Como funciona o empréstimo para negativado

Conseguir empréstimo para negativado pode ser mais fácil do que você imagina. Mas é importante ter atenção à instituição que oferece o serviço.

Um empréstimo para negativado funciona como qualquer outro. O usuário obtém o empréstimo e, depois, precisa quitá-lo ao banco ou financeira.

Os valores são pagos com juros, como uma forma de remunerar a instituição que emprestou o dinheiro.

Mesmo assim, vale dizer que o empréstimo para negativado é mais difícil de se obter. Ele é mais restrito do que para pessoas com o “nome limpo”.

Mas, como citado, ainda pode ser simples conseguir um empréstimo para negativado. Basta procurar a modalidade certa do empréstimo. Veja abaixo.

Como funciona o empréstimo para negativado

Imagem: Dollar

O banco pode negar o crédito a quem está com o nome sujo?

Uma pessoa negativada tem seu “nome sujo” porque já deixou de pagar alguma dívida. Isso cria certa insegurança no banco de que o negativado vai quitar suas dívidas.

Por isso os empréstimos são mais restritos: porque nem toda instituição está disposta a correr o risco de não ser paga.

Então, os bancos podem, sim, negar a liberação de valores. Aliás, mesmo para pessoas não negativadas, não há nenhuma obrigação de as financeiras cederem empréstimos.

Empréstimo consignado: o melhor empréstimo para negativado

Considerando que os bancos possuem receio de não serem pagos, é preciso buscar por empréstimos com garantias. O mais comum, e mais fácil de se conseguir, é o empréstimo consignado.

O consignado nada mais é do que um empréstimo em que as parcelas para seu pagamento são descontados do salário do usuário.

Como esse desconto é automático, feito pelo próprio banco, não há a chance de os valores não serem quitados. Então, as instituições veem com maior tranquilidade ceder um empréstimo para negativado.

Além do desconto na folha de pagamento, o consignado pode descontar suas parcelas de algum benefício do INSS. Como a aposentadoria ou pensão. Por isso, aliás, esse é um tipo de empréstimo bastante procurado por idosos.

Quando o indivíduo é um funcionário público, ele ainda pode obter alguns descontos e vantagens, dependendo da instituição financeira. Por isso, é sempre importante pesquisar entre os bancos para escolher o mais atraente.

Até porque, as empresas cobram taxas diferentes. É essencial encontrar o CET (Custo Efetivo Total) mais atraente às suas finanças.

Resumindo, podem obter um empréstimo consignado:

  • Trabalhadores com a carteira de trabalho assinada;
  • Pensionistas do INSS;
  • Aposentados;
  • Servidores públicos; e
  • Militares das forças armadas.

Outros tipos de crédito para negativado

Além do crédito consignado, é possível obter outros tipos de empréstimo para negativado. São eles: o empréstimo on-line, e o refinanciamento.

Você também pode tentar empréstimos comuns, se desejar. Eles são atraentes porque, muitas vezes, têm juros bem mais baixos.

Mesmo assim, com o nome sujo, é provável que você não consiga nenhum desses empréstimos comuns. Então, não desanime e pesquise pelos que apresentamos abaixo.

Empréstimo on-line

Para obter um empréstimo on-line, o passo a passo costuma ser bastante simples. O usuário apenas precisa preencher um cadastro no site, indicar os valores de que precisa e receber o dinheiro. O montante é depositado na conta do indivíduo.

Mas exatamente por ser tão simples, o empréstimo on-line para negativado pode ser bem mais caro. Então, é fundamental verificar se ele é sua melhor opção. O seu CET pode ser alto e, depois, vai dificultar manter a as parcelas em dia.

Além disso, nem todas as empresas na internet são idôneas. Assim, tenha a certeza de que você está obtendo valores com uma instituição de confiança.

Antes de obter o empréstimo, pesquise sobre ela. Verifique a opinião dos consumidores, e avalie se ela tem a autorização do Banco Central do Brasil para atuar.

Isso vai te dar mais segurança de não sofrer cobranças indevidas depois.

Refinanciamento de bens

Outro empréstimo para negativado é o refinanciamento de bens. Normalmente, ele está disponível para realização com imóveis e automóveis.

O refinanciamento funciona da seguinte forma: o usuário já tem um bem em seu nome. Então, ele dá esse bem como garantia de um empréstimo no banco. Em troca, o banco disponibiliza o valor desejado pelo negativado.

Ter essa garantia dá à financeira mais segurança de que o empréstimo será pago. Afinal, se o usuário não quitar as parcelas, seu bem será tomado como pagamento. Ninguém deseja isso, não é mesmo?

Logo, o banco entende de que o usuário fará o máximo possível para manter suas parcelas em dia.

Com o pagamento feito corretamente, o bem volta a ser 100% do indivíduo após o fim deste empréstimo para negativado.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *