15 coberturas que podem deixar seu seguro mais caro e você nem percebe

| Autor: Jeniffer Elaina

Acredite se quiser, mas, existem uma série de coberturas do seguro auto que podem deixá-lo mais caro e você nem percebe. Acompanhe este artigo e descubra quais são essas coberturas.

Todo o país vive um momento financeiro delicado, isso faz com que as pessoas busquem cada vez mais maneiras de economizar.

Gastos supérfluos são cortados diariamente pelas famílias brasileiras. Mas, existem alguns gastos que são necessários e, o seguro auto é um deles.

No entanto, existem maneiras de economizar em relação ao seguro auto sem que o serviço seja cancelado.

Sim, isso é possível. E, o segredo para conseguir essa economia está, nas coberturas adicionais.

Neste artigo, você conhecerá 15 coberturas que podem deixar seu seguro mais caro e você nem percebe.

15 coberturas que podem deixar seu seguro mais caro e você nem percebe

15 coberturas que podem deixar seu seguro mais caro

As coberturas adicionais geralmente são consideradas os diferenciais no momento da contratação de um seguro auto.

Elas podem tornar nossa proteção veicular e conforto muito maiores. Mas, também podem fazer com que o preço final do seguro auto também fique maior.

Cada cobertura é que adicionada ao seguro possui um custo, ele pode parecer pequeno no primeiro momento, mas, se somar o valor de todas que incluiu, perceberá que o valor final subiu consideravelmente.

Algumas podem ser interessantes dependendo da sua necessidade, por isso a escolha não deve ser feita levando em consideração apenas o preço.

Sabendo que eles possuem um custo, o ideal é fazer uma escolha consciente sabendo que está pagando pelo que precisa e eliminando as despesas desnecessárias, afinal, as coberturas que podem deixar seu seguro mais caro são escolhidas sem que recebam a devida atenção.

Veja a seguir as principais coberturas adicionais oferecidas pelas seguradoras e que acabam deixando seu seguro mais caro sem que você perceba:

1. APP – Acidentes Pessoais de Passageiros

A cobertura conhecida como APP, atende acidentes pessoais de passageiros.

Ou seja, em caso de colisão ou ocorrência de qualquer outro sinistro onde um, ou mais passageiros do veículo segurado sofram perdas, esta cobertura entra em ação.

Ela pode ser usada desde a indenização por perdas de bens materiais, até a cobertura de despesas médicas, ou ressarcimento por danos morais.

Se você for um motorista de aplicativo, um taxista, ou um profissional que transporte pessoas, essa cobertura adicional pode ser obrigatória para que você continue trabalhando com tranquilidade.

Mas, se você não transporta passageiros desconhecidos em seu carro, ela é apenas uma cobertura adicional que pode ser reconsiderada, já que pode encarecer bem o valor do seu seguro auto.

2. Assistência 24 horas

Quando falamos de Assistência 24 horas, é importante deixar claro que, cada seguradora costuma oferecer uma cobertura com serviços diferentes.

No entanto, existem alguns serviços dentro dessa cobertura que, de maneira geral, são comuns a todas, devido à concorrência.

Serviços como guincho, socorro para pane seca, mecânica e elétrica, chaveiro, troca de pneus, motorista substituto e o serviço de despachante, costumam ser as principais coberturas da assistência 24 horas, mas, existem outras.

Apesar de ser muito interessante contar com essa cobertura adicional, no final das contas ela não acaba sendo fundamental, o que a coloca na lista de coberturas que encarecem o seguro auto.

3. Carro reserva

A cobertura adicional chamada, carro reserva pode ser muito útil para pessoas que precisam dos seus carros todos os dias.

Afinal, ela oferece um carro ao segurado, caso o dele sofra um sinistro e fique impossibilitado de rodar por alguns dias.

No entanto, é preciso que algumas contas sejam feitas antes de contratar essa cobertura.

Procure descobrir quanto você pagará por essa cobertura adicional e por quantos dias terá direito ao carro reserva.

E, depois pesquise na sua cidade o quanto você pagaria no aluguel de um carro igual pelo mesmo período.

É possível que, alugar um carro saia mais barato do que arcar com esse custo a mais no seguro auto.

4. Cobertura Kit Gás

O Kit gás é uma das alternativas mais viáveis e inteligentes para quem busca economizar no dia a dia com combustível e, de quebra, poupar um pouco mais o meio ambiente.

No entanto, a conversão para que esse tipo de combustível possa ser utilizado, não é um serviço barato. Assim como os equipamentos utilizados no kit, também não são.

Nenhuma seguradora cobre esse tipo de equipamento dentro de suas coberturas básicas e ter que trocar um cilindro depois de uma colisão pode ser algo bem dispendioso, o que faz desta, uma cobertura adicional interessante.

Mas, é preciso dizer que, as chances do seu cilindro de gás (peça mais cara do kit) sofrer uma avaria séria em uma colisão, são mínimas.

O que faz com que esta não seja tecnicamente uma das coberturas mais importantes.

5. Cobertura para acessórios

A cobertura para acessórios, protege equipamentos instalados no veículo como equipamentos de som e/ou imagem, alto-falantes, amplificadores, equalizadores e módulos de potência, GPS, adaptações para PCD, equipamentos de trabalho como motores de guincho em caminhões, faróis auxiliares, sensor de estacionamento, bancos de couro e mais.

Está pode ser uma cobertura interessante para equipamentos realmente carros instalados no veículo.

Mas, se este não é o caso, pode ser que ela sirva apenas para encarecer seu seguro auto e você não esteja se dando conta disso.

6. Cobertura para blindagem

Alguns carros saem de fábrica blindados ou tem a blindagem adicionada depois.

Independentemente de qual seja o caso, este que não é um serviço barato para ser adicionado ao veículo, e precisa contar com uma cobertura adicional para garantir reparos caso aconteça um sinistro.

No entanto, as chances de uma colisão danificar seriamente esse tipo de estrutura são bem pequenas, o que não faz com que esta seja uma cobertura tão fundamental assim.

7. Coberturas de vidros

A cobertura de vidros, além de atender janelas e para-brisa, também atende despesas com faróis, lanternas, espelhos e lentes de retrovisores.

Ela pode ser muito interessante especialmente para pessoas que moram em cidades grandes como São Paulo, por exemplo.

No entanto, é preciso calcular se vale a pena investir em uma cobertura de vidros, ou se é mais negócio arcar com esse reparo sozinho, caso venha ser necessário.

8. Despesas extraordinárias

A cobertura adicional para despesas extraordinárias atende situações como gastos extras relacionados a sinistros que venha a acontecer com seu veículo.

Por exemplo, você bateu o carro e precisou receber atendimento médico, ou, seu veículo teve uma pane no meio da estrada e você precisou se hospedar em um hotel.

Situações assim podem acontecer, e nestes casos essa é uma cobertura que pode ser muito interessante.

Mas, é preciso mencionar que, a cobertura de despesas extraordinárias atende até um determinado valor que deve ser estipulado previamente na apólice.

9. Extensão pela América do Sul

A cobertura também conhecida como Carta Verde, oferece proteção para seu veículo e os de terceiros em outras cidades da América do Sul.

Mas, se você não costuma viajar para um destes países de carro com frequência. Esta não é uma cobertura que vale a pena ser contratada.

Se você viaja de carro para os países onde este seguro é obrigatório, apenas esporadicamente, é mais interessante que esta cobertura seja contratada apenas temporariamente.

10. Lucros cessantes

Pessoas que dependem do veículo para trabalhar como taxistas, motoristas de aplicativo, caminhoneiros, etc.

Podem contar com a cobertura adicional para lucros cessantes. Esta cobertura prevê o reembolso financeiro dos dias em que o veículo não pode rodar devido a um sinistro.

Ou seja, supondo que você seja taxista e tenha um faturamento de R$ 100 por dia, bata o carro e fique com ele parado 5 dias em uma oficina para que o conserto seja feito.

Se você contar com a cobertura de lucros cessantes, poderá receber uma indenização referente a esses dias em que seu carro ficou parado na oficina, neste caso, uma quantia de R$ 500.

Essa é uma cobertura adicional que, assim como as demais mostradas neste artigo, também encarece o valor do prêmio do seguro.

Portanto, se você não trabalha com seu veículo, pode ser que você esteja gastando dinheiro sem necessidade ao contar com ela.

11. Responsabilidade civil

Muitas pessoas consideram a cobertura de responsabilidade civil como obrigatória, mas, na realidade esta é uma cobertura adicional, que atende despesas com carros ou danos físicos e morais de terceiros.

Ou seja, se você bater em um carro a cobertura cuidará do conserto do mesmo, assim como se você atropelar um pedestre, esta cobertura garantirá todo o socorro médico e hospitalar a vítima.

Sem que você precise pagar qualquer valor a mais. Talvez essa seja a mais importante entre todas as coberturas adicionais.

Mas, isso não faz dela completamente indispensável.

Se você, por exemplo, não costuma circular muito com seu carro por aí, suas chances de se envolver em um acidente são bem menores, logo, pode não ser tão interessante assim contar com esta cobertura.

12. Valor de Novo – Para veículos 0 Km

Quando você compra um carro 0 Km e contrata um seguro auto para ele, conta com uma garantia de indenização no valor do integral do veículo por um período de 90 dias, caso ele seja roubado ou furtado ou sofra perda total.

Isso significa que, caso seu carro novo venha sofrer perda total, você poderá receber o valor que pagou por ele como indenização, sem desvalorização.

Ao contratar a cobertura adicional chamada de valor de novo, você consegue estender essa garantia de 90 dias para 180 dias.

Mas, essa extensão tem um custo adicional. Por isso, é preciso que você avalie bem as possibilidades dessa cobertura ser realmente necessária antes de contratá-la.

13. Aumento da quilometragem

O serviço de assistência 24 horas muitas vezes está limitado a uma determinada região, pois ele possui uma quilometragem de distância de sua residência.

Vamos supor que a quilometragem seja de 100 km, se estiver a 200 km de distância de sua cidade não poderá utilizar o serviço.

A extensão do perímetro permite ampliar essa área de cobertura, mas, só é interessante se a pessoa tem o costume de viajar com o carro, senão será uma despesa desnecessária.

14. Transporte para continuação da jornada ou retorno ao domicilio

Se o carro quebrou no meio do caminho e você não tem como utilizar ele para continuar o percurso, a seguradora oferece o transporte, que pode, por exemplo, ser um táxi.

Para quem está sempre na estrada essa cobertura pode ser vantajosa, afinal, dependendo de onde está o valor do percurso até sua casa ou outro local pode ser alto.

Já para quem roda mais na cidade, não precisa pagar por essa cobertura, afinal, existe maios de transporte acessíveis e baratos como ônibus, táxis e transporte por aplicativo.

15. Serviço de reparo do polimento de pintura

Sabe aqueles pequenos arranhões que acontecem no trânsito por um descuido seu ou de outro motorista, mas, que deixa a pintura feia?

É para isso que serve o polimento da pintura, para tirar essas marcas da lataria do carro.

Vale avaliar se realmente há necessidade desse tipo de contratação.

Essas são as principais coberturas que podem deixar seu seguro mais caro e que você nem percebe.

Portanto, reavalie seu contrato, ou considere com muita atenção todas as coberturas escolhidas antes de assinar a apólice de seguros do seu veículo.

Fazendo isso você será capaz de eliminar as coberturas que não serão tão importantes assim de acordo com a sua rotina e consequentemente, conseguirá economizar uma boa quantia no valor final do seu seguro.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *