Cote um seguro de vida online!

Em menos de cinco minutos você estará avaliando propostas com os melhores corretores do país!

Embora esteja entre os tipos menos buscados pelos brasileiros, é importante saber como fazer seguro de vida para garantir amparo em caso de adversidades.

Você sabe como fazer seguro de vida? Essa é uma pergunta interessante porque, apesar de muito importante, trata-se de um serviço ainda pouco buscado pelos brasileiros. E, muitos se esbarram na dúvida de como proceder com a contratação, algo que esclarecemos a seguir.

O seguro de vida é o contrato firmado entre cliente e seguradora que visa à cobertura em caso de morte da pessoa segurada. Nele, são definidos valores de apólice e indenização, bem como formas de pagamento e coberturas incluídas.

Deste modo, o valor do seguro é destinado aos beneficiários indicados na apólice pelo contratante. Importante ressaltar que, ao saber como fazer o seguro de vida, deve-se buscar opções adequadas à sua realidade e pessoas futuramente beneficiadas. Assim, garante proteção financeira realmente efetiva.

Como fazer seguro de vida - confira o passo a passo
Imagem de Andrea Piacquadio / Pexels

Passo a passo de como fazer seguro de vida

Antes de mais nada, é fundamental compreender a diferença entre seguro de vida e seguro acidente. O primeiro cobre qualquer tipo de morte, desde a acidental até a natural, além do seguro doença. Já o seguro acidente paga apólice apenas em morte ou invalidez consequentes de um evento acidental coberto pelo plano.

Sabendo disso, confira, a seguir, um passo a passo de como fazer seguro de vida.

1 – Busque empresas credenciadas

O primeiro passo para fazer um seguro de vida é buscar empresas confiáveis, sobretudo credenciadas junto à Superintendência de Seguros Privados (Susep). Ademais, verifique

reputação da empresa em sites especializados, bem como referências de outros clientes.

2 – Atente-se à diferença entre seguro de vida e acidente

Novamente, frisamos a diferença entre os dois tipos de seguro, pois muita gente se confunde na hora de contratar. Principalmente porque o valor do seguro acidente é, ocasionalmente, menor que o seguro de vida. Afinal, a cobertura também é inferior. Logo, atente-se às coberturas de cada plano para não contratar o produto indevido. 

3 – Analise as coberturas

Como qualquer outro tipo de proteção, deve trazer coberturas correspondentes à realidade da pessoa contratante e seus beneficiários. Avalie o que precisa contemplar em caso de invalidez ou morte, sabendo que, entre as coberturas normalmente disponibilizadas, temos:

  • indenização por invalidez;
  • auxílio funeral;
  • evento cirúrgico pago por diária;
  • auxílio com despesas hospitalares, médicas e odontológicas;
  • traslados nacionais;
  • aquisição de jazigos;
  • diárias de internação hospitalar;
  • seguro para doenças graves.

Em alguns produtos, até cobertura para educação escolar está inclusa. Vai depender apenas do perfil da pessoa contratante. 

4 – Compare preços

Conhecendo as coberturas necessárias e as empresas que oferecem, compare preços praticados por cada uma. Neste momento, é essencial analisar as propostas atentamente, verificando tanto valores de mensalidade quanto indenizações e demais itens. 

5 – Identifique carência e outras restrições

Voltando um pouquinho à questão das coberturas, ao analisar as propostas, verifique as carências impostas pelo seguro de vida. Por exemplo, o valor segurado, situações nas quais as indenizações não são concedidas, entre outras questões.

6 – Calcule o prêmio

Além de saber como fazer o seguro de vida, o valor do prêmio também deve ser considerado. A recomendação é de que seja de três a dez vezes maior que sua renda anual.

7 – Leia o contrato atentamente

Após analisar propostas e conhecer, a fundo, as coberturas, você já deve ter se decidido sobre onde fechar seu seguro de vida. Porém, os cuidados ainda não terminaram! Leia atentamente o contrato antes de assinar, conferindo se todos os itens cotados e planejados estão incluídos.

Também, os detalhes quanto às coberturas, como solicitar a indenização em caso de sinistro, entre outras informações importantes. 

familia reunida na cozinha, pai, mãe e duas filhas
Sua paz de espírito é valiosa. Cote já o seu seguro de vida e invista em um futuro seguro.

8 – Informe sua família e amigos

Por fim, não adianta saber como fazer seguro de vida se, ao fechá-lo, ninguém ficar sabendo que será beneficiado ou beneficiada. Por isso, informe sua família ou pessoas mais próximas (e confiáveis) sobre a apólice, onde está e procedimentos para acionar a seguradora.  

Agora que já sabe como fazer o seguro de vida, busque opções que caibam no seu orçamento mensal. Nisso, avalie também suas atuais condições, no que toca a pessoas a serem contempladas, saúde, entre outros pontos. Afinal, o objetivo do produto é, de fato, proteger a si e quem você ama.  

5/5 - (1 vote)

Quer saber mais? Veja Também!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *