Seguro auto para carros híbridos

Você já deve ter ouvido falar dos carros híbridos, mas sabe o que eles são? A seguir, conheça um pouco mais sobre eles e sobre o seguro auto para carros híbridos!

Precisando contratar um seguro auto para carros híbridos? Então, você veio ao texto certo!

Ao longo deste conteúdo, falamos sobre as vantagens deste tipo de veículo e dos custos da sua proteção.

Os carros híbridos são veículos que possuem um motor elétrico e outro de combustão.

Isso significa que existem dois motores funcionando em conjunto, algo que diminui o consumo de combustível do veículo. Por isso, há certa economia para o usuário.

Mas os veículos híbridos não visam apenas diminuir o consumo de combustível.

Eles trazem uma solução considerada ecologicamente correta, ao diminuir a emissão de gases poluentes.

Isso porque, quando ativado, este motor não provoca combustão de combustível, e assim não elimina gases tóxicos.

Seguro auto para carros híbridos

Veículos híbridos no Brasil

Apesar de trazer uma série de vantagens, apenas 5% dos veículos do mundo são híbridos.

No Brasil, 3.970 unidades foram emplacadas em 2018 — um aumento de 20,4%, mas bem longe do total de 2 milhões de emplacamentos no mesmo período.

O grande impasse ainda está no alto valor do veículo, no preço do seguro auto para carros híbridos e na falta de opções.

Para se ter uma ideia, só existem 9 modelos de carro deste tipo à venda no País. Segundo o AutoPapo, os modelos híbridos disponíveis no mercado brasileiro são os seguintes:

  1. Toyota Prius;
  2. Lexus CT 200h;
  3. BMW i3;
  4. Ford Fusion Titanium Hybrid;
  5. Porsche Cayenne S-Hybrid;
  6. Volvo XC90 T8 Hybrid;
  7. BMW i8;
  8. Porsche Panamera E-Hybrid;
  9. Lexus LS 500h.

Por isso, na hora de adquirir o seu veículo, é importante considerar as opções. Além disso, vale a pena já avaliar qual será o custo do seguro do automóvel.

Falaremos mais sobre o assunto a seguir. Continue acompanhando!

Entenda melhor os carros híbridos

Para entender um pouco melhor o universo dos carros híbridos e os seus consumidores, o Institute of the Motor Industry (IMI), do Reino Unido, fez uma pesquisa.

Os resultados apontaram que 40% dos entrevistados se preocupam com a poluição do meio ambiente e entendem que os veículos elétricos podem ser uma solução.

Porém, as pessoas não estão dispostas a arcar com os custos mais elevados de um veículo híbrido, mesmo que ele contribua com o meio ambiente.

Dentre os jovens de 18 a 24 anos, 21% investiriam nesses veículos. Considerando a população de 55 anos ou mais, o percentual cai para 9%.

Um dos principais motivos apontados para não investir nos híbridos são os valores elevados . Não apenas para a compra do auto, mas também para a sua manutenção.

É preciso dizer que a manutenção deste tipo de carro é relativamente simples. O problema está na falta de mecânicos que sabem lidar com esse veículo.

De todos do Reino Unido, por exemplo, apenas 1% deles sabem fazer a manutenção dos híbridos.

Todos esses fatores fazem com que apenas 20% dos moradores de Londres acreditem que os custos valem a pena para ter um ar mais limpo.

Tipos de carros híbridos

São três os tipos de carro híbridos disponíveis no mercado: o em série, o em paralelo e o misto.

Para começar, o híbrido em série é aquele em que a combustão do combustível alimenta o motor elétrico.

A eletricidade comanda o movimento do veículo.

Já o em carro híbrido em paralelo usa os dois propulsores. Um deles atua, enquanto o segundo trabalha para melhorar o desempenho do primeiro.

Por fim, o veículo híbrido misto, ou combinado, usa dos dois motores, um de cada vez ou simultaneamente.

Pensando no veículo paralelo, e também nos completamente elétricos, surge outro problema em adquirir o carro: a dificuldade de recarga.

O governo precisa investir mais em infraestrutura para esse tipo de veículo, uma vez que os pontos de recarga disponíveis são uma preocupação.

São poucos os locais, que não seriam suficientes para atender a todos.

A manutenção dos carros híbridos

Segundo a pesquisa citada, a manutenção e conservação dos híbridos é uma grande preocupação dos moradores do Reino Unido.

As montadoras, porém, dão dicas simples para o cuidado com o automóvel.

Para a BMW, o carro só precisa ser usado com regularidade para preservar a sua bateria.

O consumidor também deve deixar o auto plugado na rede elétrica quando ele não estiver em uso. A falta de energia pode ocasionar problemas nos equipamentos, por isso exige atenção.

O uso de adaptadores não homologados também podem trazer prejuízos ao veículo.

Em relação às colisões, a Toyota informa que os custos são praticamente os mesmos de um veículo a combustão.

Os custos são variados. Para se ter uma ideia, o valor da primeira revisão do Prius híbrido é de R$ 237,39.

Já um do Corolla “comum”, À combustão, tem custo de R$ 269,89 em sua primeira revisão.

Portanto ,o híbrido tem um custo mais acessível. As demais revisões possuem os mesmo custos para os dois modelos.

O preço do seguro auto para carros híbridos no Brasil

No Brasil, uma pesquisa realizada pela Bidu Corretora notou que o valor do seguro para carros híbridos não é tão mais caro do que o seguro de um carro comum.

Às vezes, os custos são até menores. Um Fusion Hybrid, por exemplo, tem um seguro de R$ 12.636,11.

O seguro do Ford Fusion Titanium Ecoboost AWD custa R$ 13.748,41. Nesse caso o híbrido possui um seguro mais em conta.

O preço de um seguro auto para carros híbridos é mais barato por uma série de fatores. Começando pela manutenção mais simples do veículo.

Os danos à parte elétrica do motor são raros e, quando acontecem, também são mais baratos de consertar.

Outro aspecto interessante é que muitas montadoras oferecem garantia de fábrica ampliada ao carro.

Assim, a seguradora sabe que não precisará arcar com os reparos em caso de pane. Como o risco de sinistro será menor, os custos do seguro também serão.

As coberturas de um seguro deste tipo costumam incluir as mesmas proteções oferecidas em um seguro comum.

Isso significa que elas protegem o veículo contra incêndio, furto, roubo e colisão.

Também é possível cobrir panes elétricas, secas ou mecânicas, cuidar dos vidros do auto e mais.

Ainda assim, é preciso dizer que diversos fatores afetam o custo de um seguro. O perfil do segurado, o local de tráfego do automóvel, os índices de roubo do modelo e mais.

Os valores também variam bastante de acordo com a seguradora que oferece a proteção.

Por isso, é importante realizar a cotação do serviço em diferentes empresas antes de contratá-lo.

Algumas seguradoras também possuem seguros específicos para carros híbridos.

Já possui ou está pensando em adquirir um seguro auto para carros híbridos? Aproveite para fazer a sua cotação!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *