Seguro auto para viagem

Compartilhe em suas redes:

Vai aproveitar um dos muitos feriados desse ano de 2018 para viajar? Então você precisa saber como o seguro auto para viagem funciona. Descubra aqui tudo o que é preciso saber sobre este serviço.

O ano de 2018 está repleto de feriados prolongados, e em breve chegará a época de férias escolares, duas situações onde os brasileiros costumam viajar mais de carro. No entanto, fazer viagens de carro, especialmente se o destino for uma cidade do Mercosul, sem contar com um seguro auto para viagem pode não ser uma boa ideia.

As regras de trânsito, assim como os costumes são diferentes nos países que fazem fronteira com o Brasil, e é necessário contar com uma garantia caso algo aconteça em sua viagem. Logo, vale muito a pena entender melhor como o seguro auto para viagem funciona e como fazer para contratá-lo, acompanhe e descubra mais sobre o assunto.

Seguro auto para viagem

Como o seguro auto para viagem funciona?

Algumas coberturas de seguro abrangem todo o território brasileiro, nesses casos não há necessidade de procurar com uma proteção para viagens, se sua viagem for dentro do território nacional. A única coisa que vale a pena pesquisar é o endereço da filial da sua seguradora na cidade em que irá visitar. Assim, se você tiver algum problema com o seu veículo ficará mais fácil resolvê-lo.

Mas, se a intenção for viajar para uma das cidades do Mercosul, é prudente contar com um seguro auto para viagem. Além claro de fazer a contratação do seguro internacional obrigatório conhecido como ‘Carta Verde’, que funciona apenas como uma cobertura para terceiros.

Contratando um seguro auto para viagens, você poderá se proteger também, garantindo que qualquer dano causado ao seu veículo seja ressarcido. Afinal, você pode estar muito mais sujeito a sofrer um sinistro em uma viagem do que à circular na cidade onde reside.

Como contratar o seguro auto viagem internacional

Essa cobertura é oferecida na maioria das empresas de seguro, logo, se você já conta com um seguro auto, basta contatar seu corretor e pedir informações sobre a contratação da ‘Carta Verde’.

Se você não tem um seguro de automóvel, mas, não quer arriscar conhecer uma das cidades do Mercosul sem uma proteção, você pode fazer uma pesquisa entre as empresas de seguro de grande porte, ou mesmo as menores, mas, confiáveis e ver qual delas oferece os melhores custos.

Como funcionam as indenizações no seguro auto para viagem carta verde?

Diferentemente dos seguros contratados para o território brasileiro, o Carta Verde não pode contar com indenizações para terceiros definidos pelo contratante. Ele possui alguns valores, em dólares americanos, que são considerados mínimos obrigatórios. Veja quais são:

  • US$ 40 mil por pessoa lesada no acidente: esse valor compreende danos corporais, despesas médicas e/ou hospitalares, invalidez ou morte;
  • US$ 20 mil por veículo de terceiro: valor referente a danos materiais;
  • Quando ocorre mais de uma reclamação para o mesmo acidente os limites podem ser maiores:
    • US$ 200 mil de cobertura para danos corporais
    • US$ 40 mil de cobertura para danos materiais.

É preciso lembrar que, honorários advocatícios e demais despesas realizadas na defesa do segurado não estão cobertas nos valores citados acima. Essas despesas podem contar apenas com um limite máximo de 50% do valor pago nas indenizações.

Em quais situações esse seguro internacional não possui cobertura?

Além de se tratar de um seguro auto para viagem que protege apenas terceiros, o Carta Verde ainda conta com algumas situações que não são cobertas. Veja quais são os riscos excluídos das apólices da maioria das empresas de seguro:

  • Veículo conduzido por uma pessoa embriagada ou sob influência de droga, que cause efeito desinibidor, alucinógeno ou sonífero;
  • Veículo conduzido, ou colocado em movimento, por uma pessoa sem carteira de habilitação compatível com a categoria do carro, e dentro da validade;
  • Veículo em poder de terceiros, mais precisamente no caso de roubo/furto;
  • Danos emergentes ou lucros cessantes sem resultados diretos ou indiretos de responsabilidade por danos corporais e materiais vigentes na apólice;
  • Veículo sob apropriação indébita;
  • Veículo participando em competições e/ou apostas de velocidade;
  • Danos causados aos familiares, funcionários e/ou qualquer outra pessoa que resida ou dependa do segurado;
  • Quando o acidente acontecer devido, distração ou não obediências das regras de trânsito locais;
  • Danos que promovam contaminação e/ou poluição do meio ambiente. 

Como dar andamento no sinistro em outro país?

Todas as seguradoras que oferecem a cobertura de seguro auto para viagem, chamado ‘Carta Verde’, devem possuir um convênio com empresas de seguro das cidades do Mercosul. Por isso, no caso de um sinistro ocorrido em outro país, é preciso que você também contate seu corretor e peça orientações mais detalhadas de como proceder com o acionamento do seguro no país que está visitando.

E o seguro auto para viagem? Como posso contratar?

São raros, mas existem seguradoras que oferecem coberturas de seguro mais baratas que não contam com a abrangência nacional. Nesse caso, se você for cliente de uma dessas coberturas, basta entrar procurar seu contador e se informar sobre preços e condições da contratação do serviço.

No entanto, se você é uma das pessoas ainda não dispõem de condições para arcar com um seguro auto, e não querem arriscar em uma viagem em território brasileiro, sem contar com uma proteção. Você pode adquirir um seguro auto para viagem. Basta pesquisar entre as empresas que oferecem esse serviço, até que encontre um valor e serviços que sejam do seu agrado.

Aproveitar um dos feriados prolongados para conhecer uma das cidades do Mercosul, com seu carro, pode ser uma ideia excelente, mas, é preciso contratar o seguro auto chamado ‘Carta Verde’. Assim como nos casos de pessoas que não possuem seguro auto, é interessante contratar uma proteção especial. Esse é o tipo de investimento que vale a pena, que lhe promoverá muito mais tranquilidade, permitindo que você aproveite mais sua viagem. Portanto, se você está planejando em realizar uma viagem nos próximos meses, comece hoje mesmo a pesquisar sobre essas coberturas de seguro e fique tranquilo em relação a esse assunto.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *