Quais são as maiores causas de acidentes de trânsito?

| Autor: Jeniffer Elaina

Os acidentes de trânsito são causados, em sua maioria, pela falta de atenção dos condutores. Afinal, essa questão envolve desde a manutenção no veículo até dirigir nas vias. Entenda e saiba quais são as outras principais causas de acidentes no trânsito! 

Excesso de velocidade, ingestão de álcool, uso do celular e muitas outras imprudências podem resultar em graves acidentes. Além de colocar em risco a vida do condutor, a imprudência do motorista pode afetar outras pessoas, dentro e fora do veículo.   

Afinal, pedestres e outros veículos podem se envolver no acidente e resultar em óbito de pessoas inocentes. Uma pesquisa realizada pelo Departamento de transporte britânico mostra que colisões com o carro acima de 64 km/h são responsáveis por 85% dos óbitos de pessoas que estão no carro. Além disso, as 15% restantes sofrem algum tipo de lesão. 

Mas, outros fatores que também são responsáveis pelo número de acidentes. Entre eles: problemas na pista, animais, neblina, chuva e até engarrafamento.  

Nem todos os fatores dependem 100% do motorista. Portanto, todo cuidado e atenção ainda é pouco.  

Em caso de chuva forte, reduza a velocidade, ligue os faróis e reduza as marchas ao diminuir a velocidade do carro. 

Quais são as maiores causas de acidentes de trânsito?

Fator humano é o principal responsável pelas causas de acidentes de trânsito

Quando se para a fim de identificar o que ocasionou os acidentes de carro, moto ou outros veículos, em 90% dos casos a culpa é de falha humana.

Esse percentual pode parecer bastante elevado, mas, representa a realidade. Por exemplo, quando um carro está em alta velocidade a culpa é do motorista.

Se a manutenção não foi realizada, então o condutor está errada. E até mesmo quando a sinalização é desrespeitada quem está no volante é que infringiu alguma regra.

Portanto, uma boa parte do acidentes de carro, moto e outros veículos poderiam ser reduzidos com a conscientização das pessoas.

É claro que quando se fala em estudo de trânsito existe um tripé que é responsável pelas causas de batida de carro e outros veículos: motoristas, automóveis e vias.

Essa última no país é uma grande preocupação, pois, segundo um levantamento da Pesquisa CNT de Rodovias 2018, as vias não estão em boas condições na maioria dos lugares.

No levantamento sobre os acidentes de trânsito no Brasil, o aspecto mais preocupante foi o de geometria da via, isso porque 47,1% dos trechos pesquisados receberam a avaliação péssimo ou ruim.

As principais causas de acidentes de trânsito

Apesar de três fatores influenciarem um acidente automobilístico, as causas são bastante variáveis. Conheça quais são as principais segundo o Atlas da acidentalidade no transporte Brasileiro 2020.

Posição Causas Números de acidentes
1 Falta de atenção 24.102
2 Desobediência à sinalização 9.219
3 Velocidade incompatível 5.878
4 Ingestão de álcool 5.434
5 Defeito mecânico em veículo 3.748
6 Não guardar distância de segurança 3.617
7 Dormindo 2.109
8 Animais na Pista 1.405
9 Ultrapassagem indevida 1.081
10 Defeito na via 966

O primeiro deles está relacionado a fatores que podem distrair a atenção como o uso de celular, mexer no rádio e outros e corresponde a mais da metade dos casos.

Os demais, na maioria das vezes estão relacionados a impudência no trânsito, com excesso de animais na via e defeito na via, que em alguns casos não pode ser controlado.

Além disso, outros motivos também geram acidentes, como violência no trânsito e disputa de racha, por exemplo. Ambos fazem com que o trânsito ainda esteja entre as maiores causas de morte no Brasil.

Quando a seguradora não indenizará em caso de colisão? 

Se você sofreu um acidente no trânsito, mas foi o responsável pela colisão, fique atento às cláusulas contratuais. Isso porque as seguradoras podem se negar a indenizar o veículo segurado em algumas situações em acidentes de carro. 

Confira quando isso pode ocorrer: 

  • Perfil do condutor incorreto: alteração durante a vigência do contrato ou não passar as informações corretas ao preencher o formulário de cotação; 
  • Motorista estava embriagado ou o condutor na hora do acidente não possui CNH; 
  • Sinistro provocado pelo condutor de forma intencional; 
  • Pagamento do seguro em atraso; 
  • Condutor infringiu a lei; 
  • Entre outros. 

Portanto, em caso de acidentes no trânsito, seja em um engarrafamento ou não, existem motivos em que a seguradora pode negar a indenização do seguro. Por exemplo, se houver batida de carro envolvendo imprudência, como desrespeitar a velocidade das vias, decorrente de violência no trânsito e outras situações a serem analisadas pela seguradora contratada. 

Como combater as principais causas de acidentes no trânsito

Para tentar amenizar o problema é preciso que os motoristas se concretizem sobre os perigos nas vias, evitando um acidente automobilístico. Veja algumas formas de combater o problema e garantir um trânsito seguro.

Falta de atenção – Quando estiver dirigindo não se deve fazer uso do celular e nem manusear qualquer objeto. Se for necessário a utilização desses é recomendado que se pare em um local seguro.

Não guardar distância de segurança – Essa é uma regra todos conhecem, não se deve andar grudado no veículo da frente, pois, ele pode frear repentinamente e não terá tempo de frear. Sempre mantenha uma distância seguro, principalmente se observar alguma imprudência.

Velocidade incompatível – Sempre respeite a sinalização de velocidade das vias, isso faz com que trefegue em segurança pela via e ainda pode poupar multas.

Defeito mecânico em veículo – A revisão do carro deve ser feita conforme a orientação do fabricante para que não se tenha problemas quando está no meio da via. Não deixe para visitar o mecânico apenas quando o carro der problema.

Animais na Pista – Em locais que existe o risco de animais na pista lembre-se de reduzir a velocidade e redobrar a atenção. Durante a noite sempre tenha os faróis ligados.

Desobediência à sinalização – Respeite a sinalização de velocidade, ultrapassagem pare e outras. Todas elas foram colocadas pela engenharia de tráfego para preservar vidas.

Dormindo – Se estiver cansado não pegue ao volante. É indicado tirar um cochilo e se recuperar para depois seguir viagem. Se estiver dirigindo encoste em lugar seguro para relaxar.

Ingestão de álcool – Álcool e bebida não combinas, por isso, mesmo que tenha ingerido apenas um copo não deve dirigir. O mesmo é válido para medicamento e outras substâncias que possam alterar a percepção da realidade.

Ultrapassagem indevida – Não tente ultrapassar os veículos em locais proibidos, prefira reduzir a velocidade e fazer isso onde houver sinalização autorizando.

Defeito na via – As vias não estão em boa conservação, por isso, sempre se deve estar atenção as condições da pista e não andar em velocidade elevada.

Depois de conhecer quais são as maiores causas de acidentes de trânsito e como preveni-las, poderá andar com mais segurança. Siga as dicas acima e contribua com um trânsito seguro.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

11 Comentários

  • Lucio Melo says:

    Bom dia! O blog é muito bom. Por favor, tem alguma matéria sobre números de acidentes causados por pneu furado?

    • Andreia Silveira says:

      Olá, Lucio!

      Obrigada pelo contato.

      Ficamos contentes que tenha gostado dos nossos conteúdos. Sobre a matéria em questão, não temos nada específico.

      Atenciosamente,

      Equipe Smartia

  • Luis Domingos Joao Matumba says:

    Preciso de ter mais informações sobre causas de acidentes rodoviários.

    • Andreia Silveira says:

      Olá, Luis Domingos!

      Obrigada por comentar no Smartia!

      Qual seria a sua dúvida, especificadamente?

      Por favor, entre em contato com o seu corretor de seguros ou seguradora contratada para tirar suas dúvidas.

      Smartia é um portal de geração de leads que encaminha as solicitações de clientes em busca de um plano de seguro auto para os corretores parceiros das seguradoras em todo o Brasil.

      Atenciosamente!

  • Kenny Mickaelly says:

    Bom dia,

    Adorei o artigo!

  • Nercio Dabo says:

    Boa tarde, tenho uma pesquisa a fazer e preciso da vossa ajuda.
    Mudanças climáticas podem provocar acidentes de trânsito? E quais são as formas de combater?

    Obrigado

    • Bartolomeu Leão says:

      Olá,

      Tudo que terminei de ler foi muito gratificante, mesmo tendo umas boas experiências em trânsito. Sei bem que os acidentes acontecem do nada, como a gente costuma dizer, quanto menos esperava, aconteceu. Por isso é que devemos ficar muito atentos para os imprevistos. Os mesmos nunca vão deixar de existir.

      Abraço

  • Ediney Gomes de Almeida says:

    Boa tarde,

    Um carro estava parado com o pneu furado na rua, o mesmo não sinalizou com triângulo ou pisca alerta, um outro carro não percebeu pois era noite e como disse ele não sinalizou a via, com a freada brusca eu vinha logo atrás e bati no rapaz que freou, causando apenas danos materiais na minha moto e no carro dele, o dono do carro está me cobrando para que eu pague o seu prejuízo, nesse caso eu sou o culpado de ter batido no carro dele? Ainda bem que eu vinha em baixa velocidade e a distância também era de 3 metros se não poderia ser pior.

    Att

    • Sanaira Silveira says:

      Bom dia Ediney,

      Obrigada por comentar em nosso site,
      Para sinistros, entre em contato com a seguradora responsável.
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link http://vemm.go2cloud.org/SHEv para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *