Quando compensa alugar um carro?

Compartilhe em suas redes:

Uma das maiores dúvidas de muitas pessoas é saber quando compensa alugar um carro. Se essa também é a sua, acompanhe esse artigo!

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, as possibilidades de aluguel de bens duráveis vão muito além de apenas imóveis, os aluguéis de carro são um bom exemplo disso. Desde 2008, essa prática vem crescendo no Brasil, e atualmente é possível alugar um carro por um curto ou longo período.

Acompanhe esse artigo e entenda melhor como funcionam as possibilidades de aluguel e quando compensa alugar um carro!

Quando compensa alugar um carro?

Aluguel de carro para períodos curtos

Às vezes, acontecem momentos pontuais em nossas vidas, onde ter um carro ajudaria muito como, por exemplo, viagens, festas ou eventos e passeios. Situações que não são frequentes, e que se tornam mais confortáveis podendo se contar com um veículo.

São nessas situações que o alugar um carro por um período curto compensa. Um exemplo, um parente seu vai se casar em um sítio, e a cerimônia e festa duraram um final de semana. Alugar um carro para poder ir até o evento é muito mais interessante que procurar outros meios de transporte.

Outra possibilidade interessante de aluguel de carro, é para quem está pensando em comprar determinando veículo. Afinal, apenas aquele teste drive de alguns minutos oferecido pelas concessionárias, não é o suficiente para avaliar o desempenho do veículo no dia a dia, no trânsito da cidade ou mesmo na estrada.

Aluguel de carro para períodos longos

Essa é uma prática que vem ganhando cada vez mais adeptos no país, também conhecida como ‘Leasing’, o aluguel de carro por um ou dois anos, pode ser uma boa alternativa para quem não quer se preocupar com despesas fixas e situações que ter um veículo implica.

Esse tipo de serviço costuma ser muito utilizado por pessoas que precisam de um carro com muita frequência, e não possuem tempo, ou mesmo disposição, para se ocupar com situações como manutenção, troca de peças, etc.

Os aluguéis a longo prazo, geralmente são realizados em contratos de um ou dois anos, onde o locatário arca com um pagamento mensal para a empresa, que engloba serviços como IPVA, seguro, licenciamento, etc.

Quanto custa alugar um carro por um período curto?

A primeira coisa que deve ficar clara, mesmo antes de mencionar valores, é que, para alugar um carro é preciso ter um cartão de crédito em seu nome, com um limite que atenda o valor do contrato.

Essa exigência é feita por que, a maioria das empresas de locação de automóveis exigem uma espécie de caução como garantia de que o carro será devolvido no prazo acordado, seja ele, curto ou longo.

Veja alguns valores de uma diária, para uma locação na cidade de São Paulo:

Categoria Modelo Valor
Econômica Fiat Uno ou similar R$ 123,20
Compacto Hyundai HB20, Ford Ka, ou similar R$ 168,69
VW Gol ou similar R$ 124,30
Intermediário Renault Logan, Sandero ou similar R$ 177,70
Standard Citröen Aircross R$ 257,70
Hyundai HB20S R$ 258,70
SUV Jeep Renegade, Renault Duster ou similar R$ 268,70
Ford Ecosport ou similar R$ 310,70
Utilitários Renault kangoo ou similar R$ 294,69
VW Saveiro, Fiat Strada ou similar R$ 258,70
Premium Ford Focus ou similar R$ 305,33
Renault Fluence R$ 321,40
Especial Ford Ranger ou similar R$ 688,70
Mercedes Benz C180 (blindada) R$ 1.586,24

Tabela 1 Pesquisa feita no site RentCars em março de 2018

Como são os valores de um aluguel de carro por um período longo?

Para muitas pessoas o serviço de ‘Leasing’ é muito mais interessante e econômico do que manter um carro como propriedade. Em alguns casos, é possível chegar a uma economia de até 20% no orçamento.

Veja uma comparação de custos de compra e custo de manutenção e aluguel, por um ano, de alguns modelos:

 

Modelo Valor de posse Valor total aluguel Valor mensalidade
Chevrolet Onix 1.4 LT R$ 58.523 R$ 16.680 R$ 1.390
Hyundai HB20S 1.0 Comfort R$ 60.427 R$ 21.480 R$ 1.790
Toyota Etios 1.3 X R$ 59.010 R$ 18.600 R$ 1.550
Ford EcoSport 1.6 Freestyle R$ 96.827 R$ 28.680 R$ 2.390

Tabela 2 Revista Exame

Lembrando que os gastos referentes ao ‘valor de posse’ incluem compra do veículo, IPVA, Seguro e depreciação.

A Smartia.com.br, não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço pode variar conforme o perfil de cada motorista.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *