Descubra como a direção emocional e segura pode te ajudar

Compartilhe em suas redes:

Você provavelmente já ouviu falar em direção segura ou direção emocional, certo? Pois, neste artigo você entenderá melhor o significado destes termos e conhecerá dicas de como praticá-los.

A maior parte dos acidentes de trânsito são promovidos por uma junção de fatores que normalmente envolvem, excesso de velocidade, desrespeito as sinalizações de trânsito e erro na previsão das ações dos outros motoristas, entre outras situações.

Esse último fator mencionado, pode ser evitado quando o motorista conhece técnicas de direção emocional e segura. Por isso, preparamos este artigo para que você entenda melhor como essas técnicas são importantes, como elas podem te ajudar e conheça algumas delas.

Descubra como a direção segura e emocional pode te ajudar

Como a direção emocional e segura pode ajudar?

As técnicas usadas na direção emocional ou como também é conhecida direção segura, são fundamentais na prevenção de acidentes. Estas técnicas ajudam o motorista a prever ações e movimentos de outros motoristas. Além de ajudar a se antecipar em relação a possíveis problemas que possam acontecer com seu veículo.

A direção emocional e segura é tão importante que em 1998 se tornou obrigatória para todas as pessoas que se habilitam. Conheça a seguir algumas dicas para colocar essas técnicas em prática.

Riscos e perigos de não praticar a direção emocional e segura

São muitos os riscos possíveis na não prática da direção emocional e segura. Entre eles, existem alguns que merecem mais atenção dos motoristas durante a condução do veículo entenda porque esses fatores são os mais importantes:

  1. Riscos relacionados ao veículo

Manter o veículo funcionando perfeitamente é fundamental na previsão de acidentes e possíveis imprevistos. É preciso que a manutenção de peças e sistemas estejam sempre em dia. Pois, situações que podem parecer apenas detalhes são, na verdade, fatores decisivos.

Portanto, cuidar da checagem de itens como o nível do óleo e dos fluidos de freio e da água do radiador, além do estado das palhetas do limpador de para-brisa, por exemplo, são fundamentais.

Outros itens importantes são as luzes do veículo, os pneus e a distribuição correta do peso relacionado aos passageiros e bagagens. Esses detalhes podem fazer toda a diferença em uma situação de risco.

  1. Riscos relacionados ao motorista

Outro detalhe que faz parte dos princípios da direção emocional e segura é a posição do motorista. O condutor precisa estar sentado corretamente, com as pernas e braços ligeiramente flexionados e as mãos no volante em uma posição parecida com os ponteiros do relógio, quando marcam 9:15 horas.

Além disso, é preciso que o motorista esteja vestindo um calçado que lhe promova firmeza nos movimentos com os pés, evitando assim que os mesmos escorreguem durante a manipulação dos pedais.

É preciso também que eles estejam sempre atentos a todas as informações visíveis no painel do veículo. A visibilidade do vidro dianteiro também é muito importante, assim como o correto posicionamento dos retrovisores.

  1. Riscos relacionados às vias (ruas, avenidas, estradas…)

Conhecer as sinalizações de trânsito é tão importante quanto conhecer as condições das vias por onde se trafega. Entender as regras relacionadas ao tráfego em ruas, estradas e avenidas é fundamental para evitar acidentes. Entre todas as regras existentes para os tipos de vias, as mais importantes com certeza são, o cuidado em relação ao limite de velocidade, visto que, quanto mais rápido o veículo estiver, maiores serão as chances dele se envolver em um acidente e a distância entre um veículo e outro, pois, a frenagem de um veículo não é instantânea, cada modelo possui um tempo diferente para parar totalmente. Por isso, é tão importante manter uma distância segura em relação ao veículo a sua frente.

Vias íngremes e curvas também precisam de uma atenção especial. Já que exigem mais habilidade e prudência do motorista. Em algumas situações o mais indicado é que a velocidade seja reduzida ao se entrar em uma curva, já em outras, é mais prudente que apenas a marcha seja reduzida e movimentos bruscos sejam evitados.

Em relação à vias íngremes é importante que os freios estejam funcionando corretamente e que o veículo esteja sempre engrenado nas descidas, especialmente nas mais acentuadas. Assim, além de poupar os freios do veículo o motorista consegue ter mais controle sobre o veículo.

Vias com desníveis e muito esburacadas também precisam de mais atenção. Essas condições podem promover desequilíbrios no veículo, fazendo com que o motorista perca o controle sobre o carro. Areia, água, óleo e barro também podem trazer problemas a manutenção do controle do carro, já que essas situações tornam a pista mais escorregadia. Portanto, esteja atento a esses detalhes.

Pilares da direção emocional e segura

As técnicas mais importantes sobre direção emocional e segura são baseadas em cinco principais pilares conheça melhor cada um deles:

  1. Entendimento

O pilar chamado de entendimento envolve o conhecimento algumas informações importantes para a condução de um veículo. Leis de trânsito, equipamentos e características do veículo, condições adversas e possíveis problemas com o mesmo durante a condução, etc. Conhecer, por exemplo, o comportamento do veículo em situações como chuva, neblina, vento e outros fatores relacionados ao tempo, entender sobre as condições das vias e as sinalizações de trânsito, saber como agir em congestionamentos, trânsito de pedestres e animais, além de ciclistas. Neste pilar também entra o conhecimento relacionado às condições físicas e mentais do próprio motorista e de seus passageiros.

  1. Prudência

O pilar da atenção envolve a percepção de ameaças, perigos e a visualização da sinalização de trânsito. É preciso que o motorista esteja 100% atento enquanto dirige, pois, a qualquer momento ele pode ser surpreendido por situações que podem acabar gerando um acidente. Como o surgimento de pedestres e animais na pista, ou mesmo, movimentos inesperados dos demais motoristas. Portanto, manter a atenção e evitar o uso de equipamentos como celulares e aparelhos de som, por exemplo, é fundamental. Além disso, conversas com passageiros que tirem muito a atenção, também precisam ser evitadas.

  1. Antecipação

Este não se trata de nada além de conseguir prever uma situação de ameaça no trânsito e assim, tomar medidas que a previnam. A antecipação não entra apenas no quesito de reagir de forma controlada em frente a um problema, mas, também ter cautela para evitar tais situações perigosas.

  1. Capacidade

Este pilar envolver ter habilidade para desviar ou se proteger em situações de perigo, caso estas não possam ser evitadas. Aqui entram algumas técnicas da conhecida direção defensiva. Além disso, entre aqui a capacidade para se manter emocionalmente estável e evitar problemas maiores.

  1. Ação

O quesito, ação envolve a preparação do motorista em relação a realização de manobras importantes para se desvencilhar de tais situações. Neste quesito também se torna extremamente importante a manutenção do veículo, pois, se este estiver em pleno funcionamento as chances de sucesso serão muito maiores.

Características de um motorista que pratica a direção emocional e segura

Uma das principais características de um motorista que pratica a direção emocional e segura é a capacidade de identificar padrões de comportamentos que possam causar acidentes de trânsito e assim, corrigi-los.

A pedagoga especializada em trânsito Eliane Pietsak, afirma que pessoas que praticam a direção emocional e segura, usam constantemente técnicas de direção capazes de evitar acidentes. E comenta sobre algumas características comuns desses tipos de condutores, veja se você se enquadra nessas características relacionadas abaixo:

  • Identifica e corrige hábitos ruins e vícios antigos ao volante;
  • Torna atitudes e procedimentos corretos automáticos;
  • Se sente agradecido quando evita um acidente, independentemente da razão ou de quem era o culpado;
  • Evita exposição desnecessária a riscos iminentes;
  • Conhece e respeita todas as normas e leis de trânsito;
  • Tem pleno domínio sobre condições adversas e conhece técnicas para evitá-las;
  • Mantém sempre uma observação atenta e preventiva sobre possíveis acontecimentos.

Cursos de direção emocional e segura

A direção emocional e segura é tão importante para a prevenção de acidentes de trânsito, que existem inúmeros cursos além de investimento de grandes empresas sobre esse assunto. Conhecer e aplicar as técnicas de direção emocional e segura é tão importante quanto contar com um seguro auto, que pode ser o diferencial necessário em uma situação onde a aplicação de tais técnicas não seja 100% eficiente. Portanto, investir em um treinamento de direção emocional e segura é fundamental nos dias atuais.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *