Tabela de valores do seguro DPVAT

| Autor: Jeniffer Elaina

Os valores do seguro DPVAT variam conforme o tipo de lesão causada pelo acidente de trânsito. Veja quem tem direito a indenização e o que fazer para recebê-la.

O seguro DPVAT é o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre.

Seu objetivo é indenizar as vítimas do trânsito conforme a tabela de valores do seguro DPVAT.

Esse tipo de seguro também é conhecido como seguro obrigatório, pois os donos dos veículos automotivos precisam fazer o pagamento dele todos os anos.

Caso isso não ocorra, o veículo ficará impedido de fazer o licenciamento e quitar o IPVA.

Por esse motivo, aliás, o DPVAT não é um seguro contratado com uma seguradora; na verdade, ele é pago por meio de uma taxa à Seguradora Líder-DPVAT, que é um órgão público.

O valor arrecadado com o pagamento das taxas é administrado pela seguradora Líder e repassado para diferentes setores.

Para começar, 45% do arrecadado se destina ao SUS, para cobrir despesas de vítimas de acidentes de trânsito.

Depois, 5% vai para o Ministério das Cidades (DENATRAN), que poderá investir em ações de prevenção de acidentes.

Os 50% restantes são utilizados para as indenizações as vítimas.

Tabela de valores do seguro DPVAT

Quando o seguro DPVAT é pago ao indivíduo?

Apenas em 2018, o Brasil registrou 1,35 milhão de mortes no trânsito.

Por ano, são registrados cerca de 20 mil acidentes só em estradas federais. Pensando nas vítimas dessas ocorrências, o DPVAT foi criado.

Ele oferece indenização para as vítimas do trânsito brasileiro em três situações. São elas: para despesas médicas, invalidez permanente e morte.

  • Reembolso de despesas de assistência médica e suplementares (DAMS): a vítima pode pedir reembolso de despesas do tratamento do acidente de trânsito, quando esse atendimento acontecer em rede particular. Se o socorro for feito por meio do SUS, não há ressarcimento;
  • Invalidez permanente: se após o tratamento médico o indivíduo permanece com alguma sequela, permanente e que impeça atividades, a indenização será paga a ele. A invalidez temporária não é indenizável;
  • Morte: quando ocorre o falecimento da vítima, a família pode recorrer a indenização. Os valores são pagos ao cônjuge e/ou dependentes diretos da vítima.

As indenizações pagas pelo seguro são válidas tanto para quem causou, como para quem sofreu o acidente.

Também valem para pedestres e passageiros envolvidos na ocorrência.

Índices do seguro DPVAT

O DPVAT não apenas paga indenizações às vítimas de trânsito, como também faz um acompanhamento de como andam os índices de acidentes.

Veja os dados do levantamento feito de janeiro a outubro de 2018.

  • 69% das indenizações foram pagas para vítimas de invalidez permanente;
  • As indenizações por morte tiverem uma queda de 6% se comparadas ao mesmo período do ano anterior;
  • As indenizações de DAMS (Despesa de Assistência Médica e Suplementares) cresceram 6%;
  • 46% das vítimas que receberam indenizações tinha entre 18 e 34 anos;
  • As pessoas com mais de 65 anos representam 5% das indenizações pagas;
  • Cerca de 75% das vítimas de acidentes são homens;
  • Dos motoristas que sofreram acidentes, 88% eram motociclistas;
  • 29% dos que faleceram no trânsito eram pedestres;
  • O horário das 17h às 19h59 concentra o maior número de acidentes (23% deles), sendo seguido pelo horário das 13h às 16h59 (20%);
  • O Nordeste foi a região que mais recorreu ao DPVAT, com 30% das ocorrências. O Norte foi o que menos precisou das indenizações, representando apenas 10% dos pedidos;
  • A região sul é que menos tem indenizações por morte de motocicletas (35%). O Norte é o que tem maior pedido desse tipo, representando 66% das indenizações da região.

Como receber o seguro DPVAT?

As vítimas de acidentes de trânsito ou seus herdeiros podem dar entrada no seguro DPVAT sem que seja preciso a ajuda de advogado.

Para isso, basta se dirigir a um dos postos de atendimento próprios ou dos correios, fazer a solicitação e entregar os documentos necessários.

Outro modo de fazer essa solicitação é dar entrada no pedido por meio do aplicativo do Seguro DPVAT.

Os documentos necessários variam conforme o motivo da indenização (despesas médicas, invalidez ou morte).

Para conferi-los, basta acessar o site da Seguradora Líder.

O prazo para realizar a solicitação de indenização é de 3 anos a contar da data do acidente, ciência da invalidez ou do óbito.

Após a entrega da documentação, e não havendo erros, a indenização será liberada em até 30 dias.

Caso seja preciso completar alguma informação, esse prazo será interrompido e voltará a contar assim que os novos documentos forem entregues ao órgão.

É possível acompanhar o desenvolvimento do pedido pelo site do DPVAT, pelo aplicativo Seguro DPVAT ou pelos números 4020-1596 (Regiões Metropolitanas) ou 0800 022 12 04 (Outras Regiões).

Para facilitar todo o processo, não se esqueça de verificar os documentos que devem ser entregues ao solicitar a indenização.

As informações poderão  ser entregues pela vítima, herdeiros ou representante legal.

A seguir, você conferir a documentação necessária para solicitar o seguro.

As informações mudam ligeiramente de acordo com o indivíduo que está fazendo a solicitação.

Por isso é importante verificar o site do Seguro DPVAT.

Invalidez Permanente

  • Formulário de solicitação de indenização preenchido;
  • Boletim ou Registro de Ocorrência Policial (original ou cópia autenticada) com todos os dados do acidente, como nome da vítima, placa do veículo e outros;
  • RG da vítima;
  • CPF da vítima;
  • ​Laudo do Instituto Médico Legal (IML), informando as lesões e condição de invalidez;
  • Boletim de primeiro atendimento médico;
  • Comprovante de residência.

Despesas Médicas

  • Formulário de solicitação de indenização preenchido;
  • Boletim ou Registro de Ocorrência Policial (original ou cópia autenticada) com todos os dados do acidente, como nome da vítima, placa do veículo e outros;
  • RG da vítima;
  • CPF da vítima;
  • ​ Comprovantes das despesas (recibos ou notas fiscais) médicas com discriminação dos gastos e/ou receituários médicos;
  • Boletim de primeiro atendimento médico;
  • Relatório do dentista (quando houver), informando as lesões sofridas pela vítima.

Morte

  • Formulário de solicitação de indenização preenchido;
  • Boletim ou Registro de Ocorrência Policial (original ou cópia autenticada) com todos os dados do acidente, como nome da vítima, placa do veículo e outros;
  • RG da vítima;
  • CPF da vítima;
  • Certidão de Óbito (cópia autenticada);
  • Laudo de Exame emitido pelo IML;
  • RG do beneficiário;
  • CPF do beneficiário;
  • Comprovante de residência do beneficiário;
  • Certidão de nascimento da vítima (quando os beneficiários forem os pais);
  • Certidão de casamento (quando o beneficiário for o cônjuge).

Quanto o seguro DPVAT custa ao motorista?

Como citado ao longo do texto, o seguro DPVAT aparece como uma taxa obrigatória a todo dono de veículo no Brasil.

Ela deve ser quitada para que o usuário consiga obter seu licenciamento anual, além de quitar seu IPVA. Mas quanto custa o DPVAT?

O valor do seguro varia de acordo com cada tipo de veículo e pode sofrer alteração de valores de um ano para outro.

De 2017 para 2018, por exemplo, os valores do seguro DPVAT para carros de passeio teve uma redução de 35%.

Confira os valores vigentes para 2019.

​​​​TIPO DE VEÍCULO ​​​ VALOR
Automóveis e camionetas ​​particulares / oficial, missão diplomática, corpo consular e órgão internacional R$ 16,21
Táxis, carros de aluguel e aprendizagem R$ 16,21
Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais) R$ 37,90
Micro-ônibus com cobrança de frete mas com lotação não superior a 10 passageiros e Ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete (Urbanos, Interurbanos, Rurais e Interestaduais) R$ 25,08
Ciclomotores​ R$ 19,65
Motocicletas, motonetas e similares R$ 84,52
Caminhões, caminhonetas tipo “pick-up” de até 1.500 Kg de carga, máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral (quando licenciados), reboque, semirreboque e outros veículos R$ 16,77

Quais os valores do seguro DPVAT para indenizações?

O valor da indenização depende da situação em que a vítima se envolveu.

Além disso, quando há a necessidade de cobrir despesas médicas, o valor pode se limitar os gastos, se esses forem inferiores ao teto.

Confira abaixo a tabela de valores do seguro DPVAT para as indenizações.

TIPO DE INDENIZAÇÃO VALOR
Morte ATÉ R$ 13.500,00
Invalidez permanente ATÉ R$ 13.500,00
Despesas médicas e hospitalares ATÉ R$ 2.700,00

Quem é vítima de acidentes de trânsito pode ser indenizado por mais de um motivo, de acordo com a tabela de valores do seguro DPVAT.

Basta dar entrada no pedido conforme explicamos nesse artigo.

Seguro DPVAT substitui o seguro auto?

Se você leu esse texto até aqui, percebeu que o seguro DPVAT é pago às vítimas de acidentes, para a reparação de danos físicos.

Porém, ele não paga por prejuízos morais e, principalmente, materiais.

Para contar com esse tipo de auxílio, o motorista deve contratar um seguro auto para o seu carro.

Com um seguro auto, o condutor obtém auxílio da seguradora para quitar seus prejuízos após uma colisão, furto, roubo, incêndio, inundação e outros.

Na hora de contratar um seguro auto, também vale a pena obter a cobertura para terceiros.

Também chamada de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V), a opção cobre prejuízos materiais dos terceiros envolvidos em acidentes com o segurado.

Nesse caso, a seguradora faz o pagamento do conserto do outro veículo, ou então da indenização por perda total.

Com o auxílio, o segurado fica livre de pagar as despesas do próprio bolso, como normalmente aconteceria.

Para contratar um seguro para o carro, basta entrar em contato com a seguradora desejada e solicitar uma cotação, com as coberturas desejadas.

De preferência, pesquise entre diversas empresas.

Os custos de um seguro variam muito, e pesquisá-los vai garantir que você encontre aquele que melhor se encaixa em seu bolso.

Contar com um corretor de seguro também pode ser vantajoso.

Afinal de contas, o especialista tem contato direto com várias seguradoras.

Ele terá maior facilidade em solicitar e analisar várias cotações de uma só vez, encontrando a melhor oferta.

Pronto! Agora você já conhece a tabela de valores do seguro DPVAT e a importância de contratar um seguro auto.

Ficou com alguma dúvida? Converse com os nossos consultores!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

7 Comentários

  • Robson Freitas Silva says:

    Oi,

    Minha mão ficou com um calo ósseo saliente visível (tenossinovite).
    Tenho dificuldades em executar minhas atividades laborais devido a esta sequela, a qual provoca inflamação deixando a região inflamada.
    Qual valor a ser indenizado e qual grau de sequela eu tenho?

    Obrigado

  • Maria says:

    Boa tarde,

    Meu esposo foi atropelado na rodovia e veio a óbito no local, qual o valor da indenização? Eu sou a única beneficiária.

    Até.

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Maria,

      Obrigada pela mensagem em nosso site.
      Por favor, entre em contato com a seguradora responsável para que possam ajuda-la.

      Atenciosamente.

  • Henrique da Silva says:

    Bom dia, meu esposo fraturou entre o antebraço e munheca mas não precisou de cirurgia, qual o valor?

    Att.

    • Sanaira Silveira says:

      Boa tarde Henrique,

      Obrigada pela mensagem em nosso site.
      Para sinistros, entre em contato com a seguradora responsável.
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link http://vemm.go2cloud.org/SHEv para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

  • Anderson Goulart says:

    Boa tarde,

    Não consegui entender os valores. Eu quebrei o tornozelo e fraturei o ombro e não vi o valor da indenização para esse tipo de dano, só vi para invalidez e morte.

    Att

    • Sanaira Silveira says:

      Olá Anderson,

      Obrigada por comentar no em nosso site,
      Para sinistros, entre em contato com a seguradora responsável.
      Caso você tenha interesse em fazer uma cotação ou renovação de seguro, preencha o formulário em nossa página clicando no link http://vemm.go2cloud.org/SHEv para que um corretor parceiro entre em contato com você.

      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *