Como funciona um seguro de vida resgatável

Contratar o seguro de vida resgatável é uma espécie de reserva financeira para a posterioridade.

A busca por proteção vem crescendo cada vez mais no Brasil. O seguro de vida resgatável é apenas uma dentre as modalidades de planos que oferece ao indivíduo, proteção para ele, sua família ou sua empresa.

Esse tipo de seguro oferece benefícios um pouco mais vantajoso para quem o contratar. Afinal, diferente do tradicional, com ele é possível que o segurado consiga reaver todo o valor que foi investido ou pelo menos, uma certa quantia.

Por exemplo, caso o segurado não esteja satisfeito com a cobertura que foi contratada, ele poderá entrar em contato com a empresa, e informar que o plano contratado, não é mais do seu interesse.

No entanto, é válido ressaltar que tudo irá depender da seguradora contratada, assim como o acordo que ficou assinado.

Dessa forma, o segurado irá poder receber a quantia total investida, ou somente um valor simbólico.

Como funciona um seguro de vida resgatável

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Seguro de vida resgatável: como funciona

De maneira geral, existem 2 modelos apresentados atualmente pelas empresas e que podem ser contratados por quem se interessar para proteger a si mesmo e seus entes queridos.

O primeiro molde pode ser caracterizado como sendo uma opção de retorno para receber todo o capital no qual foi investido.

Assim, esses prazos podem durar entre 10, 20 ou até 30 anos e logo após o término do período escolhido, o segurado poderá solicitar a quantia a ser recebida.

Quando o prazo chegar ao fim, bem como o valor houver sido recebido, a cobertura contratada irá se encerrar.

Em relação ao segundo molde, trata-se de um amparo vitalício, onde o segurado terá total controle de quando irá querer reaver o seu dinheiro investido.

Entretanto, para que o resgate da quantia investida no seguro de vida seja reavido, é preciso comunicar a empresa contratada, para que assim, ela possa deixar todos os trâmites preparados, e que no dia escolhido, evitar que imprevistos aconteçam.

Da mesma forma que ocorre no primeiro modelo, a apólice é encerrada após o dinheiro ser repassado ao segurado.

Agora, caso o valor total não seja solicitado, o seguro de vida resgatável irá continuar sendo válido, até o momento em que seja cancelado, seja pelo recebimento do dinheiro ou devido ao fato de insatisfação do cliente.

Considere pesquisar sobre a seguradora antes de contratar o seguro de vida

Antes de contratar o seguro, se faz necessário estar ciente de tudo o que a seguradora tem para oferecer e verificá-la na SUSEP.

Assim, evita que no futuro, seja pego desprevenido quando for solicitar a quantia investida, e não a obter totalmente.

Por isso, é de extrema importância realizar pesquisas acerca das seguradoras que oferecem o seguro de vida e quais são as coberturas que ela tem para oferecer.

Afinal, cada empresa é diferente e no final, cada uma possui as suas particularidades que as tornam diferentes no mercado.

Quais as vantagens em contratar esse seguro de vida?

Ao contratar o seguro de vida resgatável, o indivíduo estará pensando não somente no agora, mas sim, em seu futuro.

O mercado financeiro está em constantes mudanças e pensar nisso deixar muitas pessoas inseguras, afinal, hoje você pode ter um trabalho perfeito, mas amanhã, ser somente mais um dos inúmeros desempregados do Brasil.

Pensando nisso, contratar o seguro enquanto possui condições financeiras estáveis é o mais recomendado. Assim, o futuro estará, de certa forma, garantido.

Essa reserva financeira vem ganhando destaque dentre o mundo do seguro devido a atual crise econômica sofrida pelo país. 

É válido ressaltar que a quantia investida irá depender do segurado e do quanto ele está disposto a contribuir.

Essa opção de cobertura diferenciada oferece mais segurança para o cliente, afinal, muitas vezes algumas pessoas deixam de contratar um plano devido a falta de informações a respeito de quanto será pago mensalmente.

Portanto, para que o futuro seja garantido financeiramente, mas sem afetar o presente, a opção viável é pagar somente a quantia que se encontra dentro do seu orçamento.

Não é recomendado, de maneira alguma, contratar um seguro e não ter condições de realizar o pagamento corretamente.

Afinal, caso seja do seu interesse fazer a contração de um outro seguro de vida, as empresas costumam verificar todos as informações de seu cliente, para que não saia lesada.

Em suma, contratar um seguro de vida resgatável é uma forma de se prevenir contra as incertezas de um futuro imprevisível.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *