Como funciona o seguro por quilometragem?

O seguro por quilometragem ainda é uma opção nova no Brasil, mas vem se  tornando cada vez mais comum. Saiba mais sobre o serviço no texto!

Contratar um seguro por quilometragem pode ser uma boa opção para quem quer economizar. Por meio dele, o usuário só paga quando usar a proteção.

Ou seja, pelo número de quilômetros que ele rodar com o carro. As seguradoras têm formas
diferentes para controlar esse tráfego. Então, vale a pena pesquisar na hora de contratar.

Mesmo assim, é mais comum que a empresa disponibilize um app ao usuário. Esse app fará a
marcação da quilometragem rodada, para que a cobrança do seguro seja realizada.

Continue lendo o texto e saiba mais sobre o seguro por quilometragem e como ele funciona!

Como funciona o seguro por quilometragem?

Imagem: Pixabay

Compensa contratar um seguro por quilometragem?

Sem dúvida, o principal benefício de ter o seguro auto por quilometragem é a economia que ele pode trazer.

As seguradoras estimam que o consumidor paga, em média, entre 40% a 50% menos em relação a um seguro auto tradicional.

Os valores mais baixos acontecem porque a seguradora entende que, se alguém quer contratar um seguro por quilometragem, é porque o carro é pouco usado.

Afinal, se o veículo for muito usado, esse tipo de seguro pode não valer a pena. Se você paga um valor por quilômetro rodado, ele pode ser muito grande se o carro é usado com frequência.

Então, se o carro é pouco usado, significa que ele tem menos riscos de sinistros. Até porque, o
tempo que ele permanecerá na rua, sujeito a colisões, furtos, roubos e outros problemas será
menor.

Se o carro está menos sujeito a sinistros, a seguradora tem menos chances de ter que arcar com indenização. Logo, suas despesas serão menores, e seu lucro maior.

Como isso é muito interessante para a empresa, ela cobra pouco pelo seguro. Mas, para isso, o veículo vai passar por uma análise de risco. Essa análise avaliará não apenas o uso do veículo, mas também o perfil do motorista.

Quando o condutor é jovem e/ou tem pouco tempo de carteira, ele costuma pagar mais pela
proteção. Isso já que sua pouca experiência ao volante pode favorecer sinistros.

Em todo o caso, como explicado, um seguro por quilometragem costuma ser bem mais em conta do que um seguro comum.

Mas lembre-se: é importante que você use pouco o carro. Se seu uso for muito frequente, o seguro não valerá a pena.

Entenda como funciona o seguro por quilometragem

Agora que você já sabe quando o seguro auto por quilometragem vale a pena, é hora de
apresentarmos como ele funciona.

Existem vários tipos desse seguro. Mas no país, o mais comum e recém-chegado é o seguro pay-per-use.

O sistema pay-per-use é o mais comum hoje, no Brasil e nos Estados Unidos, onde esse tipo de
seguro é mais comum.

Ele significa exatamente “pagar-pelo-uso”. Ou seja, você vai pagar à seguradora um valor
correspondente à distância que trafegar com o carro.

A seguradora define uma taxa fixa, uma mensalidade, de acordo com o perfil de risco do carro e do motorista. Depois, ele vai precisar pagar uma pequena taxa por quilômetro que rodar.

Por exemplo: seu perfil de risco é pequeno. Por isso, sua taxa fixa mensal vai ser de apenas R$ 100,00, enquanto o valor por quilômetro será de R$ 10,00.

Se você andar 10 km por mês, vai pagar apenas R$ 200,00 pelo seguro auto (R$ 100,00 fixo + R$ 100,00 total dos quilômetros dirigidos no mês).

Claro que esse é apenas um exemplo, e os valores do seguro podem variar bastante. Especialmente de acordo com o seu perfil.

Então, o mais interessante é fazer a cotação para o seu carro específico. Assim, você terá a certeza de quanto o seguro vai custar para você.

Como funciona o seguro por quilometragem?

Imagem de StockSnap por Pixabay

Como a quilometragem do carro é contada?

Para marcar a quilometragem rodada, o usuário tem acesso a um app da seguradora. Esse app vai medir a distância rodada e permitir o cálculo dos valores a serem pagos.

Esse aplicativo, dependendo da seguradora, também vai medir aspectos que mostrem o tipo de condução do indivíduo. Como a velocidade de direção, viradas e freadas bruscas, se o motorista usa o celular enquanto dirige etc.

Com essas informações, as seguradoras costumam garantir um percentual de desconto ao usuário. Isso, claro, caso os dados mostrem a prudência do motorista.

Então, o seguro por quilometragem é uma opção interessante ao seu carro e perfil? Na hora de contratar sua proteção, não esqueça de pesquisar bastante.

Principalmente: compare o seguro por quilometragem com o tradicional. Assim, você terá mais certeza de qual é o mais vantajoso ao seu caso.

Além disso, contrate uma seguradora que possui registro na SUSEP, a fim de evitar possíveis dor de cabeça futura.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *