Como funciona e como contratar um empréstimo com garantia de imóvel

Um empréstimo com garantia de imóvel pode facilitar a sua vida. Com a opção, você vai receber crédito a juros mais baixos.

Fazer um empréstimo com garantia de imóvel costuma ser uma boa opção para quem precisa de dinheiro, mas não quer pagar altos juros.

Com ele, você “entrega” ao banco o seu imóvel. Em troca, recebe os valores para fazer suas compras, investimento ou o que desejar com o dinheiro.

Além de para investir, esse tipo de empréstimo é interessante para quando você precisa se reorganizar financeiramente.

Como funciona e como contratar um empréstimo com garantia de imóvel

Imagem: Pikist

Ou seja, caso você esteja com dívidas em aberto, pode obter o empréstimo e fazer o pagamento dos débitos. Depois, terá vários meses para pagar esse empréstimo ao banco.

Continue lendo e saiba mais sobre o empréstimo com garantia de imóvel.

Entenda como funciona o empréstimo com garantia de imóvel

Como explicamos, o empréstimo com garantia de imóvel é um empréstimo em que você entrega seu bem ao banco. Em troca, o banco disponibiliza os valores ao usuário.

Esse tipo de crédito também é chamado de refinanciamento. Também existe o refinanciamento de carro, em que você oferece um auto como garantia.

Mas vale dizer que o “entregar” não significa se desfazer do bem. Na verdade, mesmo que o imóvel seja dado como garantia, você pode continuar a usufruir dele normalmente.

O que acontece é que a financeira vai ter direito sobre o bem. Mas esse direito só será exercido se você deixar de pagar ao banco. Nesses casos, o banco poderá leiloar o imóvel para quitar sua dívida.

Pode parecer um risco mas, sem dúvida, um empréstimo com garantia de imóvel pode ser vantajoso. Veja a seguir.

Vantagens do refinanciamento de imóvel

1. Juros mais baixos

O banco entende que, por ter dado seu bem como garantia, você terá mais cuidado para pagar seu débito. Afinal, de modo algum vai desejar ter o imóvel levado a leilão.

Com essa maior segurança de pagamento, a financeira diminui os juros a serem pagos. Principalmente se comparado aos juros de empréstimos comuns.

2. Prazos de pagamento

O prazo para pagamento de um empréstimo desse tipo costuma ir de 60 a 180 meses. É um tempo grande para pagamento, e pode evitar que você se atrapalhe e deixe os débitos em aberto.

3. Valor do empréstimo

O valor disponibilizado pelo banco é outra vantagem de um empréstimo. Isso é algo que varia com o banco, mas o crédito costuma chegar a até 60% do valor do imóvel.

4. Usufruto do imóvel

Mesmo que o imóvel seja dado como garantia, você continua a poder utilizá-lo normalmente. Seja para morar nele ou para alugá-lo.

5. Segurança no refinanciamento

Um refinanciamento dá ao banco o direito de “tomar” o bem dado como garantia se o débito não for pago. Mas isso é algo que dá grande segurança inclusive ao usuário.

Isso porque, o indivíduo sabe bem como funciona a sua dívida e consegue, inclusive, organizar suas finanças. 

Sem contar que o bem não será “tomado” de uma hora para a outra. O consumidor é atualizado sobre sua situação pelo banco e, caso esse tipo de situação venha a ocorrer, a financeira tentará negociar primeiro.

De modo algum o banco deseja tomar seu bem. O objetivo dele é receber o pagamento das parcelas, pois um leilão é trabalhoso de se realizar.

Mas vale dizer que, até o fim do contrato, o imóvel é colocado em alienação fiduciária pela financeira. Assim, o bem não pode ser vendido, nem ser transferido a terceiros.

empréstimo com garantia de imóvel

Como fazer um empréstimo com garantia de imóvel?

É bastante simples fazer um refinanciamento. É preciso:

  • Ter um imóvel em seu nome;
  • Pesquisar pelas financeiras e bancos que oferecem esse tipo de crédito;
  • Avaliar cada uma das financeiras, para encontrar a que tem condições melhores e taxas de juros mais vantajosas;
  • Solicitar o empréstimo com garantia de imóvel, para que seus dados sejam avaliados;
  • Passar pela análise de crédito, jurídica e avaliação do imóvel pela financeira;
  • Assinar o contrato do refinanciamento;
  • Receber o crédito em conta e realizar o investimento, pagamento ou compra que você deseja;
  • Fazer o pagamento das parcelas acordadas com o banco.

Diferença entre empréstimo com garantia e hipoteca

Se você leu esse texto até aqui, pode estar se perguntando se o empréstimo e hipoteca não são iguais. Pois saiba que não.

Na verdade, a hipoteca é mais burocrática e bem pouco comum no Brasil. Com ela, o imóvel fica 100% em nome do indivíduo.

Enquanto que, como explicamos, no empréstimo com garantia de imóvel, é feita a alienação fiduciária do bem. Ou seja, o dono do imóvel não pode fazer o que bem entende com ele — apenas usufruir.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *