O seguro para taxistas é mais barato do que para os carros convencionais?

Você tem um táxi ou está pensando em ingressar nesse ramo e está se perguntando se o seguro para taxistas é mais barato do que para os carros convencionais? Saiba a resposta para essa pergunta neste artigo e entenda o porquê dela.

Se sua dúvida é se o seguro para taxistas é mais barato do que para os carros convencionais?

Saiba que, infelizmente a resposta para essa pergunta é não.

Em geral, o preço do seguro dos táxis é mais caro do que o seguro dos carros normais, devido a fatores como maior exposição ao risco e uso.

No entanto, existem condições determinantes para esse acréscimo de preço, bem como considerações de aspectos que podem minimizar esses custos.

Mas, de maneira geral, a regra para a contratação deste seguro consiste na associação dos riscos e dos preços das coberturas escolhidas.

Neste artigo, explicaremos melhor como funciona o seguro para taxistas, quais são as melhores coberturas a serem contratadas, como reduzir o custo de contratação desse serviço e conseguir um seguro para táxi mais barato e muito mais, acompanhe.

O seguro para taxistas é mais barato do que para os carros convencionais?

Como funciona o seguro para taxistas?

De maneira geral, o seguro para taxistas pode funcionar da mesma maneira que um seguro auto comum, contando com coberturas contra roubo e furto, colisão e proteção contra terceiros.

No entanto, quando falamos desse tipo de proteção é fundamental contar com mais algumas coberturas.

Como por exemplo, a de lucros cessantes, que garante uma indenização referente aos dias de trabalho perdidos, caso o carro precise ir para o conserto, a de proteção a passageiros do veículo e muito mais.

Além dessas, é importante que esse tipo de seguro possua coberturas como carro reserva e assistência 24 horas.

Isso garantirá muito mais comodidade ao motorista e amparo caso ele tenha algum problema.

Uma vez que seu veículo circula muito mais que os demais, e pode ter desgastes de peças maiores e com mais frequência.

Como contratar um seguro para taxistas?

Assim como a contratação de qualquer seguro, o seguro para taxistas pode ser contratado diretamente junto a uma seguradora ou com o auxílio de um corretor de confiança.

Mas, é importante que exista uma aprofundada pesquisa antes.

Por isso, antes de pensar quais coberturas contratar, é fundamental que o profissional pesquise preços e serviços no maior número possível de empresas.

Além disso, é importante que ele também procure saber como a seguradora se comporta com seus clientes e qual o grau de satisfação deles.

Depois de pesquisar atentamente, a melhor maneira de escolher um seguro para taxistas é comparando os índices de satisfação, serviços, produtos e valores oferecidos.

Apenas assim será possível fazer uma boa contratação.

Por que o seguro de táxi é mais caro?

Independentemente da empresa de seguros, o valor de uma proteção sempre é calculado com base no perfil do motorista, como ele usa o veículo e por onde, e com qual frequência ele costuma circular com ele.

Quanto melhor for o perfil do condutor e menos ele usar o veículo, menor será a chance de o carro sofrer uma colisão ou ser furtado ou roubado, logo, menor será o valor do seguro.

E, o inverso neste caso é completamente verdadeiro.

Quanto mais o veículo circula, tanto em tempo como em regiões, quanto mais ele fica parado na rua e circula em horários de maior chance de crimes, maiores serão as chances dele se envolver em problemas, e maior será o custo do seguro auto.

Por isso, o seguro de táxi é mais caro que o seguro auto para carros particulares.

Afinal, carros particulares costumam seguir por rotas fixas, ser estacionados em garagens fechadas ou com segurança e andam em horários específicos, por períodos específicos.

Com os táxis a situação é completamente diferente. Primeiro que o taxista nunca sabe ao certo para onde vai, uma vez que ele só conhece o destino depois que o passageiro entra no veículo.

O que pode aumentar muito as chances de ele circular por regiões mais perigosas.

Além disso, estranhos estão entrando e saindo do veículo todos os dias, a todo momento, isso aumenta muito o risco de roubo do motorista ou do veículo.

Outro detalhe importante que os taxistas costumam trabalhar muitas horas por dia, deixando sempre os veículos parados na rua, em muitos casos com janelas e portas abertas ou destrancadas.

Quais são os riscos envolvidos no seguro de taxistas?

O táxi é um veículo que circula por mais lugares e bairros, é que transporta muito mais gente, além de ter uma quilometragem mais alta. Logo, está exposto a maiores riscos.

Como o preço do seguro dos carros é calculado levando em consideração a qualidade do risco a que o veículo está sujeito, o táxi acaba tendo um preço relativamente maior.

Os assaltos a taxistas costumam ser manchete dos jornais e das chamadas televisivas frequentemente.

A vida dos profissionais dessa área é colocada em risco todos os dias, uma vez que os bandidos adoram se apropriar desses veículos para levá-los a desmanches ilegais.

Este pode parecer um cenário bem negativo, mas é absolutamente real e influencia negativamente no valor do contrato dos seguros para táxi, de modo que o risco do roubo é convertido em um preço mais alto.

Lembrando sempre que não é possível enquadrar a natureza do táxi na categoria dos carros convencionais na hora de reduzir os gastos com o seguro, uma vez que essa discriminação já consta no documento do próprio veículo, sua alteração é considerada criminosa.

Existe seguro para táxi mais barato?

Quando se contrata um seguro mais barato para táxi, não significa que a pessoa está perdendo benefícios, apenas que soube escolher bem.

Isso porque o táxi tem algumas vantagens em relação aos veículos convencionais.

Durante a compra do veículo, os taxistas têm isenção de impostos, o que faz com o que o valor do bem corresponda a cerca de 70% do valor comercial.

Assim, quando o carro é segurado é feito o seguro considerando o seu valor de compra.

Como a indenização em casos de roubo e furto é menor – correspondendo também a cerca de 70% do valor de acordo com a tabela FIPE – é possível conseguir um preço mais acessível.

Como conseguir um seguro para táxis mais barato?

Além dos pontos mencionados acima, existem alguns serviços, produtos e hábitos que podem trazer bons descontos na contratação de um seguro para taxistas. Estes são:

  • Equipamentos de proteção: contar com equipamentos de proteção como alarmes, travas, rastreadores e bloqueadores podem trazer descontos significativos no valor final da apólice;
  • Ter um bom histórico: motoristas que, mesmo sendo taxistas, não se envolvem em acidentes ou possuem multas, também conseguem preços melhores na contratação desse serviço, alegando boa conduta ao volante;
  • Deixar o carro parado em lugar seguro: sabemos que os pontos de táxi precisam ser na rua para uma boa frequência de clientes. No entanto, vale a pena optar por parar o veículo em lugares mais movimentados e seguros, a fim de evitar a facilitação para o roubo ou furto do veículo.

Em um seguro para táxi mais barato, quais coberturas não podem faltar?

O taxista está exposto a maiores riscos como já dito, por isso é de extrema importância que se conte com algumas coberturas consideradas essenciais.

  • Cobertura contra colisão: Caso haja alguma colisão durante a atividade o taxista terá direito a uma indenização por perda parcial ou total;
  • Cobertura contra roubos e furtos: Uma vez que se está exposto a esse tipo de violência o tempo todo. Essa cobertura garante a indenização integral caso o veículo não seja recuperado em um período de 30 dias;
  • Cobertura contra terceiros: Por passar muito tempo no trânsito o taxista pode ocasionar algum acidente. Essa cobertura garante que ele não tenha gastos com os reparos ou indenizações necessárias a outras pessoas, vítimas do acidente provocado por ele;
  • Cobertura contra Acidentes Pessoais de Passageiros: Até mesmo o seguro mais barato para táxi oferece esse tipo de cobertura, pois, a qualquer momento o passageiro pode se envolver em um acidente automotivo;
  • Lucros cessantes: Se o carro está parado devido a uma colisão ou por roubo e furto o taxista acaba perdendo dinheiro. Incluindo essa cobertura pode ser indenizado em relação aos dias parados.

Quais cuidados são necessários ao contratar o seguro para taxista?

Os taxistas devem buscar por uma empresa especializada nesse tipo de serviço, isso evitará algumas complicações na hora de receber a indenização.

É fundamental que a apólice do seguro especifique a atividade desenvolvida com o veículo uma vez que seus riscos são diferenciados.

Outro ponto de atenção é contratar um seguro de táxi barato antes de começar a trabalhar com o carro, a fim de garantir que ele esteja protegido.

Portanto, se você está pensando em ingressar nessa área comece uma pesquisa quanto antes.

Vale dizer também que não existe um seguro para táxis melhor ou pior.

É preciso considerar aquele que atende as necessidades e consegue oferecer um bom preço.

Mas, existem algumas empresas especializadas em atender taxistas como: Porto Seguro, Banco do Brasil seguros, Mapfre e Nobre Seguradora.

Outro detalhe importante é que o valor pode variar bastante de uma empresa para outra, isso acontece porque existem diferentes fatores que influenciam no preço, por isso, o ideal é fazer uma cotação personalizada para ter acesso a essa informação.

Agora que você sabe melhor como funciona o seguro para taxistas e quais os passos e coberturas mais importantes na contratação dessa proteção.

Será muito mais simples iniciar sua pesquisa, realizar diversas cotações e escolher a empresa que melhor couber nas suas necessidades e orçamento.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *