Como recuperar CNH cassada ou suspensa?

| Autor: Jeniffer Elaina

Existem duas maneiras de perder o direito de dirigir, uma delas é tendo a CNH suspensa, a outra é tendo o documento cassado. Se uma dessas duas aconteceu com você, descubra aqui como recuperar CNH cassada ou suspensa.

Perder o direito de pilotar é algo que pode trazer diversos transtornos a uma pessoa.

Especialmente para aqueles que têm esse hábito como profissão.

Conforme informações obtidas junto ao Detran, apenas no Estado de São Paulo, a cada um minuto, uma pessoa tem sua carteira de habilitação cassada ou suspensa.

Se você está nessa situação e deseja saber como recuperar CNH cassada ou suspensa, acompanhe esse artigo e entenda melhor como isso acontece e como pode ser resolvido.

Como recuperar CNH cassada ou suspensa?

Imagem: Getty Images

Diferença entre CNH suspensa e cassada

Antes de explicar melhor como a carteira de habilitação pode ser cassada ou suspensa é interessante que você saiba exatamente a diferença entre essas duas situações.

Se sua CNH é suspensa, você é obrigado a passar por um curso para reciclagem e uma prova teórica ao final dele.

Onde pelo menos 21 de 30 questões precisam ser acertadas.

Quando ela for cassada, além desse processo de curso para reciclagem e prova teórica, o motorista é submetido a aulas práticas, simulações e um prova final, também prática.

Além de exames médicos e psicológicos.

Como a CNH pode ser suspensa ou cassada?

A suspensão da CNH pode ocorrer de duas maneiras, na primeira o motorista recebe vinte pontos ou mais na CNH, em um intervalo de até 1 ano e tem a carteira suspensa.

Esse período de 1 ano começa a ser contado a partir da data da primeira infração.

Na outra, a pessoa comete uma infração gravíssima ou mais de doze faltas suspensivas, e perde o direito de dirigir.

Entre as infrações graves mais comuns estão, dirigir embriagado, exceder o limite de velocidade em 50% ou mais do que o permitido em uma via, praticar corridas ilegais e muito mais.

Esse suspenso costuma girar entre 6 meses a 2 anos.

Esse tempo dependerá muito do tipo de suspensão recebida.

Depois de vencido esse período, para que ele volte a poder dirigir, é preciso que o motorista faça um curso para reciclagem e uma prova teórica.

O maior número de casos de cassação da CNH se deve ao fato de motoristas que estavam com a carteira suspensa serem pegos dirigindo.

Mas, existem outras situações que podem levar um motorista a ter a carteira cassada como, ser pego ao volante embriagado, permitir que uma pessoa sem habilitação dirija, ser condenado na justiça por um delito de trânsito, ser pego em corridas ilegais, praticar manobras de risco ou ser pego em bruscas arrancadas.

A cassação da CNH tira o direito de conduzir por até dois anos.

Depois desse período, o motorista deverá fazer um curso para reciclagem e passar por uma avaliação psicotécnica, teórica e prática.

De acordo com uma pesquisa realizada junto ao Detran, constatou-se que a maioria dos motivos de cassação de CNH, aproximadamente 47% dos casos, se deve ao flagrá de condução com excesso de velocidade.

Vale lembrar que um motorista que teve sua carteira cassada, teve diversas multas e chances para regularizar sua situação junto ao Detran antes disso acontecer.

Na imagem a seguir é possível ver o número de carteiras de motorista suspensas ou cassadas, tanto no Estado de São Paulo, como na capital:

Como recuperar CNH cassada ou suspensa?

Fonte:www1.folha.uol.com.br

Veja como recuperar CNH cassada ou suspensa

Por mais constrangedor e problemático que possa ser ter sua CNH cassada ou suspensa, existem meios de recuperá-la.

O primeiro passo que você deve tomar é entregar sua CNH em um dos postos de atendimento do Detran de sua região e aguardar o período de cassação ou suspensão.

Feito isso, basta que você se dirija a um dos postos Detran e solicite um curso de reabilitação, oferecido gratuitamente na instituição.

Ou então inicie um curso de reabilitação em um CFC – Centro de Formação de Condutores.

Mas, nesse último caso, o curso de reabilitação será pago.

Esse procedimento de reabilitação inclui a execução de um exame médico e um psicológico, e uma avaliação teórica e prática, além das taxas de emissão que giram em torno de R$ 300,00.

Depois que todo esse processo é cumprido o motorista receberá uma nova CNH, e a dica é para que ele tenha cuidado e evita o máximo possível voltar a cometer os mesmos erros.

Informações relevantes sobre o assunto suspensão e/ou cassação

É interessante ressaltar que a suspensão da carteira de habilitação pode ser de 6 a 12 meses, ou de 8 a 18 meses, em casos de reincidência.

Além disso, se o motorista ultrapassar os 20 pontos em sua carteira ele a terá suspensa automaticamente.

Algumas infrações e multas levam a suspensão direto como, por exemplo, disputar corridas ilegais ou ser pego embriagado ao volante.

Para quem cumpre o prazo estipulado legalmente, reaver a CNH suspensa é um serviço gratuito.

Mas, nos casos de cassação é preciso desembolsar uma quantia de aproximadamente R$ 300,00 em exames, taxas e na emissão de um novo documento.

Por isso, fique atento a sua pontuação na carteira de habilitação e evite dores de cabeça e gastos desnecessários.

Posso fazer um seguro auto com a CNH cassada ou suspensa?

Muitas pessoas se perguntam se é possível fazer um seguro auto com a CNH cassada ou suspensa.

Essa é uma questão recorrente, tendo em vista toda a burocracia envolvida nesse tipo de serviço.

Desse modo, esse artigo tem como objetivo esclarecer esse assunto de uma vez por todas.

Veja quais são os fatores que você deve levar em conta e como eles influenciam nessa situação.

Seguro auto com a CNH cassada ou suspensa

Importante deixar claro que esses contextos são distintos.

O primeiro se refere ao vencimento do prazo de renovação, enquanto a segunda está relacionada ao número excessivo de infrações.

Então, realizar um seguro aqui vai depender de como a empresa que você escolheu trabalha.

Isso porque o primeiro documento solicitado na hora da contratação é a CNH.

Entretanto, existem companhias que não tratam a carteira de motorista como fator essencial.

Aqui seria a brecha para quem se encontra com a mesma irregularidade.

Porém, isso não é nem de longe uma vantagem.

A começar que ao comprar esse serviço é preenchido um formulário de avaliação de risco.

Nele, o condutor principal deve ser indicado.

Assim, quaisquer imprevistos serão minuciosamente investigados pela empresa.

Desse modo, tempo e histórico de habilitação serão checados sem dúvida, sob risco de perder esse suporte.

Portanto, mesmo sendo uma possibilidade, talvez ela não seja tão interessante.

Claro que, é fundamental que seja dada a devida atenção às particularidades do contrato.

Cada companhia funciona de um modo.

Por fim, você pode fazer um seguro auto com a CNH cassada ou suspensa.

Só cuidado para não acabar em uma situação ainda mais complicada.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

2 Comentários

  • Jorge de Souza Braga Junior says:

    Olá,

    Passando o período de 2 anos da cassação, depois de provas práticas e teóricas, sendo aprovado, eu seria habilitado na mesma categoria que eu já tinha certo e não pegaria permissão pra dirigir e sim a cnh?

    Att

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Jorge,

      Agradecemos sua mensagem em nosso site.
      Por favor, entre em contato com o Detran de sua cidade para que possam ajudá-lo.

      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *