Atenção ao contratar a cobertura de vidro para seu carro

| Autor: Jeniffer Elaina

Quer saber como proteger os vidros do seu carro? Acompanhe esse artigo e veja como funciona a cobertura de vidro no seguro auto.

Na hora de contratar a cobertura de vidro pra seu carro, o consumidor tem dois modos de fazê-lo.

Primeiro, contando com essa cobertura como parte da proteção básica, já parte do pacote do seguro.

Já na segunda alternativa, bem mais comum, é preciso adquirir a proteção para os vidros como um adicional do seguro.

Nesse caso, o usuário paga a proteção básica, mais uma taxa pela cobertura de vidro e por outras que desejar incluir.

Por isso, antes de falar mais sobre a cobertura, temos uma dica: fique atento na hora de fechar o seu seguro.

Afinal, existem várias categorias de cobertura, e elas variam por seguradora.

Se você não prestar atenção, pode acabar deixando passar algum detalhe.

O seguro veicular é constituído por coberturas básicas como colisão, roubo e furto.

Somada a elas, pode haver a cobertura de vidros, que garante mais conforto e economia em casos de acidentes.

Se necessário, essa cobertura é a que garantirá o reparo ou a troca do para-brisa, dos vidros laterais e traseiro.

Esse tipo de serviço pode variar conforme a proteção contratada e o limite de uso, ambos definidos pela seguradora.

De modo geral, existem três categorias disponíveis de cobertura de vidro nos seguros de auto. Continue acompanhando o texto e veja a seguir!

Atenção ao contratar a cobertura de vidro para seu carro

Imagem: Getty

Como funciona a cobertura de vidro no seguro?

Todas as seguradoras oferecem três categorias de coberturas para os vidros do carro: uma simples, outra mais completa e a plus.

Veja a seguir como elas são conhecidas, o que cada uma delas oferece e como elas funcionam:

Reparo de Vidros

O reparo dos vidros é a opção mais simples das três coberturas de vidro.

Ela garante a prestação dos serviços de reparo do vidro apenas no caso de quebra ou trinca.

Seguindo critérios técnicos, profissionais especializados farão a análise para apurar se o vidro poderá ser reparado. Serão avaliadas as seguintes condições:

  • Existência de trinca no para-brisa, uma rachadura que se divide ao meio no sentido longitudinal à quebra, desde que ela possua, no máximo, 10 cm;
  • Existência de vários pontos de quebra. As fissuras devem ter diâmetro inferior a 4 cm e forma arredondada, podendo ou não ter prolongamentos, do como rachaduras.

Esses são casos onde o vidro não quebra por inteiro, mas sofre uma pequena rachadura. Então, o seguro paga pelo reparo desse vidro.

É muito comum, em situações em que o vidro racha muito mais do que apenas 4 cm, que o  segurado tenha dúvidas.

A mais comum é pensar que, por ter contratado a cobertura de “reparo de vidros”, o seu vidro será trocado e pago pelo seguro.

Essa confusão acontece devido à nomenclatura das coberturas. Mas, em sinistros que fogem a simples reparos, o consumidor precisa arcar sozinho com o prejuízo.

Vidro protegido

A cobertura chamada de vidro protegido é pouco mais completa.

Além de cobrir reparos, como a primeira, ela também cobre a troca do vidro em casos de rachaduras maiores que 4 cm.

Vidro Protegido Plus

Por fim, há a cobertura Vidro Protegido Plus, que é ainda mais completa que a anterior.

Isso porque, além de garantir a substituição dos vidros em casos de quebras ou grandes rachaduras, a proteção ainda assegura a substituição de faróis, pisca-piscas dianteiros, entre outros.

A opção vale a pena para quem não deseja ter nenhum custo extra após um sinistro.

Vantagens da cobertura de vidro

A maior vantagem em fazer a contratação da cobertura de vidro está em saber que todo o seu carro estará protegido.

Assim, em caso de sinistro, a seguradora irá pagar o prejuízo com o auto, livrando as suas finanças desse gasto repentino e incômodo.

Outra vantagem sobre a contratação da cobertura de vidros é que, quando acionada, ela não é considerada um sinistro.

Por isso, seu uso não fará com que o segurado perca pontos em seu bônus e desça de classe.

Os bônus no seguro, ou classes de bônus, funcionam como um programa de pontos.

A cada ano em que renova o seguro, sem ter registrado sinistro no contrato anterior, o usuário recebe uma classe de bônus.

Cada classe corresponde a um percentual de desconto na renovação do seguro. Elas são cumulativas, e podem chegar a dez.

Porém, assim que aciona o seguro após um sinistro, o segurado perde uma de suas classes. Imagine o seguinte: na última renovação, você acumulou mais um ponto, e pôde contar com 5 classes.

Por isso, teve desconto de 30% na assinatura de um novo contrato do seguro (os descontos oferecidos mudam por seguradora).

No entanto, meses depois, você sofreu uma colisão, e precisou acionar a seguradora para os reparos. Então, perdeu uma classe, ficando com apenas 4.

Por isso, na próxima vez que for renovar o seguro, você não vai acumular um novo ponto. Então, terá direito apenas ao desconto disponível para 4 classes (de 25%, por exemplo).

Se não tivesse precisado acionar a seguradora, você teria 6 classes na renovação, e 35% de desconto.

O ponto é que o acionamento da cobertura para vidros não caracteriza um sinistro.

Diante disso, se apenas essa cobertura for utilizada, você manterá suas classes de bônus e descontos na próxima renovação.

Quanto custa a cobertura de vidros no seguro?

Geralmente, o preço da cobertura “Vidro Protegido” é um pouco maior do que a de “Reparo de Vidros”, mas esse é um investimento que vale a pena ser feito.

Na hora de fechar o seguro, muitas vezes optamos pelo valor mais baixo.

Porém, é importante pensar bem, pois nem sempre essa será a cobertura mais completa.

É muito comum vidros racharem, por inúmeros motivos.

Então, é melhor pagar um pouquinho mais pela cobertura, do que ter que desembolsar uma quantia muito maior caso aconteça algum acidente.

É importante também saber se a seguradora cobra franquia quando essa cobertura é acionada, e qual é o valor dela.

É fundamental que isso fique bem claro no ato da contratação. Assim você evitará surpresas desagradáveis.

A franquia é o valor de responsabilidade do consumidor na hora de reparos serem realizados na oficina. Seu custo fica estabelecido em contrato.

Por exemplo: se a sua franquia for de R$ 100, e o conserto do carro tiver custo de R$ 300, você será o responsável por pagar R$ 100 à oficina. O restante do valor será quitado pela seguradora.

Quando a franquia de vidro é cobrada, ela é proporcional a essa cobertura. Até porque, a franquia do seguro como um todo é bem maior.

Mas nem sempre esse é um custo estabelecido pela companhia de seguros.

Por isso, vale a pena pesquisar, avaliar qual empresa cobra ou não a “taxa”, e o custo-benefício de cada uma.

As diferenças entre valores para as coberturas de vidro costumam ser bem baixas.

Em uma cotação realizada em 2017 para um Chevrolet Onix, usando o perfil de um homem casado e sem filhos, com 35 anos e morador da cidade de São Paulo, foi possível observar que: a diferença entre o seguro sem a cobertura de vidros e com a cobertura mais simples oferecida pelas seguradoras é, em média, de R$ 58,00; já a diferença entre a cobertura simples e a mais completa gira em torno de R$ 78,00.

Logo, a diferença entre a cobertura mais completa oferecida pelas empresas e o seguro sem qualquer cobertura de vidros é de apenas R$ 136,00.

Vale muito a pena contratar esse serviço.

Como funcionam as franquias para a cobertura de vidro?

Normalmente, a franquia  do seguro do vidro é cobrada apenas quando existe a necessidade de trocar os vidros do veículo.

Quando é possível apenas reparar o estrago, não é cobrada nenhuma franquia, desde que esse reparo seja feito em uma rede credenciada do seu seguro auto.

Como citado, a franquia para reparo de vidros, lanternas, retrovisores e faróis possui uma cobertura específica.

Por isso, seu valor deve ser diferenciado do valor comum da franquia do seguro.

Sendo mais claro, cada item incluso na cobertura de vidros deve ter uma franquia diferente, e todos os valores devem, obrigatoriamente, constar na apólice.

Pronto! Agora você já sabe tudo o que precisa para contratar a cobertura de vidro para seu carro. Lembre-se, apenas, de pesquisar bastante!

Os custos e vantagens de cada serviço variam muito por seguradora.

Avaliando as ofertas de várias empresas, você terá a certeza de adquirir a proteção com melhor custo-benefício.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *