Como funciona o consórcio para construção?

Está pensando em fazer um consórcio para construção? Então, é fundamental saber bem como esse tipo de financiamento funciona. Acompanhe o texto e descubra tudo o que você precisa sobre o assunto!

Um consórcio para construção pode ser uma ótima opção para financiar as obras da sua casa própria, especialmente porque esse é um serviço barato e fácil de contratar.

Primeiro, vamos destacar como um consórcio funciona. Continue lendo!

Como funciona o consórcio para construção?

Imagem: Pixabay

Como funciona um consórcio?

Um consórcio é, basicamente, uma poupança conjunta com várias pessoas que têm interesse no mesmo objetivo que você: a compra de um carro, de um imóvel construção etc.

É por isso que existem os consórcios de veículos, consórcios de imóveis etc. Para participar desse tipo de “poupança”, você precisará aderir a um consórcio.

Em seguida, começará a pagar as mensalidades desse serviço. A operadora do consórcio vai gerir este dinheiro, juntando todos os valores pagos por você e outras pessoas.

Então, mensalmente (ou em um período predefinido), a operadora vai sortear uma carta de crédito. A carta de crédito é o valor total daquele consórcio, que é entregue ao consorciado sorteado.

Vamos a um exemplo: você contrata um consórcio de R$ 90 mil. Então, ao ser sorteado, receberá R$ 90 mil de crédito, independentemente do número de parcelas que você já tenha pago.

Com esse valor, você poderá fazer a construção desejada. Depois, deverá continuar o pagamento das parcelas acordadas com a operadora. No fim do seu contrato, você terá quitado os R$ 90 mil combinados com a empresa.

Entendeu por que essa é uma espécie de poupança? Você e outros usuários poupam juntos, e todos têm acesso ao valor desejado quando são sorteados. Mas o “rendimento” é bem mais rápido do que se você poupasse sozinho, concorda?

Dito isso, é hora de explicarmos como funciona, especificamente, o consórcio para construção. Continue lendo!

Entenda o funcionamento do consórcio para construção

Um seguro de consórcio para construção funciona exatamente como explicamos antes. O usuário contrata um consórcio, paga suas mensalidades e, quando sorteado, recebe o valor completo de que precisa.

Depois, é preciso continuar a pagar as mensalidades acordadas. Assim, a “poupança conjunta” do consórcio continuará abastecida, permitindo à operadora sortear outros consorciados.

Esse tipo de consórcio, normalmente, pode ser utilizado apenas para construção de um imóvel. Com o dinheiro em mãos, será simples montar o espaço exatamente como você espera.

Mesmo assim, muita gente contrata esse tipo de consórcio para fazer reformas. Ou seja, o imóvel já existe, e o usuário busca o consórcio para promover melhorias no espaço.

Se esse for o seu objetivo, é importante conversar com a operadora primeiro. Algumas das empresas limitam o uso da carta de crédito exclusivamente à construção.

Ou seja, pode ser que sua carta de crédito não possa ser utilizada para nenhuma reforma. Converse com a empresa sobre seus objetivos na hora de contratar o consórcio, e leia bem seu contrato.

Vantagens de um consórcio para construção

São várias as vantagens ligadas a fazer um consórcio. Por exemplo: como você não pega dinheiro emprestado, como em um financiamento, costuma ser muito mais simples contratar um consórcio.

Além disso, essa é uma opção mais barata de “empréstimo”. Diferente de outras modalidades de crédito, o consórcio não cobra juros. No fim, o usuário acaba pagando o valor da carta de crédito que obteve, com os reajustes definidos em contrato.

Sem contar que fazer um consórcio para construção permite que você construa um imóvel exatamente como deseja. Com o dinheiro da carta de crédito em mãos, você poderá pensar toda a arquitetura, toda a decoração, cada detalhe da construção.

Como adquirir um bom consórcio para construção?

Na hora de contratar um consórcio, é importante ter atenção a alguns aspectos, começando por pesquisar bem pela operadora do consórcio.

Para oferecer esse tipo de serviço, a empresa deve contar com dois registros. Primeiro, uma autorização do Banco Central do Brasil para operar. Ao mesmo tempo, a companhia deve ser filiada à Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC).

Outra dica é pesquisar sobre o quê os atuais clientes da empresa acham sobre ela. Eles têm sido contemplados corretamente? A companhia age de forma idônea?

Para pesquisar essas opiniões, acesse as redes sociais e sites como o Reclame Aqui. Até mesmo uma pesquisa rápida no Google pode ser eficaz.

Na internet, os usuários costumam ser bastante sinceros sobre o que pensam sobre as empresas. Então, você terá uma percepção mais completa e sincera sobre os serviços da financeira.

Pronto! Agora você já sabe como funciona e como adquirir um consórcio para construção. Essa é mesmo a opção de financiamento que você anda procurando?

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *