Seguro de vida para motoboy

O seguro de vida para motoboy oferece cobertura para casos de morte e acidentes.

A pandemia fez com que o número de entregas aumentasse. Os serviços de delivery dispararam e com isso o número de entregadores.

O seguro de vida para motoboy passou a ser mais procurado, já que eles estão constantemente em risco.

Para se ter uma ideia, apenas de janeiro a julho de 2021, foram 71.344 acidentes com motociclistas registrados. Isso representa um aumento em relação aos anos anteriores.

Quando o profissional sofre algum acidente, acaba ficando afastado de seu trabalho e perdendo sua renda. Ter um seguro pode ajudar a minimizar os prejuízos.

Seguro de vida para motoboy
Imagem: Pixabay

O seguro de vida para motoboy

Em alguns estados, os trabalhadores registrados em carteira podem receber esse benefício da empresa.

Por exemplo, em São Paulo, a contratante do motoboy disponibiliza um seguro de vida. Ele é oferecido no momento da contratação. Já em outros estados, ele é opcional. A empresa pode ou não disponibilizar o benefício.

A maior questão é para os profissionais autônomos, que realizam o trabalho sem vínculo empregatício. Os que trabalham por conta própria, também podem contratar um seguro de vida para motoboy.

Nesse caso, a pessoa precisa buscar por uma seguradora, avaliar os produtos e fazer a contratação. Ela deverá pagar as mensalidades para usufruir das coberturas caso necessário.

Tanto o seguro oferecido pelas empresas como o contratado pelos profissionais pode ser igual, o que muda é a maneira como é disponibilizado.

O que o seguro de vida para motoboy oferece?

O seguro de vida para motoboy conta basicamente com duas coberturas essenciais.

A de morte natural ou acidental é acionada quando o profissional vem a falecer. Isso pode ser no exercício de sua profissão, por exemplo, em um acidente de trânsito. Já as causas naturais incluem doenças, paradas cardíacas e outras.

A cobertura de invalidez total ou parcial por acidentes é a que impossibilita a pessoa de trabalhar.  Ela pode ficar com uma lesão após sofrer um acidente e ter de ficar afastada por um tempo. Pode ser que a lesão seja irreversível, nesse caso será para sempre.

Além dessas coberturas básicas, o auxílio funeral também está presente em muitas apólices. Em alguns estados, essa deve ser uma cobertura obrigatória disponibilizada pelas empresas. Ajuda a cobrir despesas com o enterro e funeral do profissional.

De acordo com o tipo de cobertura é oferecido um valor para cobrir as despesas. Por exemplo, a de invalidez pode ser de R$ 12 mil, já a de morte é de R$ 25 mil.

Os valores devem seguir os mínimos estipulados em lei quando obrigatórios. As empresas podem contratar um seguro com indenizações de valores maiores.

Já quando é o próprio motoboy que contrata o seu seguro, ele é livre para escolher quais serão os valores das indenizações.

Vale ressaltar que o seguro de vida para motoboy pode ter outras coberturas adicionais. Essas costumam ser oferecidas pelas seguradoras e podem ser adicionadas à proteção. Vale consultar a seguradora para saber quais são elas e se interessam.

Quanto custa o seguro de vida?

O seguro de vida para motoboy costuma ter um valor acessível. Entretanto, depende do que está sendo contratado. Quanto mais coberturas oferecer ou maior for a indenização, o valor tende a subir.

No mercado, é possível encontrar opções que custam a partir de R$ 30,00 por mês. Elas já oferecem uma indenização considerada razoável e que cobre as despesas do trabalhador.

Para quem deseja uma proteção mais completa, precisará desembolsar um pouco mais.

Para que se tenha acesso aos preços, sempre indicamos solicitar uma cotação. Dessa forma terá uma proposta personalizada e a confirmação de preços.

Quais seguradoras oferecem o seguro?

Diversas seguradoras do mercado tem um seguro de vida que inclui a proteção para os motoboys. Entre elas: Porto Seguro, Mapfre, SulAmérica e Capemisa.

Como contratar a proteção?

No caso de a empresa disponibilizar o seguro, ela faz a contratação junto a seguradora e disponibiliza ao funcionário. Esse não possui nenhum custo e terá acesso a apólice para saber o que lhe foi disponibilizado.

Quando o trabalhador não tem esse benefício, faz a contratação por conta própria. Essa pode ser feita com o auxílio de um corretor de forma online ou presencial.

Ele precisa passar quais são suas necessidades para que seja verificado um produto que atenda a demanda. Depois de conferir as opções, basta entregar os documentos exigidos pela seguradora e assinar a apólice.

Ao fazer isso o seguro fica disponibilizado pelo período contratado. O mais comum é que seja válido por um ano. Ele pode ser renovado do final da vigência para que se continue com o benefício.

Um ponto de atenção é manter o pagamento em dia. Em caso de atraso, as coberturas ficam suspensas.

O seguro de vida para motoboy é um serviço acessível e que pode ser bastante útil. Portanto, quem tem essa profissão de risco vale a pena contar com ele.

*Smartia.com.br não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada pessoa.

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *