Seguro viagem Europa

Sem um seguro viagem Europa, você não pode ir para alguns países. Saiba quais são eles e como adquirir o seu.

Está pensando em sair do Brasil para aproveitar as férias ou a negócios? Então você não pode deixar de ter um seguro viagem Europa. A proteção é obrigatória para alguns destinos, e fundamental para a sua segurança.

Para qualquer lugar que você vá viajar, é sempre indicado contar com a assistência de um seguro.

Afinal, imprevistos podem acontecer e você não vai querer ficar na mão ou gastar um bom dinheiro para resolvê-los. O custo de atendimento de saúde em outros países, aliás, é alto.

Um seguro viagem cobre tanto questões de saúde, quanto relacionadas à sua bagagem. As opções variam de acordo com o seguro contratado e a indenização relacionada.

Por isso, é essencial pesquisar bastante antes de adquirir o serviço. Acompanhe o texto e descubra tudo o que você precisa sobre o seguro viagem Europa!

Seguro viagem Europa

Imagem: Getty

Como funciona o seguro viagem Europa?

O seguro viagem Europa é um serviço que você contrata antes mesmo de embarcar. No momento da sua cotação, é preciso informar o destino, ou países de destino, do passeio, e o tempo da viagem.

Os orçamentos podem ser realizados pelo site de cada empresa de seguro. A empresa, então, vai disponibilizar as coberturas contratadas durante todo o tempo que sua viagem durar.

Nesse período, caso precise utilizar a proteção, ela estará disponível. Bastará entrar em contato com a seguradora e solicitar o suporte.

Também há seguradoras que trabalham com o reembolso. Se, por exemplo, você precisar ir ao médico, poderá fazer isso sem contato prévio com a empresa.

Depois bastará apresentar os documentos necessários à seguradora e então receber o reembolso dos valores gastos.

Em ambos os casos, é fundamental ter atenção ao que o seguro cobre. Apenas os serviços listados na apólice serão pagos ou reembolsados.

Quais são as coberturas mais comuns?

Cada empresa possui coberturas e custos diferentes, que podem ser verificados no momento da cotação dos valores. As coberturas mais comuns no seguro viagem Europa servem para:

  • Despesas médicas e odontológicas;
  • Despesas farmacêuticas;
  • Visita do segurado hospitalizado por um familiar;
  • Assistência funeral;
  • Remarcação de passagem;
  • Localização de bagagem extraviada;
  • Despesas jurídicas; e outros.

Por que eu preciso de um seguro viagem Europa?

Para que você possa entrar nos países que fazem parte do Tratado de Schengen, é obrigatória a apresentação do seguro viagem.

O Tratado permite a livre circulação de pessoas entre os países participantes, sem a necessidade de autorização prévia.

A proteção de um seguro do tipo deve possuir cobertura mínima de 30 mil euros. Caso o viajante não conte com  o seguro, ficará impedido de entrar no país até que providencie o documento.

Quais países fazem parte do Tratado de Schengen?

Vinte e seis países fazem parte do Tratado de Schengen. São eles:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Liechtenstein
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Como devo escolher meu seguro viagem?

A primeira coisa a se fazer na hora de contratar um seguro viagem Europa é realizar a cotação da proteção em diferentes empresas.

Isso permite verificar os diferentes valores e quais as coberturas são oferecidas por cada seguradora.

É muito importante pensar em quais serão as suas necessidades durante a viagem. Você fará trajetos apenas de avião, ou também com outros transportes?

Alguém vai lhe acompanhar, ou você fará o passeio sozinho? É fundamental não esquecer de incluir nenhuma particularidade no seguro viagem Europa.

Outro ponto avaliado pelas seguradoras é se você vai praticar esportes. A idade do viajante, se ela está gestante ou não, e o risco da viagem ser cancelada também contam.

Verifique também a reputação da empresa que prestará o serviço e quais são os canais de atendimento disponíveis, caso você precise usar seu seguro.

Clientes antigos tiveram uma boa resposta da companhia? O que eles dizem sobre a seguradora?

Somente após fazer essas verificações é que você deve decidir por um produto que lhe atenda bem. Lembre-se de considerar, inclusive, a cobertura do seguro.

O valor mínimo de cobertura do seguro é de 30 mil euros. Mas as seguradoras sempre oferecem outras proteções com um pouco mais de cobertura.

Se os serviços se encaixarem bem na sua viagem, contrate-os! Os custos não costumam ser tão diferentes, e o extra pode ser bastante vantajoso.

Quanto tempo antes devo contratar o seguro?

Não existe um prazo certo de antecedência para que seja feita a contratação do seguro. Caso deseje, ela pode ser feita minutos antes do embarque para o novo país.

Porém, a recomendação é que você faça a adesão à proteção pelo menos com alguns dias de antecedência da sua viagem. Assim, você poderá ficar tranquilo e não será pego de surpresa por nenhum imprevisto.

Caso precise, como posso falar com a seguradora?

É recomendável que você ande com a apólice do seguro para todos os lugares. Primeiro, para comprovar que você possui o documento, o que garante sua entrada nos países da Europa.

Contar com a apólice também é fundamental para que o usuário tenha acesso ao telefone de contato da seguradora.

É interessante, antes de viajar, imprimir o contrato da proteção em duas vias. Uma deve ficar em sua mala ou bolsa de mão, e a segunda você deverá entregar a um ente próximo, que ficará no Brasil. Como seus pais ou cônjuge.

Por precaução, também tenha o contrato em versão digital, no seu smartphone e e-mail. Lembre-se, ainda, de anotar os meios de contato com a seguradora.

Dessa forma, caso algo aconteça, você terá facilidade em acionar a empresa. O mesmo para os seus familiares, que poderão usar o seguro para o caso de internação prolongada do segurado no outro País.

Geralmente, as empresas de seguro disponibilizam uma central de atendimento para os seus segurados. Em vários casos, o atendimento é feito em português, facilitando a resolução de qualquer problema.

Como vou receber o reembolso se o seguro viagem Europa for utilizado?

Cada seguradora possui um procedimento específico para o reembolso de gastos. No geral, é necessário enviar a nota fiscal e outros comprovantes à empresa, para que as despesas sejam ressarcidas o quanto antes ao usuário.

Qual o valor do seguro viagem Europa?

O custo de um seguro varia de acordo com a seguradora, com a duração e motivação da viagem, e com as coberturas contratadas.

Por isso, é fundamental realizar cotação específica ao seu caso, para ter a certeza dos valores que precisarão ser dispendidos.

A seguir, listamos alguns exemplos de custos nas seguradoras. A cotação foi feita para viagens de 30 dias de duração, e cada opção por seguradora possui coberturas diferentes.

Elas devem ser avaliadas individualmente, de acordo com as suas necessidades.

Mondial Travel

  • Europa Standard – a partir de R$ 560;
  • Europa Top – a partir de R$ 714;
  • Europa Prime – a partir de R$ 933.

Ita Seguro Viagem

  • Ita 40 — a partir de R$ 380;
  • Ita 60 — a partir de R$ 245;
  • Ita 150 — a partir de R$ 386.

Global Travel Assistance

  • Euro Assist — a partir de R$ 555;
  • Euro Max — a partir de R$ 574;
  • Full — a partir de R$ 925;
  • Global — a partir de R$ 1.055;
  • Planet — a partir de R$ 1.596.

Agora que você já sabe como funciona o seguro viagem Europa, já pode fazer as suas malas e embarcar sem preocupações. Mas, antes, não esqueça de fazer a cotação para escolher qual dos seguros levar com você.

*A Smartia.com.br não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço pode variar.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *