Conheça seus direitos ao comprar um carro com defeito

Compartilhe em suas redes:

Os direitos ao comprar um carro com defeito vão desde ter o veículo reparado em até 30 dias até ter o valor pago de volta. Entenda como funciona cada uma dessas situações e quando se aplicam. 

Quem adquirir um veículo, seja ele novo ou usado, espera-se que esteja em perfeitas condições. Entretanto, nem sempre isso acontece e por isso é importante conhecer quais são os seus direitos ao comprar um carro com defeito.

Quem opta por um carro zero quilômetro quer que ele venha em perfeitas condições, mas não é raro vermos chamados para recall.

Pode ocorrer que mesmo acabando de sair da montadora o veículo já apresente algum problema logo nos primeiros quilômetros percorridos.

Quando se trata de carros usados, sabe-se que por ele já ter circulado pelas ruas têm um desgaste, mas se espera que ele lhe seja entregue em perfeitas condições.

Quando essas situações fora do esperado acontecem é preciso recorrer aos direitos ao comprar um carro com defeito.

Conheça seus direitos ao comprar um carro com defeito

Como recorrer aos seus direitos ao comprar um carro com defeito

Saiba o que fazer nas situações em que o carro apresenta defeito.

O que fazer quando o carro apresenta defeito?

Se for um carro comprado na concessionária é preciso leva-lo de volta ao local que adquiriu e solicitar que seja feito o reparo quando o veículo estiver dentro do prazo de garantia.

É muito importante solicitar uma ordem de serviço detalhada que informe a data, tipo de problema e o que foi feito para que ele fosse solucionado.

Eu carro usado deu problema. E agora?

Mesmo quem adquire um veículo usado pode contar com a lei ao seu lado. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, produtos e serviços duráveis possuem uma garantia de 90 dias.

Dessa forma é preciso retornar ao local de compra do veículo para que ele providencie os reparos necessários.

Comprei o carro de outra pessoa física e deu problema. O que devo fazer?

Essas situações não são consideradas relação de consumo perante a lei, por isso você deve tentar chegar a um acordo com o vendedor.

O ideal é que o veículo seja adquirido em empresas como concessionarias para evitar esse tipo de dor de cabeça.

O vendedor pode fornecer uma garantia menor de 90 dias?

Nesses casos não, isso porque se tratam de garantias legais, ou seja, são determinadas pela lei.

O que pode ocorrer em relação ao período diferente são as garantias contratuais que podem ser maiores que as legais e são disponibilizadas ou pelas montadoras ou revendedoras de veículos.

Existe algum prazo para que o problema seja resolvido?

Um dos direitos ao comprar um carro com defeito é que o problema deve ser solucionado em um período de até 30 dias a contar da data de entrega do veículo.

Para comprovar esse tempo é necessário exigir a ordem de serviço detalhada a fim de evitar problemas futuros.

Entretanto, esse prazo pode ser prorrogado por mais 180 dias desde que haja concordância entre as partes e haja assinatura de um termo explicitando o acordo. Se não houver concordância o prazo permanece de 30 dias.

Se nos 30 dias não for resolvido o problema o consumidor tem direito a devolver o carro e ser reembolsado pelo valor já pago, ganhar um desconto no valor que corresponda ao defeito ou trocar o veículo por outro.

Quais documentos tenho direitos ao comprar um carro com defeito?

Ao comprar um carro o consumidor precisa receber toda a documentação que comprove a sua venda, entre eles está o comprovante de pagamento do DPVAT E IPVA, certificado de transferência, certificado do registro e licenciamento.

O que deve contar na garantia de um veículo zero, o tempo de uso ou a quilometragem?

O prazo legal é de 90 dias, porém, passado esse período as concessionárias e montadoras costumam oferecer outros prazos para garantia.

Entre a quilometragem e o tempo de uso costuma valer o que acontecer primeiro conforme está estipulado na garantia contratual fornecida ao consumidor.

Faz parte dos direitos ao comprar um carro com defeito devolver o veículo caso eu não goste?

A troca do carro porque o consumidor não gostou não precisa ocorrer a menos que a concessionária queira realizá-la.

Legalmente essa troca deve ocorrer apenas se o carro tiver algum vício ou problema oculto que não foi informado no momento da compra.

Esse direito de troca também pode ser assegurado caso no documento de venda esteja constando informação da possibilidade de troca caso o veículo não agrade.

Posso levar um mecânico na concessionária para ver as condições do carro usado que pretendo comprar?

Sim. Principalmente quando se trata da compra de veículos usados é bom que ele passe por uma vistoria a fim de identificar possíveis problemas.

Você pode levar um mecânico de sua confiança para fazer essa avaliação e esse procedimento não costuma ser negado.

Segui todas as orientações em relação aos direitos ao comprar um carro com defeito, mas me problema não foi resolvido. O que devo fazer?

Se mesmo tentando entrar em um acordo com o vendedor do carro não foi possível, os direitos ao comprar um carro com defeito vã um pouco além. Nessa situação é preciso acionar a empresa judicialmente contando com a ajuda de um advogado.

Nesse caso o processo costuma ser demorado e não garantias de ganho de causa.

Agora que já sabe quais são os direitos ao comprar um carro com defeito pode ficar um pouco mais tranquilo quando for adquirir o seu próximo veículo.

Só não se esqueça que além dos direitos ao comprar um carro com defeito é preciso pensar na segurança. Por isso, a contratação de um seguro auto também é indicada.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *