Vale a pena converter o carro para GNV?

| Autor: Jeniffer Elaina

Com os constantes aumentos do combustível, as pessoas estão buscando meios de economizar, e um deles tem sido a conversão dos veículos em gás natural. Mas, será que vale a pena converter o carro para GNV? Descubra nesse artigo.

Nos últimos anos, o combustível veio sofrendo reajustes de preço constantes, que fizeram com que o valor do litro desse produto chegasse a quase R$ 5. E devido a tantos aumentos, e condições cada vez mais difíceis, muitos brasileiros estão buscando por meios de economizar. E um deles é converter o carro para GNV.

Mas, será que vale a pena converter o carro para GNV? Quais são as vantagens e desvantagens dessa ação? Quer saber a respostas para essas e outras perguntas sobre o assunto? Acompanhe o artigo.

O que saber antes de converter o carro para GNV?

Antes que você comece a pesquisar um local para converter o carro para GNV, é importante que você saiba algumas questões, como o fato de que o GNV – Gás Natural Veicular é um combustível limpo. De baixo índice de poluição.

Além disso, é importante saber que para que nem seu carro como sua vida corram riscos, é preciso que você procure uma oficina cadastrada junto ao Inmetro. No site do deles, é possível encontrar uma vasta lista de profissionais e estabelecimentos credenciados e dentro da regulamentação necessária.

Por último, mas, não menos importante saiba que esse não é um processo barato. A instalação do equipamento gira em torno de R$ 4 mil., No entanto, a economia no abastecimento é imensa. Veja um exemplo dessa economia na imagem a seguir:

Vale a pena converter o carro para GNV?

Fonte 1: Revistaautoesporte

Fator economia para converter o carro para GNV

Mesmo o processo de conversão não sendo dos mais baratos, a economia para pessoas que rodam muito pode ser incrivelmente vantajosa. Em alguns casos é possível recuperar o valor do investimento na conversão em menos de um ano.

Mas, isso dependerá da sua frequência de uso do carro, por isso o mais recomendado é que você faça um cálculo para saber se e converter o carro para GNV realmente compensa. Existe disponível, pelo site da Globo, uma planilha simples para que esse cálculo seja feito. Basta baixá-la e informar todos os dados solicitados nela.

Além dessa planilha, é possível fazer um cálculo no site Sulgas.rs.gov.br para se ter uma ideia de quanto você irá economizar com combustível. Em uma simulação usando o preço médio da gasolina na cidade de São Paulo, R$ 4,05, e considerando um veículo que faça 8 km/l e rode 40 km por dia, a economia por dia pode sair por R$ 9,45. Em um mês é possível poupar mais de R$ 280. Veja melhor na imagem a seguir:

Vale a pena converter o carro para GNV?

Fonte 2: Cálculo feito no site www.sulgas.rs.gov.br

Outros fatores a serem considerados na hora de converter o carro para GNV

Em uma conversão para GNV nem tudo são flores, existem algumas questões menos positivas que precisam ser consideradas. Por exemplo, o fato de que o carro perderá entre 3 e 10% de sua potência.

Além disso, existem poucos postos para abastecer com o GNV, atualmente a Comgás, empresa responsável pelo GNV dispõe de apenas 271 postos na região de São Paulo, Vale do Paraíba, Campinas e baixada santista.

Os cilindros que armazenam o gás ficarão no porta-malas e ocuparam um espaço considerável. E mesmo que você procure converter o carro para GNV em uma das oficinas credenciadas pela Inmetro, se você possui um carro novo, ele perderá a garantia de fábrica.

Outro detalhe importante é que o carro ficará mais pesado com o kit gás instalado, o que fará com que haja um desgaste maior de peças como o amortecedor, os cabos da embreagem e as velas de ignição. A frequência da troca das molas também precisará ser maior.

Vantagens de converter o carro para GNV

Se o fator economia ainda não lhe convenceu, saiba que existem mais vantagens em converter o carro para GNV, essas são:

  • Baixo nível de poluição: o GNV emite até 20% menos de CO2 na atmosfera em comparação aos combustíveis fósseis e 15% menos que os vegetais.
  • Mais segurança: o gás queima apenas em uma temperatura de 620º, logo, os riscos de combustão são muito menores. Além disso, não existe exposição do produto no momento do abastecimento.
  • Aumenta a vida do motor: por se tratar de um combustível limpo, o GNV prolonga muito a vida útil de seu motor.
  • Economia com óleo: ele também permite que a frequência da troca de óleo seja menor.
  • Equipamento resistente: os cilindros que armazenam o gás são absolutamente resistentes, eles aguentam colisões, choques e até mesmo disparos de armas de fogo.
  • Reserva maior: o gás natural tem uma reversa de abastecimento certa para os próximos 65 anos, o petróleo tem apenas mais 40 anos.
  • Desconto no IPVA: em alguns estados os donos de veículo com o GNV pagam apenas 1% de IPVA. Enquanto os motoristas de veículos a gasolina pagam 4%.
  • Montadoras conscientes: as maiores montadoras do país já estão fabricando veículos preparados para a conversão ao GNV.
  • Sem pirataria: abastecendo com GNV não existem riscos de lidar com um combustível falso, ou batizado, que lhe dará prejuízos e ainda poderá danificar o motor do seu carro.
  • Seu para sempre: o kit gás pode ser futuramente retirado do veículo que foi convertido e instalado em outro sem que o primeiro seja danificado.

Como funciona o seguro auto para quem opta por converter o carro para GNV?

Converter o carro para GNV, não interfere em nada na contratação de um seguro auto. Os carros com o kit gás podem ser segurados normalmente e não estão sujeitos a pagar um valor maior na apólice de seguros.

No entanto, é interessante que seja contratada uma cobertura específica para o kit gás, pois, ela garantirá a proteção do equipamento em caso de sinistro.

Se você é uma pessoa que dirige grandes distâncias com frequência, as chances dessa escolha ser assertiva são imensas. É possível que entre 12 e 15 meses todo o dinheiro que você investiu para converter o carro para GNV seja recuperado com a economia no abastecimento e troca de óleo.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *