4 situações em que NÃO deve acionar o seguro do carro

3 de janeiro de 2018

Quando ocorre um pequeno arranhão no seu veículo, você NÃO deve acionar o seguro do carro.

Se possui um seguro auto, sabe que o seu veículo está protegido e que pode andar tranquilamente pelas ruas.

O que muita gente não sabe é que quando ocorre algum sinistro ou imprevisto com o veículo, a primeira coisa a ser feita não é acionar o seguro do carro.

Por mais que pareça estranho, em algumas situações não compensa financeiramente acionar o seguro, é melhor resolver a situação de outra forma. Se pensa diferente, veja algumas situações e a melhor maneira de resolvê-las.

4 situações em que NÃO deve acionar o seguro do carro

Em quais situações em que não se deve acionar o seguro do carro

Quando não se possui coberturas

Não ache que o seguro cobre tudo o que acontece com o carro, na verdade, ele só irá garantir a proteção contra os itens que você contratou.

Se possui um seguro básico que só cobre roubo, furto e incêndio não adianta querer que a seguradora arque com os prejuízos em caso de uma colisão.

Por isso, antes de contatar a seguradora saiba muito bem o que sua apólice contempla e quais são os serviços que você pode ou não utilizar.

Acidente provocado por terceiro

Quem provoca o acidente e os danos, é o responsável pelo pagamento do reparo de todos os veículos envolvidos.

Assim, se estava andando pela rua e um carro bateu no seu, ele deverá providenciar os reparo e você não precisa acionar o seu seguro.

Se o terceiro possui um seguro, ele poderá fazer isso utilizando o seguro que possui, caso contrário, terá de arcar com os custos do próprio bolso.

Apesar de issoocorrer, infelizmente, nem sempre funciona. Há situações em que é preciso que você acione o seu seguro para conseguir reparar o veículo, porém, pode comunicar a seguradora para que ela cubra a franquia do responsável pelos danos.

Pequenos danos e avarias

Já parou para verificar qual o valor da sua franquia? O mais comum é que ela possua valores acima de R$ 1.000,00.

Isso quer dizer que quando acionar o seguro por sinistro terá de pagar a franquia para ter o veículo reparado.

Porém, se o valor do reparo for menor não compensa. Por exemplo, se foi um pequeno amassado que o conserto fica em R$ 400,00 compensa mais fazer por conta própria.

Dessa forma, o gasto será menor, já que não o reparo é mais barato que a franquia e você não utiliza os seus bônus, o que pode lhe render descontos quando for renovar o seguro.

Quilometragem acima da contratada

A assistência 24 horas pode ser bastante útil para te ajudar em casos de problemas mecânicos, elétricos ou pane seca.

A questão é que, muitas vezes, ela possui um limite de quilometragem para atender aos segurados. Se possui, um limite de 100km e está a 20km de sua cidade, nem adianta chamar o seguro.

Se você viaja muito compensa mais ter uma quilometragem ilimitada, assim poderá ser atendido em todo país, caso contrário, estará por conta própria.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *