10 segredos para diminuir o valor do seguro auto que nem todos conhecem

| Autor: Jeniffer Elaina

Qualquer pessoa que tenha um carro sabe que um seguro auto não é um dos serviços mais baratos. No entanto, existem alguns segredos que podem ajudar a diminuir o valor do seguro auto. Quer saber mais? Acompanhe este artigo.

A criminalidade, assim como os índices de acidentes de trânsito, está cada vez maior.

E a saída mais inteligente para lidar com situações como essas é contratar um seguro auto.

No entanto, mesmo sabendo que esse serviço é indispensável para quem possui um carro, muita gente ainda não conta com ele.

Atualmente, a frota circulante do Brasil está em 65,8 milhões de veículos e, estima-se que cerca de 80% dessa frota não conta com um seguro auto.

Por que isso acontece? Simples, o seguro auto não é um dos serviços mais baratos disponíveis para quem tem carro.

Em alguns casos ele pode chegar a custar mais de R$ 5 mil.

Mas, assim como em qualquer prestação de serviço, neste caso, também existem alguns segredos para diminuir o valor do seguro auto.

Acompanhe este artigo e descubra quais são os 10 segredos para diminuir o valor do seguro auto que nem todos conhecem.

E, prepare-se para colocá-los em prática na sua próxima negociação.

10 segredos para diminuir o valor do seguro auto que nem todos conhecem

10 segredos para diminuir o valor do seguro auto

  1. Pesquise o valor do seguro antes de comprar o carro

Alguns modelos são muito mais visados por ladrões, outros possuem peças mais difíceis de serem encontradas em caso de reposição e, estes são alguns dos motivos que fazem um seguro auto sair mais caro.

Portanto, você quer comprar um carro e sabe que precisará contratar um seguro? Faça uma cotação antes da compra.

Assim você poderá optar por um modelo, ou ano, similar ao veículo desejado, mas, que conte com um seguro mais barato.

E fique alerta, se você está pensando em comprar um carro usado, de modelo mais antigo, acreditando que o seguro será mais em conta, esqueça essa ideia.

Em muitos casos o seguro para modelos mais antigos, além de ser mais caro, por conta da dificuldade de encontrar peças novas originais, ainda pode ser recusado por muitas seguradoras.

  1. Tenha um bom perfil de condutor

Pessoas que não possuem pontos na carteira ou históricos de multas, conseguem diminuir o valor do seguro auto.

Isso acontece porque a seguradora considera essa pessoa como alguém que não se expõe a riscos, infringindo leis de trânsitos.

Pessoas que não possuem o hábito de acionar o seguro auto por qualquer motivo também conseguem reduzir bem o preço de suas apólices.

Nesses casos entra a classe de bônus que pode lhe render um bom desconto.

Em média cada ponto na classe de bônus rende 5% de desconto e, a cada ano que você passa sem acionar o seguro, você ganha um ponto.

Outra dica relacionada ao perfil do condutor é não incluir motoristas adicionais, isso pode fazer com que seu seguro fique até 20% mais caro.

Especialmente os mais jovens com idade entre 18 e 25 anos. Afinal, esta é a faixa etária com maior índice de acidentes.

Portanto, se sua intenção é diminuir o valor do seguro auto, evita colocar outros motoristas na apólice.

É fundamental também que todas as informações necessárias para o preenchimento do formulário sejam passadas de maneira correta.

Portanto, faça isso com muita atenção e veracidade. Qualquer informação errada pode fazer com que seu seguro saia mais caro.

E de maneira nenhuma, minta com a intenção de diminuir o valor do seguro auto.

As seguradoras sempre descobrem essas mentiras e, se depois de contratar o serviço você vier a precisar dele, poderá perder o direito a cobertura e todo o dinheiro investido no seguro.

  1. Instale equipamentos de segurança no veículo

Aparelhos como rastreadores, localizadores e bloqueadores costumam diminuir o valor do seguro auto.

As seguradoras entendem que um veículo que possua um desses equipamentos, conta com mais chances de ser recuperado em casos de furto ou roubo.

O que faz com que a chance da empresa precisar indenizar o seguro nesses casos seja menor.

Em muitos casos o valor final da apólice pode chegar a ficar 30% mais barato com a instalação de equipamentos de segurança.

Além disso, contar com mais um meio de proteção para seu veículo pode ser muito tranquilizador.

Existem seguradoras que oferecem juntamente com o seguro a instalação do rastreador e o serviço de monitoramento.

  1. Deixe o carro em estacionamentos fechados

Pessoas que costumam deixar o carro em estacionamentos fechados, durante o período do trabalho ou estudo, conseguem diminuir o valor do seguro auto.

Esta mesma regra se aplica em relação às garagens residenciais.

E, o motivo é simples, um carro parado na rua possui muito mais chances de ser roubado ou danificado do que um veículo parado em um estacionamento.

Em alguns casos, contar com uma garagem simples pode tornar seu seguro auto até 20% mais barato.

Portanto, se sua casa ou apartamento não tem garagem, vale a pena alugar a garagem de um vizinho para seu carro pernoitar.

  1. Escolha apenas coberturas que realmente são necessárias

No momento da contratação de um seguro auto, muitas pessoas acabam sendo seduzidas pelo grande número de coberturas disponíveis, e contratam coberturas que no final da vigência de sua apólice, não foram nem um pouco uteis.

Avalie com cuidado todas as coberturas disponíveis e contrate apenas aquelas que realmente são necessárias.

Procure optar pelas coberturas mais convencionais como para furto ou roubo, incêndio, colisão, enchente e alagamento (se você morar em grandes centros que sofrem com esse problema constantemente), e a cobertura de seguro para terceiros.

Evite contratar seguro para equipamentos de som e imagem, vidros e outras coberturas adicionais que, muitas vezes acaba ficando mais em conta arrumar por conta própria ou até mesmo repor o objeto do que pagar a franquia.

Fazendo isso você poderá diminuir o valor do seguro auto consideravelmente.

  1. Pague o seguro auto à vista

Planeje-se e faça uma reserva financeira para poder pagar o valor do prêmio à vista.

Fazendo isso você poderá negociar um bom desconto e assim diminuir o valor do seguro auto, sensivelmente.

Se o valor do prêmio for maior do que você imaginava e não for possível pagá-lo à vista.

Prefira realizar o pagamento no menor número possível de parcelas. Assim você conseguirá evitar a maior parte dos juros.

  1. Opte por uma franquia mais alta

A franquia é o valor que você deve pagar quando aciona o seguro auto para realizar algum reparo, tirando os casos de roubo e furto, perda total e seguro para terceiros, que são isentos do pagamento de franquia, assim como o acionamento da assistência 24 horas.

Todas as outras situações precisam do pagamento dela.

Se você sabe que as possibilidades de se envolver em um acidente de trânsito são mínimas, tente optar por uma franquia maior.

Fazendo isso, você estará assumindo uma responsabilidade maior no caso de um sinistro, e consequentemente, o valor do prêmio do seguro será menor.

  1. Pesquise incansavelmente

Acredite, os valores de uma seguradora para outra variam muito, muito mesmo.

Então quanto mais você pesquisar, maiores serão suas possibilidades de conseguir um valor mais baixo para o seguro auto. Pesquise, e negocie sempre que possível.

  1. Conte com a ajuda de um corretor de seguros

Ao contrário do que muita gente pensa, contar com a ajuda de um corretor de seguros não torna a contratação do serviço mais cara.

Na verdade, um profissional especializado lhe ajudará a escolher as melhores coberturas, aquelas realmente necessárias, de acordo com o seu perfil.

E ainda será muito útil durante a pesquisa e solicitação de cotação com as seguradoras.

Além disso, sempre que você tiver um problema e precisar acionar o seguro auto, poderá entrar em contato diretamente com seu corretor e ele cuidará de tudo para você.

  1. Evite fazer alterações no veículo

Trocar as rodas por outras de aro maior, rebaixar o veículo e mais uma série de modificações que podem deixar o carro com mais estilo, também fazem com que o seguro auto fique muito mais caro.

Portanto, se você for comprar um carro usado, procure aquele com mais detalhes originais de fábrica possíveis, e evite ao máximo veículos com alterações estruturais, pois, certamente o seguro deles será muito mais caro.

É possível sim diminuir o valor do seguro auto, basta que você tenha disposição para pesquisar e esteja sempre atento a todas as possibilidades existentes.

Fazendo isso, e contando com um corretor de seguros de confiança você certamente terá sucesso nesta empreitada.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *