Como funciona o consórcio de casa

| Autor: Jeniffer Elaina

O consórcio de casa é uma maneira de adquirir um imóvel pagando por ele em parcelas e sem juros. Se você está interessado nesse tipo de negociação acompanhe este artigo e veja como funciona o consórcio de casa e quais são as regras.

Quem ainda não tem a casa própria, certamente sonha em realizar essa compra, no entanto, não é raro que essas pessoas encontrem dificuldades para comprar seu imóvel, como valores altos e taxas de juros.

O que nem todo mundo sabe é que existe uma maneira mais simples de conseguir isso, através do consórcio de casa.

Por muito tempo a maneira mais buscada para adquirir um imóvel por quem não tinha o valor total era fazer um financiamento.

Através do financiamento o comprador pega o dinheiro emprestado com uma instituição financeira, compra o imóvel e depois paga esse empréstimo em parcelas mensais que podem chegar até a 30 anos.

Essa era uma maneira rápida de conseguir comprar o novo lar, porém, com juros muito altos, e por um tempo de parcelamento muito longo também.

Atualmente essa compra pode ser feita de uma maneira mais simples, mais rápida e com taxas administrativas bem mais baixas, além de não haver incidência de juros, estamos falando do consórcio de casa.

Acompanhe este artigo e veja melhor como esse serviço funciona.

Como funciona o consórcio de casa

O que é o consórcio de casa?

O consórcio de casa é uma maneira de adquirir um imóvel pagando por ele parcelado e sem a incidência de juros, no entanto, existem algumas regras nesse tipo de negociação financeira que são muito diferentes do financiamento.

No caso do consórcio, o primeiro passo é encontrar uma empresa que ofereça esse serviço, elas são chamadas como administradoras de consórcio.

Nelas, existem diferentes grupos, com intenções em comum, geralmente comprar um produto do mesmo modelo ou valor.

No caso do consórcio de casas, os grupos são formados por pessoas com o interesse de comprar um imóvel do mesmo valor.

Depois de encontrar um grupo com interesses iguais de compra será preciso que você ingresse nele e comece a pagar parcelas mensais cujo valor poderá variar de acordo com o número de parcelas escolhido por você.

Muitas pessoas definem o consórcio como um fundo financeiro comunitário, isso acontece porque, todo o dinheiro pago pelos consorciados em parcelas é investido em uma espécie de poupança que serve para promover as cartas de crédito dos próprios clientes.

Ou seja, os consorciados pagam as mensalidades e a empresa administradora reúne todo o dinheiro e promove um sorteio entre eles para saber quem será contemplado com a carta de crédito e poderá comprar seu imóvel.

Geralmente esses sorteios acontecem uma vez ao mês, em assembleias onde todos os participantes do grupo devem estar presentes.

Além dos sorteios, também é possível conseguir ser contemplado através de um lance.

O lance funciona como em um leilão, o consorciado que oferecer o maior lance leva a carta de crédito.

É importante que você saiba que, esse dinheiro oferecido no lance será abatido nas parcelas futuras do seu consórcio.

Como mencionado, o consórcio não possui incidência de juros em seu parcelamento, no entanto, ele conta com uma taxa administrativa que é cobrada mensalmente para custear o trabalho oferecido pela empresa.

O que é a contemplação?

Os associados pagarão o consórcio por um período que pode chegar a 180 meses e durante esse tempo todos os meses, um dos participantes será sorteado para receber a carta de crédito.

Esse sorteio é chamado contemplação e através dele o consorciado recebe uma carta de crédito, que é um documento que as pessoas sorteadas usam para comprar seu imóvel no valor estipulado e fazer o pagamento com ela.

É importante que você saiba que, mesmo depois da contemplação o consorciado deve continuar pagando as mensalidades normalmente até o final de seu contrato.

Outra maneira de ser contemplado é através do lance, como mencionamos anteriormente.

O lance consiste em disponibilizar uma quantia para quitar parte das parcelas restantes.

Quem oferecer o maior lance leva a carta. Se o lance não for aceito a pessoa recebe o valor de volta.

Como usar a carta de crédito?

Quando uma pessoa é contemplada no consórcio, independentemente de qual tipo de consórcio seja, ela não recebe o valor definido em dinheiro.

O que ela recebe é um documento chamado carta de crédito.

Esse documento pode ser usado normalmente para a compra de um imóvel, é importante apenas que a administradora seja informada sobre a compra do imóvel e o proprietário recebe a carta como uma forma de garantia.

Com esse documento em mãos, o vendedor poderá receber o valor em dinheiro diretamente da empresa de consórcio.

Que poderá depositar a quantia na conta do vendedor para que a transação seja finalizada.

E se o imóvel tem um valor maior do que a carta de crédito?

Nesse caso o consorciado pode dar a carta de crédito para quitar parte do valor e fazer o pagamento do restante de forma particular.

Já se a carta tiver um valor maior, o dinheiro restante pode ser usado para quitar valores de IPTU e o registro do imóvel.

Posso comprar qualquer imóvel com o consórcio da casa?

É possível comprar um terreno, apartamento ou casa desde que esse esteja regularizado e com a documentação em dia.

Existe taxa de juros no consórcio de casa?

Não, e esse é um dos maiores atrativos dessa modalidade de crédito, principalmente para quem está buscando uma forma de comprar um imóvel sem pagar mais do que ele realmente vale.

Apesar disso, os consorciados pagam uma taxa de administração para a empresa que cuida do fundo e todo ano pode haver reajuste de valor com base nos valores dos materiais de construção e outros.

É muito burocrático para entrar no consórcio?

Esse é um procedimento sem grandes complicações.

É preciso apenas procurar uma instituição que ofereça o serviço e encontrar um grupo que esteja em andamento ou em formação para participar.

Não é preciso muitos documentos para entrar em um consórcio de casa, porém, o problema pode ser para receber a carta de crédito após a contemplação.

Nesse caso são exigidos vários documentos, entre eles a comprovação de renda.

Como pago pelo consórcio?

É preciso pagar um valor mensal pelo consórcio de acordo com as regras estipuladas no contrato.

Algumas empresas possibilitam esse pagamento através de boletos como o consórcio Caixa.

Além disso, existe ainda a possibilidade de usar o fundo do FGTS para quitar parte do valor.

Para se ter uma ideia mais de R$ 820 milhões do FGTS já foram utilizados em consórcios nos últimos 8 anos.

O que acontece se eu atrasar as parcelas?

Se o atraso for por um período curto é possível regularizar a parcela que está em atraso pagando o valor com juros e multa.

Caso o atraso permaneça por um período maior e não seja possível entrar em um acordo com a administradora a pessoa pode ser excluída do consórcio.

Nas situações em que a pessoa inadimplente já tiver sido contemplada o problema pode ser ainda maior.

A administradora pode entrar com uma ação judicial para recuperar o imóvel e vendê-lo para pagar os custos.

Como escolher uma administradora para o consórcio de casa?

A primeira coisa é verificar se a empresa possui autorização do Banco Central (BC) para atuar com esse tipo de serviço.

Junto com a instituição é possível observar o número de reclamações que cada uma das instituições possui.

Além disso, é importante realizar uma boa pesquisa de mercado para saber a opinião de outros clientes e verificar quais oferecem as melhores condições e atendimento.

Uma boa maneira de saber como as empresas resolvem seus problemas com os clientes é pesquisando sobre elas no site do ‘Reclame Aqui’.

Como funciona a tabela de consórcio de imóveis?

Se você tem pesquisado sobre esse assunto já deve ter visto em algum lugar o termo tabela de consórcio de imóveis e pode estar curioso para saber do que se trata.

Estas tabelas servem basicamente para exemplificar o valor das parcelas em diferentes casos de valores de compra e planos de financiamento oferecidos pelas empresas.

Ou seja, a empresa cria uma tabela com os valores de compra mais comuns procurados nos consórcios de imóveis e demonstra como ficariam a primeira e as demais parcelas, em diferentes planos, que podem variar de 85 meses até 180 meses.

Quando o consórcio de imóvel é recomendado?

O consórcio é recomendado para quem deseja comprar um imóvel e não tem pressa para realizar essa aquisição, afinal a contemplação pode acabar demorando para acontecer.

Ele também é válido para quem deseja comprar o bem de forma parcelada e não quer pagar juros altos como ocorre no financiamento.

Algumas pessoas também usam o consórcio como um tipo de investimento no futuro.

Quem tem dificuldade em guardar dinheiro também pode recorrer ao consórcio, assim, a administradora pode cuidar desse bem e a pessoa passa a ter a responsabilidade de pagar mensalmente.

Quais são as empresas que oferecem o consórcio imobiliário?

Existem muitas empresas que oferecem esse tipo de serviço, no entanto, as mais procuradas para a contratação de um consórcio imobiliário são as instituições financeiras que contam com serviços como:

  • Consórcio imobiliário Bradesco;
  • Consórcio imobiliário Caixa;
  • Consórcio Santander;
  • Consórcio de imóveis Itaú;
  • Consórcio residencial BB;
  • Consórcio de casa Porto Seguro.

Mas, é importante que você saiba que existem mais empresas no mercado, por isso, é importante que você faça um levantamento completo e escolha aquela que melhor atende às suas necessidades.

Para isso, você só precisa realizar algumas simulações.

Como fazer uma simulação de consórcio imobiliário?

A simulação de consórcio imobiliário é um procedimento simples que pode ser feito sem sair de casa.

Para isso, muitas vezes basta que você acesse o site da empresa e solicite a realização da simulação.

Essa ferramenta serve para que o cliente saiba qual o melhor plano de consórcio para ele de acordo com o valor das parcelas.

Muitas vezes para realizar essa simulação basta inserir o valor desejado para a compra de um imóvel e arrastar uma barra para ver os números de parcelas e valores de cada uma.

Agora que você já sabe mais sobre o consórcio de casa e como ele funciona, será mais simples escolher uma empresa e plano para começar a caminhar para a realização do sonho da casa própria.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *