Como funciona o seguro prestamista

Está pensando em fazer um financiamento e ouviu falar sobre o seguro prestamista, mas não sabe ao certo do que se trata? Não se preocupe, neste artigo explicaremos melhor o que ele é, como funciona e quem pode contratar.

Se você está pensando em contratar um empréstimo ou financiamento, pode ter ouvido falar do seguro prestamista, e ter ficado em dúvida sobre o que é esse serviço.

É possível até que, se já contratou uma dessas modalidades de crédito tenha contratado juntamente esse seguro sem perceber.

O seguro prestamista é um serviço que garante o pagamento do financiamento ou empréstimo em caso de falecimento, invalidez permanente, ou até mesmo demissão involuntária do titular.

O crescimento dessa modalidade de seguro foi muito grande nos últimos anos, se compararmos junho de 2018 com o final de 2003 ele teve um crescimento de 689%.

Apenas no primeiro trimestre de 2019 a procura pela contratação do seguro prestamista cresceu cerca de 25,5%, especialmente no mercado varejista.

Economistas acreditam que essa demanda tenha crescido devido aos altos índices de desemprego que o país vem presenciando.

Esse crescimento mostra que o seguro prestamista está sendo mais procurado, apesar de ainda possuir uma baixa adesão entre os brasileiros.

Ficou curioso? Então veja o nosso artigo que explica sobre ele.

Como funciona o seguro prestamista

O que é o seguro prestamista?

Ele é uma espécie de seguro de vida que se contrata quando se faz um empréstimo ou financiamento, com o objetivo de quitar a sua dívida em caso de falecimento, invalidez ou desemprego.

O valor limite corresponde ao valor que foi emprestado e dessa forma caso alguma coisa aconteça com a pessoa, ela e seus beneficiários ficam livres da dívida e ficam livres de perder algum bem.

O seguro prestamista é muito útil para garantir às empresas que oferecem o crédito que a dívida será paga caso algo pior aconteça, assim como garante ao contratante que nem ele nem seus familiares terão problemas para quitar a dívida do financiamento em situações ruins.

Essa modalidade de seguro possui diferentes tipos de coberturas e pode ser usada em diferentes linhas de crédito também.

No entanto, é importante que, assim como em qualquer outro tipo de seguro contratado, todas as informações estejam claras na apólice.

Como funciona o seguro prestamista?

Ele é um seguro no qual a pessoa terá que fazer um pagamento mensal para garantir as coberturas que cobrem a dívida financiada, caso ocorra algumas das situações presentes na apólice, que impeçam o segurado de continuar pagando o financiamento.

As coberturas podem variar de acordo com o que foi contratado e todos os detalhes devem constar na apólice.

De modo geral, as coberturas incluem morte, invalidez e podem também contemplar desemprego.

É possível também que o seguro prestamista cubra apenas parte do valor do saldo devedor.

É importante dizer que esse tipo de seguro não é obrigatório, mas se você não quer ter dívidas futuras com as quais não seja capaz de arcar, pode contratar e seu valor não costuma ser mais de que 10% da parcela a ser paga.

A contratação é realizada quando se adquire o crédito e a pessoa deve ser informada sobre a adesão e receber todas as orientações.

Geralmente o seguro prestamista é disponibilizado quando existe qualquer operação financeira que envolva crédito.

As situações mais comuns são:

  • Empréstimos realizados em financeiras e bancos;
  • Financiamentos de bens, imóveis, carros, motos etc.;
  • Empréstimo consignado;
  • Consórcios;
  • Cartão de crédito;
  • Cheque especial;
  • Linhas de crédito rural;
  • Financiamento para construções.

Vale dizer também que, o seguro prestamista não é contratado pelo segurado diretamente com uma seguradora que ofereça o serviço.

Como mencionado ele deve ser contratado no momento do financiamento ou empréstimo, diretamente pela empresa que está oferecendo o crédito.

Ou seja, é importante que você escolha uma empresa de crédito que tenha parceria com uma seguradora se quiser contar com esse tipo de serviço e garantir uma maior tranquilidade no futuro.

Isso vale para o financiamento de bens.

Quais são as coberturas oferecidas?

Existem diferentes tipos de coberturas que podem ser contratadas no seguro prestamista, elas podem ser contratadas individualmente e de acordo com a necessidade do segurado, as mais comuns são:

  • Seguro de vida: caso quem contratou o crédito venha a falecer durante o pagamento das parcelas essa serão quitadas pelo seguro. Podem ser pagas todas elas ou apenas parte do débito conforme o que estiver estabelecido na apólice.
  • Seguro Deficiência/Acidente/Saúde: essa situação ocorre quando o segurado não sofre algum acidente que o impossibilite de trabalhar e ter sua renda para continuar pagando as parcelas. Pode haver um número limitado máximo de parcelas a serem pagas pelo seguro.
  • Seguro Desemprego/Seguro de Renda: ele cobre um número limitado de parcelas caso a pessoa perca o seu emprego. O valor será disponibilizado apenas se o desligamento do trabalhador não for por justa causa.
  • Seguro de Propriedade: garante a quitação das parcelas caso a propriedade que é utilizada para pagar o empréstimo sofra algum roubo ou acidente durante a vigência do seguro.

Perguntas frequentes sobre o seguro prestamista

Veja a seguir quais são as perguntas mais frequentes sobre o seguro prestamista entre os clientes:

  1. Qualquer pessoa pode contratar esse seguro?

Teoricamente qualquer pessoa pode contratar o seguro prestamista, no entanto, é comum que algumas instituições definam um limite de idade para o contratante, uma vez que, quanto maior é a idade da pessoa, maiores são os riscos envolvidos.

  1. Se eu contratar um seguro com uma cobertura maior que o valor da dívida, como fica essa diferença?

Se por acaso ocorrer de a cobertura ter um valor maior do que a dívida, a seguradora pagará a instituição financeira o débito restante.

A diferença do valor será paga ao beneficiário ou ao próprio contratante conforme o tipo de sinistro ocorrido.

  1. Tenho um financiamento, como saber se tenho o seguro prestamista?

Essa informação sobre a possibilidade de adesão ao seguro deveria ser passada no momento da contratação do seu financiamento e não pode ser incluída sem que você autorizasse ou tivesse conhecimento.

Se estiver na dúvida se possui esse seguro o mais indicado é verificar na apólice ou entrar em contato com a instituição financeira para obter mais informações.

  1. Como é calculado o valor do seguro prestamista?

Assim como nos demais seguros, o valor do seguro prestamista considera algumas informações para ser calculado.

Geralmente estas são, o valor do financiamento, produto ou empréstimo realizado, o prazo de pagamento desse crédito e a idade do segurado.

Vale mencionar que, quanto mais jovem for o segurado, menor será o valor do seguro prestamista.

No entanto, de uma maneira geral essa contratação não sai cara, já que este tipo de seguro normalmente é feito em grupo

  1. Quem são os beneficiários do segurado nessa modalidade de seguro?

O primeiro beneficiário na contratação de um seguro prestamista é a instituição financeira que promoveu o crédito ao segurado.

Na sequência o segundo benefício é o contratante, ou seja, o próprio segurado e, caso ele morra os beneficiários seguintes serão aqueles indicados na apólice.

  1. Vale a pena contratar um seguro prestamista?

Esse seguro consegue garantir um pouco mais de tranquilidade caso ocorra um sinistro e evita que a pessoa ou seus familiares fiquem com uma dívida que pode ser difícil de pagar.

Ele acaba compensando por quitar as dívidas nos momentos mais difíceis, porém, é preciso avaliar bem o seu custo para que não tenha valor abusivo e realmente possa oferecer um bom custo-benefício.

Depois de conhecer o seguro prestamista, se for fazer um empréstimo ou obter crédito vale a pena levá-lo em consideração.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *