12 dicas para dirigir na chuva que você deve conhecer

Compartilhe em suas redes:

Dirigir é uma atividade que normalmente exige muita atenção, quando as condições externas são adversas é preciso que essa atenção seja redobrada. Se você quer conhecer dicas para dirigir na chuva, acompanhe este artigo.

Se você já precisou dirigir em um dia de chuva forte e sentiu medo em relação a perder o controle do veículo, não se preocupe, isso acontece com todo mundo. Muitas pessoas têm medo de encarar o trânsito com boas condições climáticas, imagina em dias de chuva torrencial.

Situações como menor visibilidade e pista escorregadia, além de assustarem, realmente precisam de mais atenção do motorista. Por isso, criamos este artigo com 12 dicas para dirigir na chuva. Acompanhe e descubra quais são elas.

12 dicas para dirigir na chuva que você deve conhecer

12 dicas para dirigir na chuva

Além de se atentar a aderência ao asfalto e a visibilidade, é preciso que o motorista tenha muita cautela em relação à velocidade também. Estes três, são os principais causadores de acidentes de carro em dias de chuva. Por isso, conheça as dicas a seguir e aplique-as sempre que possível.

  1. A chuva está muito forte? Estacione o carro.

É possível dirigir na chuva em um volume normal e até mesmo forte, mas, em casos de tempestades com volumes de água fora do normal o mais indicado é que você estacione o veículo em um local seguro, e de preferência alto, e espere a chuva amenizar ou mesmo passar.

Condições como essa não possibilitam visibilidade alguma, e as suas chances de promover um acidente são muito maiores. Portanto, pare o carro e espere.

  1. O limpador do para-brisa é muito importante

Manter o limpador do para-brisa funcionando corretamente é uma das dicas para dirigir na chuva, mais fundamentais para evitar problemas maiores. Dirigir com chuva sem utilizar o limpador, além de não ser nada indicado é considerado uma infração grave.

De acordo com o artigo 230 (inciso XIX) do Código de trânsito Brasileiro, esta atitude, além de ser considerada grave é passível de multa e apreensão do veículo.

  1. Mantenha os vidros desembaçados

É comum os vidros embaçarem em dias de chuva. Isso normalmente acontece porque os vidros do veículo estão fechados, o que faz com que a temperatura interna do veículo fique maior que a externa, devido à baixa temperatura da chuva.

Passar a mão no vidro, além de não o mais indicado, nem sempre funciona. Por isso, é interessante que você tenha uma flanela específica para desembaçar o vidro. Caso seu veículo possua ar-condicionado, as chances de ele contar com uma função chamada desembaçador de vidros é muito alta, nestes casos não existe a necessidade de utilizar a flanela.

Basta acionar a função que um jato de ar frio será lançado na direção dos vidros, fazendo com que a temperatura interna próxima ao para-brisa se iguale a temperatura externa. Acionar o sistema de ventilação ou manter uma fresta das janelas abertas, também funciona.

  1. Esteja atento aos pneus

O bom estado de conservação dos pneus é uma das dicas para dirigir na chuva, mais importantes para que não aconteçam maiores problemas e a estabilidade do veículo na pista se mantenha. A importância dos sulcos na borracha dos pneus estarem em boas condições, se deve ao fato de que eles servem para escoar a água e evitar a aquaplanagem.

São essas rachaduras nos pneus que impedem que o veículo deslize sobre o asfalto molhado e promova acidentes graves.

  1. Mesmo que esteja de dia, acenda os faróis

Em dias de chuva forte, cerração ou neblina, dirigir com os faróis apagados, é considerado uma infração de nível médio, passível de multa. Em condições climáticas como as citadas, a visibilidade fica muito menor, e o veículo pode acabar não ficando visível para os demais. Por isso, manter os faróis acesos, mesmo durante o dia é tão importante.

  1. Mantenha uma velocidade reduzida

Apesar de óbvia, essa é uma das dicas para dirigir na chuva que precisam sempre ser repetidas. Pois, por incrível que pareça, as pessoas tendem a dirigir em dias de chuva na mesma velocidade que dirigem em tempo seco.

Lembre-se, quanto mais rápido você andar com seu carro, menos controle sobre ele você terá. E frear de repente em uma pista molhada é extremamente perigoso. O momento mais fácil de perder o controle do veículo em um dia de chuva é depois de uma frenagem. Por isso, dirigir em uma velocidade menor é tão recomendado. Em dias de chuva o mais prudente é desacelerar o veículo ao invés de frear.

  1. Mantenha uma distância segura

Quanto maior for a distância entre você e o veículo a sua frente, maior será seu tempo de reação frente a algum problema. Em dias de chuva essa distância se torna ainda mais importante, visto que o tempo de frenagem dos veículos tendem a ser maiores devido à pista molhada.

  1. Evite ultrapassagens

Uma das dicas para dirigir na chuva que também merecem atenção é a de não fazer ultrapassagens. Evite o máximo possível essa atitude. Lembre-se que a visibilidade está muito baixa, logo, as chances de você ver um veículo vindo no sentido contrário ou mesmo na pista ao lado, são muito menores.

Além disso, a aderência e o tempo de resposta do veículo são menores nessas condições. O que faz com que você esteja muito mais vulnerável a acidentes.

  1. Mantenha às duas mãos ao volante

É comum o trânsito ficar mais lento em dias de chuva, e exatamente por isso, alguns motoristas acabam tirando uma das mãos do volante. Faça isso apenas com o veículo parado. Manter o controle do veículo sobre a pista molhada é mais difícil que sobre ela seca, portanto, mantenha às duas mãos ao volante enquanto o carro estiver em movimento.

  1. Mantenha a RPM alta

As rotações por minuto do motor são promovidas pelo aumento da marcha enquanto estamos dirigindo. Quanto maior elas forem, mais aderência o veículo terá no solo.

Para manter uma alta RPM em uma velocidade mais baixa, a dica é reduzir a marcha. Fazendo isso, você precisará pisar mais no acelerador para se movimentar em uma velocidade adequada às condições da pista, e a tração e estabilidade do veículo serão maiores.

  1. Tenha cautela nas curvas

Fazer curvas fechadas em pistas secas já é complicado, em pistas molhadas é preciso ter mais atenção ainda. Nunca faça uma curva em alta velocidade em um dia de chuva. Muito menos freie durante a curva. Essas atitudes podem fazer o veículo capotar.

O ideal é que a velocidade seja reduzida antes que o veículo inicie a curva e o traçado do asfalto seja seguido. Assim você poderá evitar acidentes piores.

  1. Evite passar por vias alagadas

Se você se deparar uma via alagada e for possível, pare o carro e espere que a água na via abaixe. Entrar em uma via alagada pode causar sérios danos ao seu motor e demais componentes mecânicos. E dificilmente tais danos serão cobertos pelo seu seguro auto caso seja provado que você expôs o veículo ao risco de ser danificado.

Se não houver outra maneira além de atravessar a área alagada, procure observar antes de passar com o carro. Veja se a profundidade não é muito grande, observe os demais que estão se arriscando, e se a água estiver acima da metade das rodas do seu carro, não se aventure.

Resolveu passar pela área alagada? Faça isso usando a primeira marcha e mantenha uma aceleração constante. E não deixe o veículo ‘morrer’, caso isso aconteça, coloque-o em ponto morto, desça e empurre o carro até um local seguro.

Dirigir em dias chuvosos exige sim mais atenção, mas, não é impossível. Dirigir nessas condições realmente pode assustar ou causar maiores preocupações. Mas, seguindo essas dicas para dirigir na chuva, certamente você não terá maiores problemas. E lembre-se, se seu carro for pego de surpresa por uma enchente e você possuir uma cobertura de seguro para esse problema, tudo certo. Mas, se você danificar seu veículo passando por uma área alagada, não poderá contar com seu seguro auto.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *