Qual o preço do seguro para motos

| Autor: Jeniffer Elaina

Quando se fala do preço do seguro para motos há pessoas que pensam que será preciso gastar muito dinheiro para ter essa proteção e acabam desistindo dela. Outras já acham que é necessária e a vem como um investimento.

Há também quem pense apenas no seguro obrigatório, o DPVAT que atualmente custa R$ 12,30.

Só que nesse último caso vale lembrar que a moto em si não estará protegida, o que costuma ser o principal objetivo dos proprietários do veículo.

Então, nesse caso precisamos nos atentar aos seguros que são comercializados pelas seguradoras e que protegem o veículo e em alguns casos podem oferecer proteção contra terceiros.

É aí que surgem as principais dúvidas e preocupação com os valores, mas, antes de pensar em excluir esse produto das suas aquisições é preciso entender que ele traz benefícios como reduzir as perdas financeiras em caso de acidentes e roubos.

Para entender melhor quais são as proteções que um seguro para motocicletas oferece veja quais são as coberturas disponíveis.

Qual o preço do seguro para motos

Quais as coberturas do seguro para motos?

As coberturas podem variar de acordo com o que cada pessoa contrata.

Para quem busca um seguro mais simples pode contratar o que cobre apenas roubo e furto e, nesse caso se ocorrer um sinistro envolvendo essas situações a pessoa poderá ser ressarcida pelo bem.

Esse tipo de seguro é mais restritivo, por isso costuma ter um valor mais acessível, o seu preço costuma variar entre 20% e 30% do valor do bem.

Para quem busca uma proteção um pouco mais completa e que envolve outra situação pode contar com um seguro que protege contra roubo, furto, colisão e explosão, o chamado seguro tradicional.

Por ser um pouco mais abrangente costuma ter um valor um pouco, maior, nesse caso a variação chega a ser de 30% a 40% do preço do bem.

Existem as chamadas coberturas adicionais, essas podem ser incluídas no seguro tradicional conforme o segurado achar necessário.

Uma delas é a proteção contra terceiros que indeniza outros envolvidos em acidentes que sejam provocados pelo segurado.

O valor das indenizações varia, mas, em média ficam entre 20 mil e 50 mil.

Um serviço que costuma ser oferecido na contratação do seguro seja ele tradicional ou contra roubo e furto é a assistência 24 horas.

Ele costuma disponibilizar guincho, troca de pneus, socorro mecânico e outros conforme o que cada seguradora oferta.

É possível combinar o seguro para motos com rastreador?

Muita gente busca intensificar a proteção da moto e a grande preocupação acaba sendo com os roubos.

O seguro cobre despesas quando essa situação acontece, entretanto, não garante que o veículo seja recuperado.

Ao instalar um rastreador para motos é possível garantir uma maior cobertura.

Isso significa que a moto poderá ser rastreada, mesmo após ser levada por bandidos, o que aumenta as chances de ser encontrada.

A boa notícia é que se pode combinar o rastreador com o seguro. Enquanto o primeiro ajuda na localização, o segundo garante a indexação caso não haja a localização.

Além disso, quem possui rastreador costuma pagar um pouco menos no seguro porque os riscos diminuem, sendo esses um dos critérios utilizados na formação de preços.

Como é calculado o preço do seguro para motos?

Para saber o preço do seguro é preciso levar diferentes fatores em consideração. Entenda quais são eles.

Tipo do seguro: como já falamos acima de acordo com as coberturas contratadas se paga um valor pelo serviço.

Rastreador: motos que possuem um equipamento de rastreamento tem uma chance maior de serem encontradas se forem roubadas. Isso contribui para que haja uma diminuição no preço.

Idade do condutor: quanto mais jovem o condutor, maior será o risco de ocorrer um sinistro devido à falta de experiência na direção.

Tempo de habilitação: esse é outro fator considerado que pesa na experiência. Quem tem a habilitação há mais tempo costuma pagar menos.

Histórico do piloto: não adianta ter a habilitação há muito tempo e nem uma idade elevada se o piloto se envolve frequentemente em acidentes e possui multas. Os hábitos de direção também são considerados.

Localização: conforme o local de residência e circulação o preço varia. Isso acontece porque alguns são considerados mais perigosos, com um alto índice de sinistralidade.

Modelo: os modelos mais roubados tem um preço do seguro para moto mais elevados para compensar os riscos elevados.

Cilindradas: quanto maior a cilindrada, mais chances da pessoa acelerar e se envolver em um acidente.

Motos sofisticadas: aqueles motos que são usadas apenas em eventos importantes ou apenas para lazer, costumam rodar menos e receber uma grande atenção dos donos. Se comparado as motos populares e usadas no cotidiano elas têm um seguro de menor custo.

Depois de analisar esses e outros fatores as seguradoras conseguem traçar o risco que cada motorista apresenta conforme o modelo da moto.

Com base nisso é que se estabelece o preço do seguro.

Cada seguradora pode usar uma fórmula diferente para fazer esse cálculo, por isso, é bastante comum encontrar cotações diferentes para as mesmas coberturas oferecidas.

Vale a pena ter um seguro para motos?

Muito proprietário de motos se questionam se vale a pena contratar esse tipo de serviço, afinal, ao fazer isso terão que gastar mais com a proteção do bem.

O valor não deve ser visto como um custo, mas como um investimento, pois, quando precisar ele será revertido em benefícios.

Se ainda está em dúvida, veja alguns motivos que justificam a contratação do seguro de motos:

  • Contar com suporte se der problema na moto, pois, existe a assistência 24 horas que pode auxiliar com reboque, pane seca, problemas mecânicos e outros;
  • Não ficar no prejuízo se a moto for roubada ou furtada uma vez que o seguro indeniza o bem;
  • Em caso de acidente poderá dividir os custos do reparo com a seguradora;
  • Ter cobertura em todo o território nacional;
  • Escolher coberturas que atendam a sua necessidade e não precisar levar algumas extras que apenas farão com que pague mais.

Como conseguir um seguro de moto mais barato?

Para quem não quer abrir mão dessa proteção e ao mesmo tempo pretende economizar, é possível seguir algumas dicas para encontrar os melhores preços:

  • Faça cotação em diferentes seguradoras e analise o que cada uma oferece e os custos;
  • Contrate apenas as coberturas que entende que sejam necessárias, assim não gastará com itens sem utilidade;
  • Opte pelos seguro que não fazem análise de perfil, porém, saiba que eles costumam ser mais restritivos e oferecer proteção apenas contra roubo e furto;
  • Mude os hábitos em relação à moto, não estacione mais na rua e evite dirigir a noite e de madrugada;
  • Instale equipamentos de segurança como alarmes, rastreadores e corta combustível.

Tabela de preço do seguro para motos

O preço do seguro para motos varia bastante, para que possa ter uma ideia veja a tabela a seguir que apresenta um preço médio para alguns modelos do seguro tradicional e de roubo e furto.

Média do preço do seguro para motos City

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Cg 160 Titan 25Th Anniversary 2019 Masculino, 40 anos Belo Horizonte (MG) R$ 785,96
Fazer 250 Blueflex 2016 Masculino, 49 anos Curitiba (PR) R$ 1.290,08
Ybr 150 Factor Ed/Flex 2017 Feminino, 30 anos Salvador (BA) R$ 1.063,18
Ys 150 Fazer Sed/ Flex 2020 Masculino, 21 anos Goianira (GO) R$ 1.677,03
Ybr 125I Factor Ed/Flex 2020 Feminino, 43 anos São Paulo (SP) R$ 1.021,57

Média do preço do seguro para motos Custom

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Vulcan S 650 2018 Masculino, 59 anos Curitiba (PR) R$ 1.078,50
Xl 1200Ns Sportster Iron 2020 Feminino, 46 anos Uberaba (MG) R$ 2.590,49
Interceptor 650Cc Abs 2020 Masculino, 48 anos Campo Largo (PR) R$ 2.557,71
Bonneville Bobber Black 1200Cc 2020 Masculino, 55 anos Londrina (PR) R$ 1.505,88
Street Twin 900Cc 2019  Masculino, 31 anos Salvador (BA) R$ 857,01

Média do preço do seguro para motos Trail/Fun

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Nxr 160 Bros Esdd Flexone 2018 Feminino, 47 anos Taboão da Serra (SP) R$ 1.339,89
Xre 300/ 300 Abs/ Flex 2018 Masculino, 44 anos Ramilândia (PR) R$ 1.167,44
Xtz 150 Crosser Z Flex 2018 Masculino, 37 anos Rio de Janeiro (RJ) R$ 879,36
Xre 190/ Flex 2019 Masculino, 40 anos Lucianópolis (SP) R$ 1.049,39
Xtz 250 Lander 249Cc/Lander Blueflex/Abs 2020 Masculino, 25 anos  Montes Claros (MG) R$ 680,33

Média do preço do seguro para motos Naked/Roadster

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Mt-03 321/Abs 2020 Masculino, 62 anos  Curitiba (PR) R$ 972,14
Cb 500F 2020 Masculino, 46 anos Candeias (BA) R$ 2.514,68
Mt-07 Abs 689Cc 2019 Feminino, 35 anos Jundiaí (SP) R$ 824,33
Cb 650R 2020 Masculino, 25 anos Bento Gonçalves (RS) R$ 2.692,14
Gsx-S 750 2018 Feminino, 28 anos Alfenas (MG) R$ 1.692,59

Média do preço do seguro para motos Scooter/Cub

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
Biz 125/125I Flex 2018 Feminino, 40 anos Caruaru (PE) R$ 897,36
POP 110I 2020 Masculino, 33 anos Cansanção (BA) R$ 664,10
Pcx 150/Dlx 2017 Masculino, 38 anos  São Paulo (SP) R$ 1.147,58
Elite 125 2019 Feminino, 22 anos São Bernardo do Campo (SP) R$ 955,94
Nmax 160 2019 Masculino, 50 anos Niterói (RJ) R$ 857,63

Média do preço do seguro para motos Sport

Modelo Perfil do condutor Localidade Preço
NINJA 400 2019 Masculino, 70 anos João Pessoa (PB) R$ 1.158,54
Gsx-S 1000 F 2017  Masculino, 45 anos João Monlevade (MG) R$ 1.973,18
Ninja Zx-6R 636Cc 2020 Masculino, 22 anos Itajaí (SC) R$ 700,60
Cbr 650F 2019 Masculino, 65 anos Aracaju (SE) R$ 2.802,64
Ninja Zx-10/ Zx-10R 1000Cc/30Th Aniv 2017 Feminino, 57 anos São Paulo (SP) R$ 2.937,36

Depois de conferir o preço do seguro para motos e saber as proteções que ele oferece vale a pena pensar nesse investimento.

Faça uma cotação para saber quanto custa um seguro para você.

*Smartia.com.br não se responsabiliza pelos valores aqui mencionados, visto que o preço do seguro pode variar conforme o perfil de cada motorista.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *