Seguro de carro por minuto: conheça a opção e economize!

Que tal contratar um seguro de carro por minuto? A opção é nova no mercado e pode ser até 80% mais barata que um seguro auto comum. Saiba tudo o que você precisa no texto!

Muita gente quer um seguro mais barato e, agora, há uma nova opção no mercado.

É o seguro de carro por minuto, regulamentado em agosto de 2019 pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Esse tipo de serviço é oferecido por algumas startups, mas os bancos e seguradoras maiores devem logo aderir ao plano.

Hoje, a principal empresa a oferecer o seguro de carro por minuto é a Onsurance.

A seguradora cobre perda total e parcial, roubo, furto e colisões. As coberturas podem variar por seguradora.

Seu principal atrativo é que o usuário paga apenas quando realmente precisa contar com a proteção do seguro auto.

A seguir, nós apresentamos como este serviço funciona. Acompanhe!

Seguro de carro por minuto: conheça a opção e economize!

Como funciona o seguro auto por minuto?

Pense no seu seguro de carro por minuto como um celular pré-pago.

Com o celular, você gasta créditos apenas quando usa um serviço, como uma ligação, não é mesmo?

É exatamente assim que o seguro auto por minuto funciona: por créditos!

Ao contratar a opção, o usuário baixa um aplicativo.

Então, é preciso adquirir um valor em créditos, normalmente com custo mínimo indicado pela seguradora.

Os créditos ficam depositados no aplicativo da seguradora, disponível para smartphones Android e iOS.

Com o aplicativo instalado, o consumidor precisa ter atenção. Isso porque, o seguro poderá ser “ativado” e “desativado” sempre que necessário.

Basta ativá-lo quando for preciso contar com a proteção, e depois “desligá-lo” assim que o carro não correr mais riscos.

Por exemplo: o seguro precisa ser ativado, pelo aplicativo, quando você sair de casa com o carro.

Porém, com o veículo estacionado na garagem, as chances de ele sofrer um sinistro são quase nulas.

Então, o seguro poderá ser “desligado” durante este período.

Com o seguro de carro por minuto, a atenção é essencial porque os créditos são gastos de acordo com o tempo em que ele permanece ativado.

Assim, se a proteção continuar “ligada” sem necessidade, os valores acumulados no aplicativo serão desperdiçados.

Além disso, vale dizer que o carro só fica segurado quando o usuário ativa o seguro pelo aplicativo.

Caso se esqueça de ligar a proteção e o carro sofra um sinistro, o consumidor não poderá contar com a cobertura da seguradora.

Os créditos inseridos no aplicativo não têm prazo de validade.

É possível acompanhar os valores disponíveis e gastos na tela do aplicativo.

Assim, se necessário, o usuário pode recarregar o seguro, inserindo mais créditos para proteção.

Quanto custa o seguro de carro por minuto?

O custo de um seguro auto por minuto é, aproximadamente, 50% mais barato do que um seguro anual.

Quando o veículo é pouco usado, a diferença pode ser ainda maior, com desconto de 80% se comparado a uma proteção tradicional.

Na hora de cotar a proteção, a seguradora responsável considera as características do carro.

Seu modelo, ano de fabricação e mais. Ou seja, os valores variam muito.

Ainda assim, é possível ter uma noção média.

Normalmente, um carro de R$ 30 mil tem proteção com custo de 1 centavo a cada 2 minutos.

Em todo o caso, como em um seguro comum, o risco de sinistro do carro afeta diretamente o custo do seguro.

Buscando calcular o risco do veículo, a seguradora avalia padrões de condução do auto.

Para isso, o carro recebe um aparelho de telemetria. Ou seja, um dispositivo que registra dados da direção e estabelece padrões.

Isso significa que, se o motorista coloca o carro em situações de risco, os custos do seguro se tornam maiores. Como?

Com o consumo mais rápido dos créditos do aplicativo.

Logo, em vez de custar um centavo a cada dois minutos, a proteção pode passar a custar um centavo a cada um minuto, por exemplo.

Os valores podem variar de acordo com a velocidade do veículo, a frequência de uso e mais.

Os custos também podem “voltar ao normal” se o condutor reassumir um padrão de direção prudente.

A instalação do dispositivo de telemetria é um pré-requisito para a contratar do seguro de carro por minuto.

Sua manutenção tem custo mensal, que é descontado dos créditos do segurado.

Todos os valores e regras ficam estabelecidas na apólice de seguro do veículo.

Outros seguros por tempo limitado

Além do seguro por minuto, a Susep também regulamentou outros tipos de seguros personalizados.

São eles: o por meses, dias, horas, para viagens e trechos. Todos eles têm contratos reduzidos, que diminuem o custo do usuário.

As seguradoras Youse e Thinkseg são algumas das que oferecem os seguros mensais.

As novas possibilidades de contratação de um seguro foram regulamentadas pela Circular 592 da SUSEP.

Antes disso, a Superintendência determinava 1 ano como o tempo mínimo de contratação para o seguro do carro.

A mudança busca atender a uma demanda do mercado, e também acompanhar o que já é feito em outros países.

Para a Susep, os novos tipos de seguro podem incentivar a contratação da proteção e aumentar a taxa de veículos segurados no Brasil.

Hoje, a estimativa é que apenas 30% dos autos que circulam no País contam com um seguro de carro.

Vale ressaltar que, após a solicitação da cotação, a seguradora tem até 15 dias para aceitar ou se recusar a cobrir o carro.

A emissão da apólice e cobertura completa do carro também não deverão demorar mais do que 15 dias para serem iniciadas.

Vale a pena contratar um seguro auto por minuto?

Para contratar um seguro de carro por minuto, mensal ou outro, é necessário acessar o site das empresas que oferecem as opções.

Online, o usuário consegue cotar o serviço, personalizando-o, ou já contratar o seguro pré-definido.

Na hora da contratação, é importante ter a certeza de que a seguradora é credenciada pela Susep.

Apenas as empresas autorizadas pelo órgão podem comercializar seguros no Brasil.

Também vale a pena conversar com um especialista.

Seja ele da própria seguradora por minuto, ou um corretor de confiança.

Às vezes, o seguro por tempo específico pode não se mostrar interessante.

É o caso, por exemplo, de quem usa o carro o tempo todo, o expondo a riscos constantes.

Nessas situações, é possível que a ativação constante do seguro acabe por consumir os créditos da opção muito rapidamente.

Com o tempo, o que poderia promover economia, pode custar mais do que o esperado.

Então, na sua conversa com um especialista, tenha a certeza de avaliar todos os pontos.

Quais as suas necessidades? Com que frequência o carro é utilizado?

Mais cuidados para contratar o seguro auto

Se você anda pensando em contratar um seguro auto, vai precisar tomar outros cuidados.

Como o de comparar os prós e contras de todas as opções.

Por exemplo: o seguro de carro por minuto não considera o perfil do motorista, mas o seguro anual sim.

Porém, o primeiro avalia seu modo de direção, o que pode contribuir para o aumento dos custos.

Sem contar que é preciso definir a cobertura ideal para o veículo.

O melhor é deixá-lo o mais protegido possível, para que o sinistro seja sempre coberto pela seguradora.

Ainda será preciso avaliar a franquia do seguro. Ou seja, o custo de responsabilidade do usuário após um sinistro parcial.

Tenha a certeza de que o valor caberá no orçamento caso haja alguma ocorrência.

Com cuidados assim, será mais simples definir se o seguro de carro por minuto é mesmo o mais vantajoso para o seu auto.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *