O que é a apólice de seguros?

| Autor: Jeniffer Elaina

Documento extenso, com letras pequenininhas e um conteúdo com linguagem bastante formal. A apólice de seguros é o documento que registra o contrato entre seguradora e segurado e, mesmo que não seja uma leitura atrativa, estar consciente de tudo que há nela é simplesmente fundamental.

Isto porque a apólice pontua a aceitação do risco, assim como as coberturas e garantias contratadas para o bem segurado (carro, casa, entre outros).

Ela serve como um título de obrigação civil e financeira, com cláusulas e condições gerais, que descrevem os riscos assumidos, o valor do bem segurado e o prêmio pago se houver algum sinistro, entre outras particularidades do contrato feito.

O segurado deve saber tudo que há em contrato de seguro antes de assiná-lo, para estar ciente dos acordos estabelecidos no mesmo.

Por exemplo, o seguro de carro escolhido por você inclui acidentes envolvendo incêndio do veículo? Ou então, em caso de roubo, você tem direito a carro reserva?

Isto e toda a descrição das coberturas, riscos, garantias e compromissos financeiros do segurado e da seguradora ficam documentados na apólice.

O que é a apólice de seguros?

O que a apólice de seguros aborda?

A apólice de seguros precisa deixar clara a relação entre segurado e seguradora, por isso deve estabelecer os direitos e deveres das partes.

Ele também discrimina quais foram as coberturas contratadas, sejam elas básicas ou adicionais e regras para cada uma delas.

Por exemplo, o seguro contra terceiros deve ter estipulado o valor máximo da indenização.

Outro ponto muito importante é o período de vigência a apólice, isso deve ser descrito informado quando começa a vigorar e a data de término.

Entretanto, podem ter fatores que façam que ela perca a sua validade antes do tempo, como o atraso do pagamento, essas condições também são apresentadas no documento.

Quais os tipos de apólice?

Existem diferentes tipos de apólices de seguro que são utilizadas no mercado. Separamos algumas delas.

Apólice de riscos nomeados – Essa é utilizada quando existe um acordo individualizado entre as partes e fica explicito as obrigações entre direitos e deveres de ambas.

Apólice de recibo – Ela costuma ser usada em seguros temporários e serve como recibo de pagamento. Costuma ser bastante usada em seguros viagem.

Apólice aberta – A apólice aberta permite que sejam feitas alterações nas condições a qualquer momento.

Apólice fechada – Nessa situação após definidas as condições do seguro não é permitida nenhum tipo de mudança, por exemplo, incluir novos motoristas.

Quando se tem acesso a apólice de seguros?

Ao solicitar uma cotação de valores, a pessoa que pesquisou receberá uma proposta com informações detalhadas, entre elas as coberturas que serão inclusas no seguro.

Aceitando as condições, o corretor realiza a adesão ao seguro e a partir de então a seguradora tem o prazo de até 15 dias para emitir a apólice.

Durante esse período o seguro estará vigente.

O que fazer se a apólice estiver errada?

Alterações feitas nas condições de contrato do seguro geram um endosso, ou seja, uma retificação na apólice de seguros.

Para alterar estas condições de cobertura é preciso recorrer à ajuda de um corretor.

Saiba se vale mais fazer um endosso ou um novo contrato de seguros com este outro post, do blog da Smartia Seguros.

Esse endosso pode ser solicitado se ao receber a apólice de seguros perceber que alguma informações está errada ou em casos de mudança.

Se mudar de endereço, incluir mais um condutor e outros, isso levará ao endosso.

Dicionário de seguros

A Smartia disponibiliza em seu site a descrição de alguns dos termos mais utilizados pelas seguradoras.

Saiba mais sobre Apólice, Endosso, entre outros termos, através do Dicionário de Seguros da Smartia.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *