Quais são seus direitos se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto

Compartilhe em suas redes:

Entre as muitas dúvidas sobre seguro auto uma das que mais causam preocupações, é relacionada ao que fazer se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto. Acompanhe este artigo e descubra como proceder nesses casos.

No momento da contratação de um seguro auto é fundamental que o segurado esteja atento aos detalhes da apólice. Pois, são exatamente nesses detalhes que se encontram os deveres e direitos do segurado e da seguradora.

Se encontrar em situações onde empresa de seguro se negue a cumprir com o acordado, é mais comum do que se imagina e, na maior parte das vezes tem um motivo justo. Neste artigo você descobrirá o que fazer se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto.

Quais são seus direitos se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto

Conheça as situações que fazem a seguradora não pagar a indenização do seguro auto?

Existem muitas situações que podem fazer a seguradora não pagar a indenização do seguro auto, a seguir mostraremos algumas delas:

  1. Documentação incompleta

O primeiro e mais comum dos motivos que fazem a seguradora não pagar a indenização do seguro auto é a ausência de documentos solicitados. Muitas vezes as pessoas não se atentam corretamente aos documentos exigidos e acabam esquecendo de entregar um ou mais deles. Isso faz com que a indenização atrase ou mesmo seja negada.

  1. Atraso do pagamento da apólice

Este também é um motivo comum que faz com que a seguradora se negue a pagar a indenização. Muitas pessoas optam por parcelar o valor da apólice, e quando acontece um sinistro e o segurado tem alguma parcela em atraso, a seguradora pode sim se recusar a pagar a indenização. Por isso, procure manter seus pagamentos sempre em dia.

  1. Falta de cobertura para o sinistro

Ao contratar uma cobertura apenas para casos de furto ou roubo, não espere que você receba uma indenização caso sofra uma colisão e seu carro seja caracterizado como perda total. O seguro cobrirá apenas as situações descritas na apólice, então, esteja muito atento e consciente no momento de escolher suas coberturas e fechar o contrato do seguro auto.

  1. Informações inverídicas

Muitas pessoas passam informações erradas ou omitem detalhes quando estão preenchendo a proposta do seguro, com a intenção de conseguir um preço menor na apólice. Em ocorrência de um sinistro, a seguradora descobrindo que a informação irreal, pode e irá se negar a pagar a indenização. Portanto, não minta nem omita nenhuma informação sobre seu veículo e a rotina de uso dele, no momento da contratação.

  1. Sinistros acontecidos em condições ilegais

Se você bater seu carro enquanto dirigia embriagado ou em uma corrida ilegal, por exemplo, não espere que o seguro cubra os danos. Caso seja comprovado que o motorista estava agindo contra a legislação brasileira, ele terá o pagamento da indenização, recusado.

  1. Acidentes com condutores não habilitados

Se uma pessoa sem carteira de habilitação pegar seu carro e sofrer um acidente com ele, o seguro não cobrirá as perdas, mesmo que você tenha cobertura para motoristas secundários.

  1. Situações de risco

Você estacionou seu carro na rua e esqueceu de fechar uma das janelas, e ele foi roubado. Esta é uma situação onde cabe o que as seguradoras chamam de ‘Agravamento de Risco’. Ou seja, você expôs seu veículo ao um risco maior do que o normal. Se isso for comprovado, a seguradora pode sim se negar a pagar a indenização.

  1. Mudanças na estrutura e acessórios de valor

Promover mudanças na estrutura do carro, ou instalar equipamentos de valor que possam chamar mais a atenção de ladrões. Pode fazer com que a seguradora se recuse a cobrir a indenização, principalmente se isso for feito durante o período de vigência e a seguradora não for comunicada.

O que fazer se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto mesmo você estando correto com seus deveres?

Você sofreu um acidente caracterizado como perda total, cuja o seu seguro auto atende, entregou todos os documentos dentro do prazo, está com o pagamento em dia e cumpre todas as obrigatoriedades acerca da apólice. Mas, mesmo assim a seguradora se nega a pagar a indenização.

Se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto, mesmo você, tendo agido de maneira correta com a empresa é preciso que você procure seus direitos. Leia novamente a apólice, converse com seu corretor e garanta que seus direitos serão cumpridos.

Se for necessário procure um advogado especializado no assunto e mova uma ação judicial contra a seguradora. A maior parte dos casos dessa natureza são ganhos pelos segurados, que acabam recebendo a indenização negada, e uma indenização por danos morais e patrimoniais.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *