Saiba tudo sobre o seguro auto contra terceiros

18 de janeiro de 2018

Saiba como funciona o seguro auto contra terceiros e tire suas dúvidas sobre as coberturas do seguro RCF-V.

O seguro auto contra terceiros é também chamado de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V).

Esse é um tipo de cobertura que as seguradoras oferecem uma proteção ao motorista, caso seja o responsável por algum sinistro e que isso cause prejuízos a outros.

Seguro auto contra terceiros

Quais são os danos cobertos pelo seguro auto contra terceiros?

Quem contratar essa cobertura, possui alguns eventos que estão cobertos pelo seguro, caso sejam causados danos a terceiros.

  • Danos Materiais: Vai incluir prejuízos normalmente financeiros, como a reparação de um veículo ou outro tipo de bem.
  • Danos Pessoais ou Corporais: Aqui se tem as despesas médicas e hospitalares cobertas, quando oriundas de algum acidente e danos corporais que levem a invalidez ou morte.
  • Danos Morais: Serve para pagar indenizações judiciais resultantes de condenação por danos morais a terceiros.

Qual o valor da cobertura do seguro auto contra terceiros?

O valor da cobertura do seguro auto contra terceiros vai depender do que foi contratado junto à seguradora e essa informação consta na apólice do segurado.

O mais comum é que os valores cobertos sejam de R$ 50 mil e R$ 100 mil, porém, podem variar, conforme dito anteriormente.

Na hora de fazer a apólice, vale a pena pensar nos riscos envolvidos antes de decidir pelos valores. Quanto maiores eles forem, maior também deve ser o valor da cobertura.

Quantas vezes essa cobertura pode ser utilizada?

Não há limite de vezes para usar o seguro auto contra terceiros, mas deve-se entender como isso funciona.

Se, por exemplo, for contratada uma cobertura de R$ 50 mil, esse valor estará disponível para cobrir eventuais danos.

Caso o motorista se envolva em um acidente e o valor a ser reparado seja de R$ 15 mil, a seguradora pagará esse valor.

Se novamente o motorista se envolver em um acidente e dessa vez os danos forem de R$ 25 mil, a seguradora ainda paga os custos.

Se uma terceira vez houver a necessidade de usar essa cobertura, mas dessa vez, os danos forem de R$ 12 mil, a seguradora não pagará o valor total.

Como a cobertura se limita a R$ 50 mil e o seguradora já havia utilizado R$ 40 mil, tinha um saldo de R$ 10 mil. Esse valor será pago pela seguradora e o restante é de responsabilidade do motorista.

Mesmo o seguro auto contra terceiros podendo ser acionado mais de uma vez, em cada uma dessas situações o motorista perderá o bônus.

É possível também que o valor da indenização do seguro contra terceiros seja utilizada de uma só vez.

Como acionar o seguro?

Para acionar o seguro auto contra terceiros é preciso entrar em contato direto com a seguradora que oferece essa proteção.

Cada uma delas possui um canal diferente para prestar esse atendimento e, no primeiro contato, o segurado será informado quais procedimentos devem ser feitos.

Eu pago franquia quando uso o seguro auto contra terceiros?

Para usar o seguro auto contra terceiros não é preciso pagar a franquia, mas existem algumas exceções.

Não há cobrança de valores quando se trata de veículos comuns, porém, se os danos envolverem ambulância, viaturas policiais e carros forte haverá a cobrança da franquia.

Quais as regras para que o seguro seja pago?

A seguradora irá indenizar o terceiro quando o motorista assumir a culpa pelos danos causados. Além disso, a seguradora fará uma investigação para verificar se essa informação procede.

É preciso que o segurador ainda possua saldo para que o valor possa ser pago, ou seja, não utilizou o limite contratado.

O seguro contra terceiros inclui familiares?

Não. Se os danos forem causados a familiares próximos – como ascendentes, descendentes e cônjuges – não há o pagamento da indenização.

Isso ocorre para que as seguradoras consigam diminuir os riscos em relação às fraudes.

Qual a diferença do DPVAT e do seguro auto contra terceiros?

O seguro auto contra terceiros é uma cobertura oferecida pelas seguradoras que contrataram uma proteção para o seu veículo. Ela pode ser adquirida de forma isolada ou fazendo parte de um pacote que inclui outras proteções.

Os segurados têm a opção de contratar ou não esse serviço.

Já o DPVAT é o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre.

Ele indeniza em casos de morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares e qualquer pessoa tenha direito a ele.

Esse seguro é financiado pelos motoristas que todos os anos devem fazer o pagamento dele.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *