Como funciona a cobertura para danos morais no seguro auto

Compartilhe em suas redes:

Ainda com dúvidas sobre algumas coisas a respeito do seguro? Quer entender melhor como funciona a cobertura para danos morais no seguro auto? Então fique por aqui e descubra as respostas.

Muitas dúvidas surgem quando precisamos contratar um serviço, especialmente se estivermos falando de um seguro auto. Entre as questões referentes a essa modalidade, existe uma cobertura em especial que sempre promove dúvidas. A cobertura para danos morais no seguro auto.

Mas, se você acompanhar esse artigo conseguirá entender com exatidão como funciona a cobertura para danos morais no seguro auto e assim suas dúvidas acabaram. Veja mais.

Como funciona a cobertura para danos morais no seguro auto

Entenda o que é e como funciona a cobertura para danos morais no seguro auto

De modo geral, a cobertura para danos morais no seguro auto se encontra inserida em outra cobertura, a de terceiro, e vem sempre acompanhada pelas coberturas de danos corporais e materiais.

No entanto, essa não se trata de uma regra, então é preciso verificar com atenção junto a sua seguradora como essa cobertura está na sua apólice. Em alguns casos a cobertura para danos morais no seguro auto trata-se de um serviço a parte e que deve ser contratado separadamente.

A cobertura para danos morais no seguro auto existe para que possíveis indenizações decorrentes de processos movidos por sinistros sejam cobertas. Casos, por exemplo, em que o cliente insulta um terceiro depois de colidir com ele, e esse desacato é confirmado em juízo.

Essa cobertura também é útil quando o terceiro, lesado em um sinistro promovido pelo segurado, seja constatado com invalidez permanente, ou tenha alguma deformação. Nessas situações a cobertura para danos morais no seguro auto deverá servir também para pagar indenizações e custas advocatícias e judiciais.

Vale ressaltar que essa cobertura possui um valor fixo estipulado em apólice no ato da assinatura do contrato de serviço. E caso as indenizações ultrapassem o valor fixado, o segurado deverá arcar sozinho com a diferença. A média atual do valor indenizatório nas contratações desse serviço, fica em R$ 50 mil. Mas, esse é um valor que pode ser estipulado pelo segurado, então é interessante que se pesquise uma margem ideal para cada caso.

Compensa contratar a cobertura para danos morais no seguro auto?

Isso dependerá da cidade onde o segurado reside e das suas chances de promover um sinistro. Se estamos falando de uma região onde acidentes são constantes e o segurado julgar que suas chances de causar um também sejam grandes, seja ele qual for, então sim, contratar essa cobertura pode ser um bom negócio.

O mais indicado é que o cliente pesquise as estatísticas de acidentes de sua região, e converse com seu corretor. Ele poderá ajudar na avaliação da necessidade de contratação desta cobertura.

O que a cobertura para danos morais no seguro auto não atende?

Existem algumas situações que não são atendidas pela cobertura para danos morais no seguro auto. Os chamados riscos excluídos são:

  1. Não há cobertura de danos promovidos a pais, filhos ou enteados, cônjuges e irmãos do segurado, assim como, pessoas que possuam qualquer grau de parentesco ou que dependam financeiramente do segurado.
  2. Funcionários do segurado a seu serviço;
  3. Sócios ou colegas de trabalho da mesma empresa que o cliente;
  4. Bens de terceiros, danificados em acidentes por estarem em poder do segurado

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *