Plano odontológico que cobre implante

O plano odontológico que cobre implante ajuda quem perdeu um dente e precisa repor sem pagar pelo serviço de forma particular.

Quem contrata um plano odontológico costuma ter a impressão que pode ir ao dentista fazer qualquer procedimento. É claro que o serviço contempla uma série de coberturas, porém, possui restrições.

Um dos procedimentos que gera muita confusão é o implante dentário. Esse é um procedimento feito quando a pessoa perde um dente.

O plano odontológico que cobre implante pode ser usado quando ocorre a extração do dente. Ele precisa ser retirado por inteiro com a sua raiz e não tem como ser salvo. O motivo que leva a perda pode ser variado.

Nesse caso, fica com uma “vaga” na boca pode ser um problema estético, mas também para a mastigação. A ausência do dente pode acabar forçando a musculatura da boca e causar dores. Colocar um implante para substituir o que foi perdido se torna a melhor opção.

Plano odontológico que cobre implante

Imagem: Getty Images

Todo plano cobre implante?

Vamos ser diretos na resposta, não. O plano odontológico que cobre implante existe no mercado, mas não é algo tão comum de se encontrar ou barato.

Pelas regras da ANS, os serviços de saúde bucal são obrigados a oferecer alguns procedimentos. Entre eles limpeza, consultas, atendimento de emergência, tratamento de gengiva e de canal, radiografia, extrações, restaurações e alguns outros.

Em nenhum momento é mencionado o implante, mas a prótese que é um procedimento parecido está incluso.

Para que não gere confusão, a prótese visa substituir um dente que foi perdido parcialmente. Por exemplo, ele quebrou em uma queda ou foi danificado durante o tratamento do canal. Nesse caso será feito pelo plano a prótese para repor o dente.

Já no caso do implante, como mencionamos, é para quando o dente é extraído por completo. Esse é um procedimento um pouco mais complicado e não faz parte do rol da ANS.

Como encontrar um plano com implante?

Apesar de não ser uma cobertura obrigatória, o plano odontológico que cobre implante existe. Isso acontece porque as operadoras podem oferecer serviços adicionais a seus clientes, desde que o mínimo esteja garantido.

Para atrair os consumidores, as empresas acabam agregando uma série de coberturas nos planos e os vendem como um produto diferenciado. Então, encontrar um com implante é bastante possível.

É claro que para chegar a essa opção precisará pedir uma cotação solicitando que sejam verificadas as opções com implante. Não são todas as operadoras que possuem o serviço, mas achará mais de uma opção.

Peça para que o corretor auxilie com a procura e sempre verifique as letrinhas miúdas do contrato. Nela estão especificadas quais são as coberturas e o implante deve constar lá.

Regras do plano odontológico que cobre implante

Apesar de ser um serviço diferenciado, as regras não costumam variar tanto em relação aos demais planos.

O plano odontológico que cobre implante normalmente possui carência. Isso quer dizer que para usar o procedimento terá que esperar por um tempo após a adesão ao serviço.

Vale lembrar que o implante não é um procedimento obrigatório pela ANS, isso quer dizer que o prazo de carência fica a critério da operadora. Entretanto, é comum que seja usado o prazo máximo de outros procedimentos, a espera pode ser de 180 dias.

Além disso, para ter acesso aos serviços é preciso estar com os pagamentos em dia. Se houver atraso pode ficar suspensa a utilização até que os valores sejam acertados.

Outro ponto é que o implante só é liberado quando existe o pedido de um dentista. Isso pode acontecer de forma automática pelo plano após o pedido em sistema. Não é o beneficiário que decide qual serviços será feito, apenas o profissional.

Sai caro o plano odontológico que cobre implante?

Esse tipo de plano costuma possuir valores mais altos já que oferece serviços adicionais considerados procedimentos estéticos. Normalmente não é apenas o implante que é disponibilizado, existem alguns outros atendimentos.

Para que se possa ter uma ideia, no mercado é possível encontrar planos odontológicos simples a partir de R$ 30,00 em média.

Um plano odontológico que cobre implante vai custar pelo menos 4 vezes mais. Com valores a partir de R$ 115,00 já se encontra algumas opções, mas dependendo da operadora e opção escolhida ele pode passar dos R$ 220,00. Vale lembrar que esses são valores mensais.

O plano odontológico que cobre implante é uma opção viável e existem, mas possui regras específicas assim como valores.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *