Descubra se o seguro auto cobre ou não

Mesmo não sendo algo obrigatório, é sempre importante saber quais são as coberturas que o seguro auto cobre ou não, a fim de evitar quaisquer transtornos futuros.

Sendo iniciante ou não no assunto, o momento de contratar um plano de coberturas para o veículo é sempre de tensão. Afinal, a dúvida se o seguro auto cobre ou não determinadas situações irão sempre prevalecer.

Na hora de contratar um seguro auto, é imprescindível ter em mente os trajetos mais utilizados por você, para que consiga captar quaisquer imprevistos que venham a acontecer naquele local.

Claro, nunca imaginamos o dia que um acidente ou algo à mais pode nos acontecer. Mas, no entanto, a intenção dos seguros é justamente essa. Ninguém gosta de pagar além do essencial, principalmente com serviços que não serão usufruídos.

Dessa forma, não precisa ser nenhum especialista no assunto, basta saber os tópicos mais básicos acerca de seguro de carros, e quais são as coberturas oferecidas para determinadas ocasiões.

Descubra se o seguro auto cobre ou não

Imagem: Getty Images

Como saber se o seguro auto cobre ou não?

São inúmeras coberturas disponibilizadas pelas seguradoras, variando desde a mais básica, até as que oferecem benefícios exclusivos para o veículo e o motorista.

Um termo bastante utilizado para expressar ou informar sobre esse assunto é a cobertura básica. Por exemplo, no momento em que o sujeito vai contratar uma empresa especialista no assunto, os planos e coberturas oferecidas são inúmeras.

É nesse momento que o motorista deve ficar atento, para que possa contratar aquele que lhe será útil em algum momento. Caso ainda não saiba quais são as coberturas básicas, confira abaixo:

  • Furto parcial, total ou roubo do automóvel;
  • Caso ocorra um incidente com uma pedra, vaso ou qualquer objeto externo na superfície do veículo, o motorista poderá acionar a seguradora;
  • Incidentes e danos causados pela força da natureza, tais como: inundações, alagamentos, enchentes ou terremotos, serão responsabilidade da empresa, desde que não tenha sido provocado pelo proprietário do veículo;
  • Derrapagem, capotagem, colisão, batida ou abalroamento, também são classificados como sendo uma cobertura básica;
  • Outros tipos de catástrofes naturais também podem ser resolvidos por meio do contrato, sendo elas: chuva de granizo, raios, vendaval, furacão, entre outros;
  • Se por acaso o automóvel vier a sofrer ou se envolver com uma explosão ou até mesmo um incêndio, o seguro poderá ser acionado;
  • Em casos onde a ocorrência tenha sido causada por terceiros, a empresa poderá prestar assistência, desde que seja algo involuntário e esporádico.

Dentre todas essas coberturas básicas citadas acima, uma que muitos possuem dúvida se o seguro auto cobre ou não é o de furto e acidentes naturais. Existem planos disponíveis para serem contratados, que cobrem somente essas categorias.

As coberturas básicas são suficientes?

Bom, como o próprio nome já nos revela, ao fechar esse tipo de contrato, estaremos assegurando apenas alguns itens para o veículo, no entanto, é possível contratar outras coberturas.

Por exemplo, se em seu primeiro contrato fechado, não houver sido contratado cobertura para danos causados nos retrovisores, vidros e espelhos, é possível o fazer de maneira adicional.

Sendo assim, é bastante importante saber se o seguro auto cobre ou não determinados itens, para que possa ser adicionado no contrato como uma cobertura adicional.

Mesmo sabendo que não há como prever um acidente, roubo ou qualquer outra coisa, é importante estar preparado para as eventualidades.

Caso já tenha algum contrato fechado, mas ainda assim quer adicionar mais coberturas além das básicas, saiba quais estão disponíveis:

  • Segurança em outros países ou extensão de perímetro;
  • Carro extra ou reserva em casos de algum acontecimento;
  • Reposição de acessórios, tais como: sistema de som ou imagens.

Existem mais um leque de opções na qual o cliente poderá contratar de forma adicional, no entanto, isso tende a variar de uma seguradora para outra.

É válido ressaltar que, cada situação é específica, portanto, é importante analisar o seu trajeto e quais incidentes poderiam vir a lhe acontecer, e tentar se precaver.

O que meu seguro não cobre?

No momento em que está analisando as coberturas oferecidas pelas seguradoras, é a hora de sanar todas as suas dúvidas, principalmente acerca de quais serão os seus direitos.

Por exemplo, caso queira contratar uma cobertura específica para o motor do automóvel, deverá verificar as opções disponíveis com a própria empresa.

Há muitos casos a serem analisados, e isso acaba requerendo calma. Se o motor do carro tiver sido danificado em uma batida, a responsabilidade será da seguradora contratada, desde que essa cobertura específica conste no contrato.

Já em situações onde o motor for atingido com água ou fundido, o proprietário do veículo terá que se responsabilizar pelos danos, caso não tenha contratado uma cobertura adicional e específica para isso.

Como fica perceptível, seja no motor ou em outro local do carro, afirmar se o seguro auto cobre ou não alguma coisa é algo impossível, uma vez que devemos levar alguns fatores em consideração, seja a seguradora ou o contrato a ser assinado.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *