Saiba tudo sobre o seguro auto para empresas e frotas

Procurando mais informações sobre seguro auto para empresas e frotas? Você acaba de encontrá-las. Acompanhe este artigo e descubra todas as informações importantes sobre esse assunto.

Todos sabem que contar com um seguro auto nos dias atuais é fundamental.

Pois bem, esta regra não se aplica apenas às pessoas físicas. As empresas e donos de frotas também precisam contar com esse tipo de serviço.

No entanto, existem algumas diferenças nesta prestação de serviço. Afinal, uma empresa ou uma frota costumam contratar coberturas para muitos veículos, e não apenas um, como acontece no caso da pessoa física.

Para ajudar a esclarecer melhor essa questão, trouxemos um apanhado de informações sobre seguro auto para empresas e frotas. Acompanhe e entenda mais sobre o assunto.

Saiba tudo sobre o seguro auto para empresas e frotas

Imagem: Getty Images

Entenda as diferenças entre seguro auto e seguro auto para empresas e frotas

A primeira coisa que deve ficar clara são as diferenças entre o serviço prestado a uma pessoa física, o seguro auto, e o serviço prestado a uma pessoa jurídica, o seguro auto para empresas e frotas.

O seguro auto para empresas e frotas pode ser contratado por meio de uma apólice única para proteger toda uma frota.

Quanto mais carros houverem na empresa ou frota, maiores podem ser as chances de desconto.

O seguro auto para empresas é utilizado frequentemente para empresas que precisem contratar proteção para veículos particulares utilizados no trabalho.

Essa modalidade de seguro pode contar com apólices individuais ou unificadas, dependerá apenas da escolha do responsável.

Já o seguro auto para frotas costuma ser contratado quando uma empresa deseja proteger igualmente todos os carros de sua propriedade que circulam na mão de funcionários.

O seguro para frotas precisa contemplar no mínimo 2 veículos, deve ser contratado pela mesma pessoa e a seguradora deve ser a mesma para todos os carros envolvidos.

Cada seguradora pode ter regras específicas e exigir uma quantidade mínima de veículos para que se configure um seguro frota. Por isso, é importante verificar as regras de cada uma.

Veja como as coberturas para do seguro auto para empresas e frotas funcionam

Da mesma maneira que as coberturas de seguro auto funcionam para pessoas físicas, funcionam para as pessoas jurídicas.

Existem muitas possibilidades de contratações, mas, de modo geral, a maioria das apólices cobrem situações como:

Além dessas coberturas básicas, existem algumas adicionais, que podem trazer mais segurança e conforto para a empresa e o funcionário que utiliza o veículo. Mas elas também podem encarecer o custo final. Algumas dessas coberturas adicionais são:

  • Danos à carroceria, cobertura utilizada para veículos refrigerados, ou blindados;
  • Danos aos ocupantes do veículo;
  • Custos advocatícios em casos de possíveis processos por danos a terceiros;
  • Carro extra, para a substituição do veículo segurado durante o período do conserto;
  • Lucros cessantes, cobertura que paga ao segurado o prejuízo referente aos ganhos perdidos nos dias que o veículo ficou parado para conserto;
  • Acessórios, garante o reembolso de objetos danificados ou roubados como equipamentos profissionais e GPS, por exemplo.
  • E outras!

Conheça melhor os tipos de seguro auto para empresas e frotas

São basicamente dois tipos de seguro auto para empresas e frotas, onde as diferenças se resumem a forma de pagamento. Conheça cada um deles abaixo.

Seguro em grupo de afins

Contratado por uma associação de funcionários da mesma empresa ou um empregador, o seguro em grupo funciona através de uma apólice única. No entanto, a seguradora contratada deve fornecer um certificado para cada carro segurado.

Normalmente o pagamento é realizado individualmente, por cada um dos integrantes do grupo. Mas ele também pode ser integral, caso o empregador seja o responsável pela contratação.

Ou ainda, dividido entre o empregador e os funcionários em proporções justas e estabelecidas por meio de um acordo prévio.

Apólice coletiva

Este tipo de seguro consiste em uma única apólice responsável por assegurar diversos carros ao mesmo tempo. Ela é mais usada por donos de frotas, seja ele uma pessoa jurídica ou física.

Além de uma única cobrança, aqui também não existe a necessidade da emissão de um certificado para cada carro, visto que toda a frota está em nome de uma única pessoa.

Quando esta apólice é contratada por uma pessoa jurídica, existe ainda a possibilidade de incluir os carros dos diretores da empresa, de empresas terceirizadas, ou coligadas a empresa.

E caso o dono da frota adquira algum veículo novo durante o período de vigência do contrato, é possível incluí-lo na apólice. Neste caso, basta realizar o pagamento referente a proteção do novo veículo.

Quanto custa o seguro auto para empresas e frotas?

Para definir o preço deste tipo de seguro, a seguradora vai avaliar uma série de fatores. Começando pelo número de carros da frota.

Como citamos, quanto maior o número de veículos, maiores as chances de obter um desconto ao contratar a proteção.

Ao mesmo tempo, a empresa vai avaliar aspectos que influenciam no risco de sinistro dos veículos. Isso inclui:

  • O tipo de uso dos automóveis;
  • Perfil dos condutores dos carros;
  • Frequência de uso dos veículos;
  • Local de tráfego e de estacionamento dos autos;
  • O histórico de sinistro dos veículos/motoristas/empresa;
  • Modelos dos veículos etc.

Entenda o funcionamento das indenizações no seguro auto para empresas e frotas

A apólice do seguro auto para empresas e frotas é completamente personalizável, assim como o seguro auto individual. Ou seja, é possível escolher as coberturas que farão parte do seguro.

Essa é uma grande vantagem, pois o número de coberturas contratadas influencia diretamente o custo do seguro. Logo, é importante contratar apenas as proteções que façam sentido ao seu caso.

Por exemplo: se sua frota transita em uma cidade sem alagamentos, não vale a pena contratar uma cobertura para esse sinistro, concorda?

E as indenizações deverão ocorrer conforme a cobertura contratada. Da mesma maneira como acontece no seguro auto individual.

Nestes casos, o sinistro pode ser parcial ou total. A perda total acontece quando o valor do conserto do carro é igual ou superior a 75% do preço de compra do veículo.

No seguro auto para empresas e frotas, as indenizações também seguem a mesma lógica. Nos casos de sinistros parciais, é preciso que a franquia seja paga para que o conserto aconteça.

A franquia de um seguro é o valor de responsabilidade do segurado para o reparo do seguro. Por exemplo: a franquia do seguro contratado é de R$ 500. Então, um carro da sua frota sofreu um acidente.

O conserto desse veículo terá custo de R$ 4 mil. A empresa dona do veículo vai pagar R$ 500 à oficina mecânica, enquanto a seguradora vai quitar os R$ 3.500 restantes.

Tanto o valor da franquia, quanto suas regras de pagamento, aparecem na apólice do seguro. É fundamental conhecer as normas, para não ser pego de surpresa após um sinistro.

Perda total e pagamento das indenizações

Já nos casos de perda total, a indenização deve ser integral, ou conforme o acordado na apólice. Em casos de furto ou roubo, o segurado receberá a indenização integral apenas se o veículo não for encontrado dentro de um determinado período, que costuma ser de 30 dias.

Vale dizer que nos casos de perda total, seja por apropriação indevida ou colisão, incêndio etc., não existe a necessidade do pagamento da franquia.

E a indenização deverá ser paga em um período de 30 dias, que começa a ser contado após a entrega de todos os documentos solicitados pela seguradora.

Qual o valor da indenização do seguro?

O valor a ser indenizado em caso de perda total varia dependendo do que consta na apólice.

Ele pode ser pago na modalidade “valor de mercado referenciado”. Isso quer dizer que será utilizada uma tabela para consulta.

Uma das mais utilizadas é a Tabela FIPE, que aponta o valor médio de mercado de diferentes modelos de carro. Assim, elas permitem à seguradora pagar um valor justo pelo veículo.

Outra possibilidade é o “valor determinado”. Na apólice constará um valor fixo que servirá de indenização no caso de acontecer alguma coisa com o veículo e que a cobertura contemple.

Por que contratar um seguro para empresas e frotas?

Existem várias razões para contratar um seguro auto para empresas e frotas. Listamos algumas dessas razões a seguir.

  • Ficar amparado em caso de imprevistos com o veículo, contando com a assistência 24 horas
  • Se proteger contra motoristas que não possuem seguro e podem causar prejuízos ao veículo
  • Ter coberturas sob medidas às necessidades da empresa
  • Proteger o investimento realizado nos bens
  • Ter proteção em situações adversas como roubos e furtos

Que veículos podem ser protegidos por um seguro auto para empresas e frotas?

Quando falamos sobre o seguro auto para empresas e frotas, as possibilidades de proteção são diversas.

Você pode, por exemplo, proteger uma frota de carros. Ou então, uma frota de motocicletas — comum em empresas de entrega, por exemplo.

Os caminhões também podem ser beneficiados por essa categoria de seguro. Assim, eles ficarão protegidos contra vários problemas que acontecem na estrada.

Inclusive o roubo de carga, que tem altos índices em todo o País. Com o seguro, esses roubos são ressarcidos à empresa dona do veículo.

Normalmente, as seguradoras consideram como frota cinco ou mais veículos registrados sob o CNPJ de uma mesma empresa.

Mas essa regra pode variar de acordo com a seguradora. Então, é importante pesquisar bem entre as empresas e verificar se elas atendem ao que você precisa.

Aliás, algumas seguradoras nem mesmo consideram motos e caminhões como frotas. Neste caso, elas preferem segurar apenas carros, que têm riscos de sinistros mais “leves”.

Mas sem dúvida, com uma pesquisa cuidadosa você vai encontrar o tipo de serviço que precisa.

Uma boa dica é procurar o auxílio de um corretor de seguros. O profissional terá facilidade em cotar os seguros mais vantajosos à sua contratação.

Cuidados importantes na contratação do seguro auto para empresas e frotas

Assim como na contratação de qualquer tipo de seguro é importante que a empresa escolhida seja atentamente pesquisada.

Verifique sua reputação, a quanto tempo a empresa está no mercado e a opinião dos clientes ativos da seguradora.

Procure se informar também em relação às condições e termos do contrato. Não fique com nenhuma dúvida e leia a apólice inteira antes de assiná-la e concordar com todos os itens descritos nela.

Fique atento também às informações fornecidas a respeito da sua empresa. Não omita, nem altere nenhum dado. E, antes de assinar o contrato do seguro, certifique-se de que todas as informações passadas por você estão descritas corretamente.

Qualquer divergência em relação às informações reais e as contidas na apólice pode fazer com que você perca o direito ao recebimento da indenização.

Isso porque, informações conflitantes podem indicar à seguradora uma tentativa de fraude pelo consumidor. Com a fraude, a empresa fica desobrigada a pagar a indenização.

Realmente, o seguro auto para empresas e frotas é uma excelente opção para quem precisa proteger veículos de trabalho, ou mais de um carro ao mesmo tempo.

É importante apenas que você pesquise com atenção todos os valores e as ofertas disponíveis, e procure sempre negociar descontos e vantagens.

Estando atento a isso, certamente você será capaz de fazer um bom negócio.

Esperamos ter ajudado! Caso ainda exista alguma dúvida, pergunte-nos. Ficaremos felizes em esclarecer suas questões.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *