Tipos de plano de saúde

Se você está procurando mais informações sobre os tipos de plano de saúde e como cada um deles funciona. Você está no lugar certo. Acompanhe esse artigo e saiba mais a respeito desse assunto.

Todas as pessoas que dependem do SUS – Sistema Único de Saúde, em algum momento, mesmo que apenas por uns minutos, da vida já pensaram em aderir a um plano de saúde.

Prova disso são os números registrados pela ANS sobre o aumento da adesão dos brasileiros aos planos de saúde.

De dezembro de 2007 até mesmo mês de 2017, o número de pessoas que aderiram a planos de saúde subiu de 39.316.313 para 47.301.387, um aumento de quase 8 mil pessoas.

E o aumento de adesão nos planos odontológicos também surpreende, nesse mesmo período de 10 anos os adeptos do serviço passaram de 9.164.386 para 22.910.920, quase 14 mil pessoas.

Pensar em ter um plano de saúde é absolutamente normal.

Mas, como saber qual o melhor entre todos os tipos de plano?

Afinal, não existe apenas um tipo de cobertura e, se uma pessoa está decidida a contratar um serviço como esse, é importante que ela escolha da melhor forma.

Para ajudar nessa escolha, criamos esse artigo com informações sobre todos os tipos de plano de saúde e como cada um deles funciona.

Assim ficará muito mais simples escolher o que melhor lhe convém.

Tipos de plano de saúde

Quais são os tipos de plano de saúde segundo a ANS?

A ANS é a empresa responsável por controlar as empresas do setor e autorizar a comercialização dos serviços.

De acordo com o órgão, os tipos de plano de saúde que podem ser comercializados pelas operadoras são quatros:

  • Atendimento em ambulatório;
  • Atendimento em hospitais (com ou sem obstetrícia);
  • Atendimento Odontológico;
  • Cobertura referência.

Veja o que cada um dos tipos de plano de saúde cobre

A seguir, mostraremos de uma maneira generalizada, o que cada um dos tipos de plano de saúde oferecidos pelas operadoras nacionais cobre.

No entanto, vale mencionar que algumas coberturas podem variar de uma empresa para outra.

Veja a seguir quais são as coberturas dos tipos de planos mencionados anteriormente:

  1. Plano de saúde de atendimento ambulatorial

  • Consultas ilimitadas em ambulatórios e consultórios;
  • Procedimentos e exames ambulatoriais, incluindo os realizados em clínicas e consultórios;
  • Procedimentos e atendimentos urgentes nas primeiras 12 horas;
  • Exames onde não há é preciso a permanência no hospital por mãos de 12 horas;
  • Procedimentos especiais como hemodiálises, diálises, quimioterapias, hemoterapia e radioterapia.
  1. Plano de saúde hospitalar – sem cobertura obstétrica

  • Internações hospitalares ilimitadas, incluindo UTI. Com direito a exames, tratamentos como quimioterapia, anestesias, salas cirúrgicas, transfusões e materiais utilizados no período da internação;
  • Atendimentos emergenciais que evoluam para uma internação, seja por necessidade de manter a vida, ou algum órgão;
  • Todos os exames complementares que forem realizados durante a internação hospitalar, além de procedimentos em hemodinâmica;
  • Procedimentos especiais como: Hemodiálises e diálises peritoneais, quimioterapias e radioterapias, com rádio implante, rádio moldagens e braquiterapias, hemoterapias, nutrição enteral ou parenteral, exames e procedimentos para terapias e diagnósticos em hemodinâmica, embolização e radiologias intervencionistas, fisioterapias e  acompanhamento clínico para os pacientes transplantados, no pós-operatório.
  1. Plano de saúde hospitalar – com cobertura obstétrica

O plano com obstetrícia, garante além dos benefícios citados acima, a inclusão de exames relacionados ao pré-natal, assistência no parto e ao bebê por 30 dias, seja ele natural ou adotado.

O plano também garante a inclusão do bebê como dependente.

  1. Plano de saúde odontológico

  • Procedimentos e exames odontológicos que podem ser de realização simples, como endodontia, exames radiológicos, periodontia, cirurgias menores realizadas com anestesia local;
  • Cobertura de exames radiológicos também de realização simples;
  • Atendimento de emergência e urgência.
  1. Plano de saúde Referencial

Esse é o tipo mais completo, e oferece cobertura a todos os procedimentos cirúrgicos e clínicos, e atendimentos de emergência e urgência.

Além disso, todos os tipos de exames são cobertos.

Conheça os tipos de plano de saúde no quesito contratação

Outro quesito em relação aos planos de saúde que é dividido por categorias são os tipos de contratação.

É interessante conhecer cada um deles e saber como suas regras funcionam. Veja mais informações sobre o assunto a seguir:

Plano de saúde individual ou familiar

Essa contratação de geralmente é feita diretamente entre o cliente e a empresa do plano de saúde.

A cobertura dos serviços e atendimentos será de acordo com cada perfil de cliente.

Esse plano pode ser tanto para uma pessoa apenas como para uma família.

Logo, você pode incluir em uma mesma cobertura, pais, esposa ou marido, filhos e enteados.

As características contratuais mais comuns desse tipo de plano de saúde são:

  • Adesão livre;
  • Carência comum a todos os planos;
  • Cobertura escolhida de acordo com as necessidades do cliente;
  • Cobrança realizada pela operadora diretamente ao contratante;
  • Rescisão sem multa apenas em casos de fraude ou ausência de pagamentos.

Plano de saúde coletivo

Esse tipo de plano de saúde conta com duas variações de contratação que são a empresarial e por adesão. Conheça melhor as duas a seguir:

Plano empresarial: voltado para prestação de serviços para os funcionários de uma empresa, ou pessoas que possuam vínculo empregatício.

Nessa modalidade, o responsável pela contratação do serviço é a empresa, e os gastos do pagamento do plano, são divididos entre a empresa e o funcionário, sendo que a empresa fica com a maior percentagem.

As condições de contratação desse tipo de plano de saúde são:

  • Adesão exige vínculo empregatício ou estatutário com pessoa jurídica;
  • Carência normal exceto para contratos com 30 pessoas ou mais e para quem adere ao plano em um prazo de 30 dias após a confirmação do contrato ou a vinculação com a empresa;
  • Cobertura de acordo com a oferta da operadora e o contratado pela empresa;
  • Cobrança realizada pela empresa ao beneficiário;
  • Rescisão prevista em contrato e válida apenas para o contrato de maneira geral.

Plano por adesão: esse modelo de contratação é voltado para pessoas jurídicas que busquem os serviços através de sindicatos, conselhos, entidades de classe e associações profissionais.

Ou seja, você contratará o plano de saúde através de uma entidade trabalhista, como as citadas anteriormente.

Você será responsável por arcar com os custos mensais do plano sozinho, no entanto, esses, serão bem menores que no plano individual, por exemplo.

Além disso, é preciso que fique claro que, nessa modalidade, os responsáveis pela negociação de coberturas e demais detalhes são as entidades de classe.

As condições de contratação desse tipo de plano de saúde são:

  • Adesão exige vínculo a uma entidade de classe como sindicatos ou associações profissionais;
  • Carência normal, exceto para quem adere ao plano no prazo de 30 dias da celebração do contrato de adesão da entidade de classe ou durante o aniversário do contrato;
  • Cobertura segundo os serviços oferecidos pela operadora responsável pelo plano;
  • Cobrança é feita diretamente ao beneficiário pela entidade de classe responsável pela contratação do plano de saúde;
  • Rescisão sem multas prevista em contrato e válida apenas de modo geral, para todos os beneficiários.

Plano de saúde para MEI – Microempreendedor Individual

Além desses tipos mais comuns, recentemente tem crescido no mercado a oferta e a procura por um tipo de plano de saúde para MEI.

Essa cobertura está disponível apenas para pessoas que são Microempreendedoras Individuais que possuem uma pessoa contratada formalmente.

Ou seja, apenas pessoas jurídicas com um único funcionário contratado podem contar com esse tipo de cobertura.

E, as condições contratuais deste plano de saúde funcionam exatamente como as do plano de saúde empresarial.

Esses são os tipos de contratação de plano de saúde mais comuns, se você quiser mais informações sobre esse assunto, especialmente sobre as normas, pode procurar diretamente no site da ANS.

Tipos de plano de saúde por abrangência

Além dos tipos já citados, vale ficar atento nos tipos de abrangência oferecidos.

Geralmente, cada categoria conta com uma abrangência diferente. Essas podem ser:

  • Plano básico – abrange todo o território regional, cidade principal e próximas;
  • Plano intermediário – atende também o território regional, e cobre emergências em todos o território nacional;
  • Plano executivo – possui cobertura nacional, e alguns ainda contam com assistência médica em viagens internacionais.

Qual dos tipos de plano de saúde é o melhor?

Essa é uma pergunta que não possui uma resposta fechada.

Todos os modelos de planos foram idealizados de maneira a atender diferentes necessidades.

Logo, caberá apenas a você conhecer melhor o que cada operadora oferece em cada um dos tipos de plano de saúde e assim eleger o que melhor se adéqua às suas necessidades.

Esperamos ter ajudado com esse artigo, se você está buscando um plano de saúde, familiar ou individual, procure mais informações na internet e solicite cotações nas empresas mais conhecidas.

Esse pode ser o melhor caminho para conseguir aderir um plano de saúde realmente eficiente.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *