Como posso proteger minha moto gastando pouco?

Proteger a moto gastando pouco é uma realidade que pode ser conseguida com medidas simples. Algumas delas não exigem nenhum tipo de investimento.

Não importa se usa a moto para trabalho ou lazer, a intenção sempre será deixá-la protegida.

Quem busca por esse tipo de veículo mais econômico, acaba tendo outra preocupação, como proteger a moto gastando pouco.

A todo momento se está exposto a riscos como colisões, roubos e furtos. Entretanto, nem sempre se tem muito dinheiro para investir em prevenção.

A boa notícia é que com pouco é possível proteger a moto sem afetar o orçamento. Veja o que pode ser feito.

Como posso proteger minha moto gastando pouco?

Imagem: Pixabay

Como proteger minha moto gastando pouco?

Tenha cuidado ao pilotar

Uma forma de evitar problemas é se atentando enquanto pilota. Não entre em ruas com pouco movimento ou locais considerados inseguros. Sempre prefira as vias principais e movimentadas.

Os horários de circulação também devem ser pensados. A noite quando existe pouco movimento nas ruas, as chances de abordagem são maiores.

Sempre esteja atento a tudo o que acontece à sua volta. Antes de ir até a moto veja quem são as pessoas que estão em volta. Ao parar no semáforo, veja o que acontece ao redor para não facilitar.

Use correntes, cadeados e travas

Essa é uma forma simples e barata de evitar que a moto seja levada. Apesar de parecer um método ultrapassado funciona bem.

Os bandidos procuram facilidades na hora de roubar e uma trava pode ser um problema para eles.

Ter de arrebentar uma trava ou qualquer outro objeto que impeça a movimentação da roda é um problema. Eles podem ser pegos enquanto fazem o movimento, por isso, acabam evitando essas situações.

Contrate um seguro

O seguro não evita que o roubo ou que a colisão aconteça, mas ajuda a minimizar os prejuízos. Além disso, traz tranquilidade e algumas facilidades.

Existem diferentes opções de seguros, os mais básicos que protegem contra roubo e furto e outros mais completos.

Vale a pena analisar as opções e os preços para encontrar um que atenda as necessidades e caiba no bolso. Pesquise em diferentes seguradoras para achar um mais adequado.

Use um rastreador

Com o rastreador consegue localizar a moto rapidamente caso ela seja levada. Esse equipamento tem um custo acessível e se paga por mês para ter uma empresa auxiliando com o monitoramento.

Caso o veículo seja levado é possível saber a sua localização, acionar a polícia e aumentar as chances de recuperação. Além disso, o rastreador de moto ajuda a proteger a moto gastando pouco e inibe a ação dos bandidos.

Instale um alarme

O alarme é mais uma forma de inibir os bandidos. Quando ele toca, seu sinal sonoro acaba chamando a atenção para a movimentação.

Em alguns casos, pode ter junto um dispositivo que bloqueia a ignição. Dessa forma, além de chamar a atenção, evita que ela seja levada para longe.

É preciso ter cuidado com a instalação. Ela deve ser feita em casas especializadas para que não afete o funcionamento da moto.

Não deixe as chaves na ignição

Nunca deixe a chave na ignição, mesmo que seja uma parada rápida. Se descer da moto na calçada para ir pegar algo em uma loja em frente, leve a chave junto.

Qualquer pequeno deslize pode facilitar um roubo, afinal, os bandidos ficam à espreita por qualquer facilidade.

Sempre que sair da moto tenha isso em mente. Se afastou da moto um metro, tenha a chave com você.

Cuidado ao estacionar

A mesma atenção que se tem ao pilotar, se deve ter ao estacionar. Devem ser evitados locais com pouco movimento, eles são grandes facilitadores para os bandidos.

Se possível sempre estacione em estacionamentos particulares ou em locais onde existe alguma fiscalização.

Em caso, a atenção também deve continuar. Se certifique que o portão está trancado e não é fácil de abrir.

Proteger a moto gastando pouco

A maioria das dicas para proteger a moto gastando pouco, não possuem custo. Muitas delas estão relacionadas às atitudes que se deve ter para evitar roubos e furtos. Boa parte dos cuidados estão relacionados a atenção, isso não afetará o seu bolso.

As demais medidas como instalar um alarme ou comprar uma trava, terá um custo único. Dessa forma, é possível se planejar para que não pese no orçamento.

Já o seguro e o rastreador terão um custo mensal. Apesar disso, os valores costumam ser baixos e cabem no bolso.

Proteger a moto gastando pouco é possível. As medidas devem ser vistas como um investimento, pois trarão mais tranquilidade e evitarão os prejuízos que poderiam acontecer com um roubo.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.