12 dicas para saber se é hora de trocar de carro

| Autor: Jeniffer Elaina

Saber a hora de trocar de carro é uma decisão tão difícil quanto qualquer outra que envolva investimentos de recursos. Por isso, criamos esse artigo com 12 dicas para saber quando é a hora de trocar de carro. Descubra quais são elas.

Algumas pessoas trocam de carro todos os anos, outras, acabam levando muito mais tempo do que o ideal para fazer a substituição do veículo. A verdade, é que, encontrar a melhor hora de trocar de carro não é fácil para ninguém.

Existem muitos fatores que devem ser considerados na escolha desse momento.  E acredite, nenhum deles estipula um prazo fixo para que a substituição do carro seja feita. Por isso, trouxemos algumas dicas para facilitar a escolha desse momento. Saiba mais sobre o assunto.

12 dicas para saber se é hora de trocar de carro

Imagem: Getty

Conheça as 12 dicas para saber quando é a hora de trocar de carro

Para descobrir qual a melhor hora de trocar de carro, é fundamental considerar algumas situações, como:

  1. Custo da manutenção

Um dos principais fatores a ser considerado para escolher a melhor hora de trocar de carro, são os valores com a manutenção básica dele. Quando esses atingem ou mesmo ultrapassam um valor de 10% do custo de venda do seu carro, é sinal que está chegando a hora de trocá-lo. Para saber se você já atingiu essa margem, considere utilizar a tabela Fipe, por exemplo. Mas, lembre-se que ela não considera detalhes como itens de série, se você estiver procurando por informação mais precisa, procure o valor do seu carro na tabela Molicar, que considera mais fatores para estipular o preço de mercado do veículo.

  1. Número alto de quilometragem

Esse é um dos primeiros itens a ser considerados por motoristas como importantes na hora de trocar de carro. E o motivo dele ser considerado como tal é simples, as revisões programadas ficam mais caras, conforme o carro roda mais quilômetros. Por isso, muitas pessoas usam esse como um dos critérios mais importantes para decidir vender o carro. É comum que esse pensamento de troca surja com a proximidade dos 100 mil km rodados. Pois, é exatamente nesse período que as revisões e manutenção se tornam mais altas.

  1. Visitas constantes ao mecânico

Outro claro sinal de que está na hora de trocar de carro é a necessidade de reparos constantes, ou o excesso de visitas ao mecânico. Se seu carro apresenta problemas constantemente, considere pensar em trocá-lo por um mais novo que não dê tantos gastos com consertos.

  1. Término da garantia de fábrica

Atualmente as montadoras oferecem garantias que variam entre três e cinco anos. Passado esse período, todos os consertos e/ou reparos e manutenções a serem feitas no carro, passam a ser responsabilidade financeira única do proprietário. E por vezes, essas necessidades se tornam altas demais. Portanto, essa pode ser uma boa hora de trocar de carro.

  1. Mudanças das necessidades do condutor

Às vezes, não existe a necessidade de esperar o carro se tornar um peso no seu orçamento, ou comece a causar muitos problemas, para que ele seja trocado. Algumas situações podem fazer com que ele não seja mais adequado as suas necessidades, e se isso acontecer, considere a hora de trocar de carro. Pode ser um crescimento na família, com a chegada de um bebê, ou mesmo uma mudança de endereço para um local mais ‘rural’. Não importa, se seu veículo já não é mais tão confortável ou útil considere a troca.

  1. Desvalorização veicular

A partir do momento que saímos com o carro de dentro da concessionária, seu processo de desvalorização se inicia. Muitos modelos, sofrem uma desvalorização de até 20% apenas por saírem da loja, e mais uma perda de 10% no valor de venda no ano seguinte. Essa margem começa a se estabilizar no terceiro ano, mas, vale dizer que quanto maior for o nível de desvalorização, mais indicado é que o veículo seja trocado.

  1. Sinais do mercado automobilístico

Constantemente as montadoras lançam modelos novos, ou mesmo, versões mais modernas de modelos que já existem. Esse movimento, além de fazer com que os modelos atuais sejam muito desvalorizados. Também proporciona inúmeras promoções e vantagens em comprar um carro novo. Por isso, esses lançamentos podem ser a melhor hora de trocar de carro.

  1. Aumento do seguro de carro

Quanto mais antigo é o veículo segurado, maiores serão os valores pagos na contratação e renovação do seguro do carro. Afinal, esse aumento ocorre devido à dificuldade de encontrar peças de reposição do veículo.

  1. Aparência de carro novo

Muitas pessoas gostam de ter carros com aparência de novos, mesmo que o ideal seja apenas um veículo de boa aparência e que funcione corretamente e de maneira segura. No entanto, se você assim como essas pessoas se importa com a aparência de carro novo, vale a pena dar uma conferida no estado geral do seu carro e trocá-lo.

  1. Aborrecimentos com a montadora

Não importa o motivo, se você comprou um carro de uma montadora e não gostou ou se adaptou ao veículo, troque-o. Dirigir um carro que não lhe agrada ou não atende suas expectativas e necessidades não é aconselhável.

  1. Financiamento com parcelas altas

Muitas vezes assumimos um financiamento longo para a compra de um carro e, existem diferentes situações que podem fazer com que as parcelas contratadas se tornem caras demais. Se este é o seu caso, trocar seu carro por um modelo mais simples pode ser a melhor saída para se livrar de gastos muito altos.

  1. Redução do uso

Outro fator que precisa ser considerado no momento de trocar o carro é o uso. Quando você comprou seu carro, dirigia muito e valia a pena ter um carro mais confortável e com mais acessórios. No entanto, atualmente você não dirige mais como antes e seu carro equipado passa a maior parte do tempo na garagem. Essa pode ser a hora de trocar de carro.

São muitos os fatores que podem influenciar em um bom momento para trocar seu carro. Por isso, o mais indicado é que você avalie com cuidado, cada um dos itens mostrados aqui. Assim, poderá escolher com mais segurança a hora de trocar de carro.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *