Saiba tudo sobre o seguro para tablets

Nos dias atuais é fundamental se preocupar com a proteção de bens como eletrônicos portáteis. Se você está à procura desse tipo de serviço, precisa conhecer melhor o seguro para tablets.

É possível encontrar no mercado atual, uma vasta gama de espécies de seguros, desde os já conhecidos, seguro de vida, casa e carro, até seguro para aparelhos eletrônicos e portáteis.

Um bom exemplo desse tipo de serviço é o seguro para tablets, que protege contra diversas situações e pode ser extremamente útil nos dias atuais, onde as taxas de furto e roubo de equipamentos eletrônicos como tablets e celulares são astronômicas.

Para se ter uma noção da gravidade da situação, o Brasil está entre os primeiros colocados no ranking de roubos e perdas de dispositivos móveis, de acordo com uma pesquisa feita pela F-Secure.

O risco de roubo qualificado coloca a prova a segurança do equipamento e também do proprietário.

Foi por isso que as seguradoras começaram a criar novos produtos, pensando no público que utiliza aparelhos eletrônicos diariamente.

Assim, pelo menos o dano material pode ser amenizado.

No entanto, um dos principais motivos para a colocação do Brasil no estudo é a distração apresentada pelos brasileiros, que acabam por esquecer seus aparelhos ou os deixam em locais vulneráveis e de fácil ação do ladrão.

No entanto, vale lembrar que essa é uma situação que não está coberta pelo seguro.

Se você está pensando em proteger seu equipamento e, deseja obter mais informações a respeito das possibilidades desse tipo de serviço, acompanhe esse artigo e saiba tudo sobre o seguro para tablets.

Saiba tudo sobre o seguro para tablets

Imagem: Getty Images

O que é e como funciona o seguro para tablets?

Os tablets, por apresentarem diversas vantagens, acabaram caindo no gosto do consumidor.

Uma prova disso é que é esperado um crescimento cada vez maior das vendas desses aparelhos no país.

Isso porque, eles podem apresentar mais funções do que os celulares, e serem mais fáceis de carregar do que os notebooks.

O seguro para tablets se enquadra dentro de uma nova categoria de serviços desse setor, que oferece proteção para aparelhos eletrônicos portáteis dos mais variados tipos.

Esse tipo de proteção pode ser contratado por pessoas físicas, que utilizam esse tipo de equipamento com frequência, seja em casa, na rua ou no trabalho.

E também, para pessoas jurídicas, como as empresas que fornecem tablets para seus funcionários.

No segundo caso é possível proteger vários equipamentos em uma mesma apólice.

De modo geral, o seguro para tablets oferece proteção contra avarias físicas, promovidas por acidentes, quedas do equipamento, incêndio, colisões de trânsito, raios, avarias elétricas e furto e roubo (crimes qualificados).

Algumas seguradoras oferecem coberturas adicionais como a proteção contra avarias causadas por líquidos (como quedas em piscinas) ou água e proteção internacional, que pode ser bastante útil para quem costuma viajar bastante.

O seguro para tablets pode ser contratado com um corretor de seguros ou diretamente em uma seguradora.

Muitas empresas oferecem esse tipo de serviço online, o que facilita muito na hora de realizar orçamentos e tirar dúvidas.

As apólices do seguro para tablets possuem vigência de um ano e podem ser contratadas para qualquer tipo e marca de tablet, contanto que o aparelho tenha no máximo quatro anos de uso.

Vale mencionar que este tipo de serviço não possui um prazo de carência, ou seja, a cobertura do seguro começa a valer já às 24 horas do dia da assinatura do contrato do seguro.

Como fazer para contratar o seguro para tablets?

Se você deseja contratar esse tipo de proteção para seus equipamentos, sendo pessoa física ou jurídica, o primeiro passo que você deve tomar é realizar uma pesquisa completa em todas as seguradoras possíveis.

Faça o maior número de orçamentos, analise as coberturas adicionais, os benefícios, valores e tire todas as suas dúvidas em relação ao serviço.

Procure pesquisar também informações sobre a seriedade das empresas e corretores envolvidos nesse processo.

Quanto maior e mais completa for a sua pesquisa, mais fácil será fazer uma escolha assertiva.

Depois de pesquisar bem, e escolher a empresa, separe os documentos necessários para a aquisição da prestação de serviço.

Além de seus documentos pessoais, ou aqueles referentes à empresa (em caso de pessoa jurídica) é preciso que você tenha em mão a nota fiscal dos equipamentos que serão protegidos na apólice.

O seguro para tablets possui benefícios?

Na maior parte das empresas de seguro é possível sim contar com excelentes benefícios.

Na contratação do seguro para tablets, entre as opções de serviços, a que mais merece ser comentada é o Help Desk.

Um serviço que atende o segurado em caso de problemas eletrônicos, não só com o tablet, mas também com computadores, notebooks, televisores, videogames, celulares e mais.

Além disso, as seguradoras também oferecem auxílio na realização do descarte ecologicamente correto de aparelhos eletrônicos.

Um grande benefício que o seguro para equipamentos portáteis eletrônicos possui é que nele a cobertura cobre situações em que o aparelho não está no poder do segurado.

Ou seja, se ocorrer algum problema com o aparelho enquanto algum amigo ou familiar estiver utilizando, o seguro cobrirá, o que não ocorre no caso dos veículos, por exemplo.

Fique atento aos riscos excluídos

Assim como todos os tipos de serviço de proteção, o seguro para tablets também conta com uma lista de riscos excluídos, isso significa que, existem uma série de situações que não são atendidas pelo seguro.

De modo geral, essas são:

  • Furto simplificado, extravio ou desaparecimento inexplicável do equipamento;
  • Tombos, arranhões e amassados que não sejam decorrentes dos sinistros cobertos;
  • Apropriação, roubo, furto, extorsão ou qualquer outro tipo de subtração, ou crime cometido em relação ao equipamento, por funcionários ou contratados da empresa segurada;
  • Avarias e curtos elétricos causados por sobrecargas, oscilações de energia ou questões similares;
  • Descuido no uso do equipamento e/ou uso inadequado do produto segurado.

Como funcionam as indenizações e a franquia do seguro para tablets?

Nos casos de avarias que necessitem de reparos, as indenizações possuem um valor limite, que será definido no momento da contratação do serviço e deverá estar discriminado de maneira clara na apólice.

Isso significa que você poderá solicitar reparos e indenizações, no período de um ano (tempo de vigência do contrato), até que esse valor seja atingido.

Já para os casos de furto ou roubo (qualificados) é possível solicitar a reposição do bem segurado, ou o valor da indenização em dinheiro, apenas uma vez, durante o período do contrato.

Sobre a franquia, é preciso dizer que, sendo uma apólice de pessoa física ou jurídica, sempre haverá a necessidade de arcar com o valor da franquia, quando o seguro for acionado por causa de um sinistro.

Geralmente, as seguradoras cobram uma franquia referente à 25% do valor de compra do aparelho protegido.

Mas essa margem varia de uma empresa para outra.

Portanto, esteja atento também a esse detalhe durante sua pesquisa para contratar o serviço.

Quais documentos é necessário apresentar no momento da contratação do seguro?

Quando contratar o seguro (e até mesmo para fazer a cotação), é preciso dizer qual a marca, o modelo e o número de série do aparelho.

Além disso, é preciso entregar uma cópia da nota fiscal do equipamento.

Se a nota fiscal não estiver no nome do cliente que deseja contratar o seguro, também deve ser feita e apresentada uma carta de doação, ou outro documento que comprove a aquisição por parte do segurado.

Seguro para tablets comprados fora do Brasil

Como esses aparelhos são caros e são amplamente vendidos no exterior por preços mais acessíveis, é muito comum que os brasileiros aproveitem as viagens para comprar um tablet.

Nessa situação, o seguro pode acontecer da mesma maneira, mudando apenas os documentos que devem ser apresentados no momento da contratação.

A nota fiscal deve ser do país de origem da compra.

Contudo, se a nota estiver em algum idioma que não seja o inglês, será necessária uma tradução simples do documento, contendo as especificações (marca, modelo e número de série).

A cotação do seguro será realizada com o valor do aparelho equivalente no mercado brasileiro.

Esse valor constará no campo “Valor da Nota Fiscal”.

Por que contar com um seguro para tablets?

Esse tipo de equipamento não é barato e, além de serem muito visados por bandidos, também são eletrônicos altamente sensíveis.

Se possui um tablet de uso pessoal ou profissional, ou fornecem eles para que seus funcionários trabalhem, é interessante contar com uma proteção.

Ninguém quer correr o risco de ter altos prejuízos e perder investimentos tão importantes.

Para evitar esse tipo de problema o mais indicado é realmente que se pesquise bastante, e contrate um seguro com uma empresa responsável.

Não se esqueça de verificar os registros profissionais, junto a SUSEP, órgão responsável por cuidar deste setor, da seguradora ou corretor de seguros.

Vale a pena também verificar o grau de satisfação dos atuais clientes dessas empresas, no site do Reclame Aqui.

Fazendo isso, você terá mais tranquilidade ao contratar o serviço.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *