Entenda como é feito o cálculo do seguro auto

Compartilhe em suas redes:

O cálculo do seguro auto leva em consideração o seu local de residência e idade. Veja outros itens que influenciam na formação de preço.

Sempre que você vai contratar um seguro auto tradicional ou pesquisar o seu valor é preciso preencher um formulário que inclui diversos questionamentos.

Muitas pessoas acabam reclamando dele e querem saber o valor do prêmio sem passar por essa etapa, porém, não é possível.

O cálculo do seguro auto precisa colher o máximo de informações sobre os motoristas, seu hábito de utilização do veículo e outras informações para que possa entender os riscos e estabelecer os valores.

Portanto, não tem como saber o valor do seguro sem preencher essas informações, a não ser que esteja buscando um seguro simples, que protege apenas contra roubo e furto.

Com é feito o cálculo do seguro auto

Agora que já saber que esse formulário é importante, entenda como é feito o cálculo do seguro auto.

Entenda como é feito o cálculo do seguro auto

Valor do carro

A indenização ocorre para o veículo, por isso é importante saber qual o seu valor de mercado. Portanto, há uma porcentagem que é utilizada para calcular o seguro.

Por exemplo, se o valor mercado do seu veículo é de R$ 40.000,00, o seguro irá cobrar 7% desse valor, ficando R$ 2.800,00 somente para esse quesito.

Índice de sinistros

Existe um índice de sinistro utilizado pela Superintendência de Seguros Privados – SUSEP que utiliza a média de sinistros informados por todas as seguradoras.

Além desse, para avaliar os riscos, cada empresa possui o seu índice de sinistros e o leva como base para cálculo do seguro auto.

Esse é um dos fatores que faz com que o preço do seguro seja tão diferente de uma seguradora para outra.

Quanto mais um modelo é furtado, maior tende a ser o valor do seu seguro.

Idade

Estatisticamente as pessoas mais velhas tendem a se envolver menos em acidentes e por isso quanto maior a idade, menor o valor do seguro.

Além disso, quem é casado consegue um preço melhor, também conseguido por meio das estatísticas favoráveis.

Sexo

Não se trata de uma guerra dos sexos, mas novamente das estatísticas. As mulheres costumam pagar menos no seguro por não se envolverem tanto em acidentes.

Histórico de direção

Pessoas que dirigem prudentemente e não se envolvem em acidentes conseguem preços melhores.

Isso porque os riscos de se envolverem em um acidente é menor. A pontuação da carteira de motorista é um dos fatores que contribui no cálculo do seguro auto.

Além disso, existe um bônus que os motoristas conseguem se mantendo longe de sinistros. Quando possuem um seguro e não tem ocorrências conseguem 1 ponto ao ano e esse é convertido é desconto.

Algumas seguradoras estão buscando outras maneiras de avaliar os motoristas ao volante e em contrapartida oferecer descontos.

A Porto Seguro, por exemplo, possui um aplicativo que mensura como o motorista age ao volante. Basta que o segurado tenha interesse me utilizá-lo e faça o download.

CEP

A localidade influencia e muito no valor do seguro. Alguns pontos da cidade possui um maior índice de violência e roubo, fazendo com que o preço suba consideravelmente.

Portanto, de uma rua para outra o valor do seguro pode sofrer grandes oscilações.

Nesse caso é indicado que sempre informe o seu endereço corretamente para que não haja erro no cálculo e nem dificuldade para receber as indenizações.

Deixar o carro na garagem

Ter o cuidado de deixar o carro na garagem faz com que ele fique menos exposto aos riscos do que quando está na via pública.

Quem possui garagem na residência e no trabalho leva vantagem em relação aos valores pagos.

Itens de segurança

Alarme, rastreador ou chave corta-corrente dificultam que o veículo seja roubado ou facilita a sua localização, diminuindo os seus riscos.

Quanto mais equipamentos o carro tiver menor será o valor pago.

Peças de reposição

Os modelos que possuem peças de reposição facilmente encontradas no mercado possuem um valor mais acessível.

Quando o modelo sai de linha ou suas peças ficam escassas ocorre o processo inverso.

Coberturas contratadas

Esse é um dos itens que o segurado possui total influência, pois ele escolhe quais coberturas serão contratadas.

Existem algumas coberturas básicas que vem em uma espécie de pacote, portanto são comercializadas juntas.

Porém, existem muitas que podem ser contratadas como extras, isso quer dizer que se pode ou não optar por elas.

Quanto mais serviços forem inclusos no seguro, maior será o seu valor.

Agora que já conhece os principais itens que ajudam na formação dos preços do seguro, pense sobre eles na hora de preencher o formulário.

Para fazer uma cotação é só contar com a ajuda de um site especializado e um corretor.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *