Trocar de seguradora traz vantagens ou desvantagens?

Está pensando em mudar de seguradora, mas não sabe se vale a pena? Acompanhe este artigo e descubra se trocar de seguradora traz vantagens ou desvantagens para você.

Mudanças são comuns na vida de qualquer pessoa, e é absolutamente possível que, em algum momento, você queira trocar a seguradora escolhida para seu veículo.

Esse desejo pode ser motivado por diversos fatores.

Seja porque você está insatisfeito com os serviços prestados pela seguradora atual, uma oferta de mais benefícios ou uma nova cotação de seguros com valores mais interessantes.

O motivo pode ser qualquer um.

Mas, independente dele, é importante que você pondere os prós e contras.

Se você quer saber o que é preciso considerar na avaliação das vantagens e desvantagens de trocar de seguradora, acompanhe esse artigo.

Trocar de seguradora traz vantagens ou desvantagens?

Como mudar de seguradora de automóvel?

Se por algum motivo você deseja mudar de seguradora de automóvel, o primeiro passo é realizar uma boa pesquisa entre as demais empresas no mercado.

Solicite cotações da cobertura que você possui hoje em um número variado de seguradoras.

Depois de receber todas as propostas e escolher aquela que melhor lhe atende, será preciso que você entre em contato com seu atual corretor.

Ou, então, diretamente com a seguradora que lhe atende, e peça um endosso de cancelamento.

Esse documento deverá conter todas as informações necessárias sobre o perfil do cliente e o cancelamento da apólice.

É importante também que você providencie toda a documentação necessária para a continuidade do processo de cancelamento da apólice atual.

Não esqueça de incluir nessa documentação o comprovante referente a sua classe de bônus.

Afinal, seus pontos da classe de bônus lhe garantirão um bom desconto na contratação de uma nova apólice de seguros em outra empresa.

Esse procedimento mencionado deve ser feito caso sua apólice esteja em vigor.

Mas vale dizer que o momento mais indicado para realizar uma mudança de seguradora sempre é o período de renovação do seu contrato.

Ou seja, quando o contrato anterior estiver no fim, e você for renovar a apólice.

Nesse momento, você não vai precisar fazer nenhum endosso.

Apenas espere a apólice anterior chegar ao fim e não a renove.

Você vai poder, então, contratar a proteção com uma nova seguradora.

Para que seu carro não fique desprotegido em nenhum momento, é interessante já fazer cotações e conversar com outra seguradora antes do fim do primeiro contato.

Informe a empresa de que você tem um seguro ativo, mas deseja mudá-lo.

Assim, a empresa vai poder iniciar todos os trâmites de uma vez, ativando sua cobertura assim que a outra apólice chegar ao fim.

Quais são as vantagens de mudar de seguradora de automóvel?

Sem dúvida, um dos motivos mais comuns para a troca de seguradora é a busca para um seguro mais barato.

Mas pagar menos pela proteção não é a única vantagem da mudança.

Outro benefício obtido ao trocar de seguradora é o acesso a serviços diferenciados. Como:

  • Assistência completa 24h, que vai desde guincho e troca de pneus, até manutenção residencial, como algumas seguradoras oferecem;
  • Benefícios especiais para mulheres já que, segundo as estatísticas, elas são mais cuidadosas com os carros e cautelosas no trânsito;
  • Benefícios como carro reserva, auxílio em caso de pane seca ou mecânica, e muito mais.

Trocar de seguradora ainda pode te proporcionar coberturas mais abrangentes.

Inclusive porque algumas seguradoras oferecem proteções apenas básicas, como para furto e roubo.

Se a ideia for proteger seu carro contra o maior número possível de sinistros, a mudança de empresa pode deixar claro tudo com o que você pode contar.

Quais são as desvantagens de mudar a seguradora do automóvel?

Uma das desvantagens de mudar de seguradora de automóvel está na burocracia relacionada a contratação do serviço.

Normalmente, isso é ainda mais trabalhoso quando o contrato do seguro atual ainda não chegou ao fim.

Ainda assim, há sempre burocracia.

É preciso, por exemplo, realizar todo o procedimento de vistoria do veículo e etc.

Inclusive porque cada seguradora apresenta critérios específicos para a análise de risco.

A análise de risco é o procedimento que determina o valor da apólice de seguros.

Outra desvantagem da troca de seguradora é o período de negociação com a nova empresa.

Todo o trâmite pode levar até um mês.

Se você iniciá-lo apenas no fim do primeiro seguro, seu veículo ficará descoberto durante o período de negociação.

Quando você pode mudar de seguradora?

A troca de empresa prestadora do serviço de seguro pode ser feita quando o cliente bem entender.

Mas é preciso ter atenção: algumas empresas cobram multa quando a mudança é feita antes do fim do contrato.

Para se resguardar desse incômodo, leia bem o seu contrato e conheça as regras para a mudança.

Em todo o caso, há várias situações em que pagar uma multa será “mais barato” do que contar com a mesma seguradora.

A empresa não tem cumprido com as coberturas acordadas?

Então, do que adiantaria continuar com ela.

Caso você concorde em esperar, o melhor será fazer a troca ao fim da sua apólice atual.

Mas lembre-se que, caso você esteja chegando próximo do período de renovação da sua apólice, este é o momento.

Não espere até o último dia de vencimento da apólice, ou seu carro ficará desprotegido.

Se você não for realizar a mudança, precisará renovar seu contrato atual para manter a proteção do carro.

Só que isso também merece cuidado.

A renovação do seguro não é feita imediatamente.

De modo geral esse procedimento pode levar até 30 dias, dependendo da empresa.

O ideal é pensar em tudo isso alguns meses antes do fim da apólice.

O que é o bônus do seguro? Eu o perco mudando meu seguro de empresa?

O bônus do seguro é uma “premiação” oferecida ao segurado, referente ao não acionamento do seguro, para a cobertura de sinistros.

Ou seja, um benefício que o usuário ganha ao não precisar acionar a seguradora.

A cada ano de seguro renovado sem sinistro, o bônus aumenta em um ponto.

Cada ponto faz com que o cliente receba uma porcentagem específica de desconto na contratação da proteção para o carro.

Um ponto importante é que o bônus do seguro auto está ligado ao CPF do motorista.

Não ao carro, não a uma seguradora.

Então, se você trocar de seguradora, ainda vai contar com a sua porcentagem de desconto na nova empresa.

O mesmo vale se você trocar de veículo.

De qualquer forma, vale dizer que cada ponto de bônus pode ter porcentagem diferente entre as seguradoras.

Por exemplo: se na empresa A seus 5 pontos valem 25% de desconto, eles podem valer apenas 20% na seguradora B.

Lembre-se de considerar também esse aspecto na hora de escolher a melhor seguradora para seu veículo.

Como posso pagar menos na contratação de uma nova seguradora?

Para que você possa pagar um valor menor na contratação de uma nova seguradora, existem algumas dicas que valem a pena ser seguidas.

Veja abaixo.

  • Cote quanto lhe custará mudar de seguro de automóvel no máximo de seguradoras possíveis;
  • Procure por aquelas que oferecem promoções e descontos para novos clientes;
  • Compare bem o preço de cada seguradora, considerando inclusive o percentual de desconto que sua classe de bônus vai proporcionar em cada empresa;
  • Caso não tenha, instale um equipamento antifurto no seu carro, como rastreador, bloqueador e alarme. Eles fazem o valor da apólice reduzir consideravelmente;
  • Escolha uma opção de franquia maior. A franquia é o valor que você vai quitar após um sinistro, para reparar o veículo. Se você tiver um perfil de baixo risco e contratar um seguro com franquia maior, seu seguro será mais barato. Afinal, você pagará a maior parte do prejuízo caso algo ocorra com o carro;
  • Selecione apenas as coberturas que você realmente precisa. É bom que o seguro seja o mais completo possível. Mas por que você contrataria uma cobertura contra inundação, e sua cidade não sofre com esse problema?

Além de usar dessas dicas, tome muito cuidado na hora de cotar o seu seguro.

Alguns usuários acabam mentindo para a seguradora, ou omitindo informações.

Por exemplo: dizendo que o carro não é dirigido por nenhum motorista jovem.

Ou então, não informando à empresa que você trabalha como Uber.

Todas as informações sobre o carro e o perfil dos motoristas são consideradas para cotar o seguro.

Se um sinistro acontecer como reflexo de algo que você não contou à empresa, ela poderá alegar fraude.

Então, você não vai receber a indenização do seguro.

Posso mudar de corretora de seguros?

Lembre-se que você não é obrigado a permanecer com um serviço que não lhe atende como você gostaria ou como precisa.

Então, se por qualquer motivo sentir a necessidade ou vontade de trocar de seguradora, não perca tempo.

Entre em contato com seu corretor e o informe sobre essa decisão.

Isso também vale quando falamos de corretoras de seguros ou corretores autônomos.

Se você está satisfeito com seu seguro, mas não com os serviços de corretagem que anda recebendo, também não existem motivos para se preocupar.

Basta pesquisar entre as corretoras de seguro auto disponíveis no mercado e ver qual possui o melhor perfil para suprir suas necessidades.

Agora você já sabe como proceder caso deseje trocar de seguradora, corretora ou corretor, e quais são as vantagens e desvantagens dessa mudança.

Basicamente, as desvantagens existem, mas não são tão expressivas quanto os benefícios obtidos ao trocar de seguradora.

Na hora de fazer a mudança, basta ponderar os prós e os contras e fazer a escolha ideal para você.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *