mesmo que outra seguradora o aceite, o valor do seguro pode ser mais caro devido a essa característica especial, então é bom pesquisar bastante e avaliar sua necessidade no momento de fazer as coberturas.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

2 Comentários

  • Jose Julio Ribeiro Rosais says:

    Existem muitos outros motivos para as seguradoras não aceitarem solicitação de seguro. As seguradoras, assim com as empresas de telefonia no Brasil, fazem o que bem entendem. E não estão nem aí para o consumidor!

  • Paulo says:

    e se a seguradora, corretora simplesmente esquece de mencionar que o veículo não passou na vistoria? meu carro ficou mais de um mês sem seguro efetivado, e as parcelas foram pagas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *