Como funciona o seguro de aluguel

O seguro de aluguel é válido para imóveis urbanos e pode agilizar o processo de locação. Aprenda como ele funciona e de que maneira pode ajudar.

Uma das maiores dificuldades na hora de alugar um imóvel pode ser a de contar com um fiador, pois, dificilmente se tem alguém que queira se comprometer com suas dívidas.

Por conta disso, muita gente recorre ao seguro de aluguel para ter uma garantia a fornecer em caso de inadimplência e assim conseguir concluir a locação. A questão é que muita gente não sabe como isso funciona e pode estar perdendo uma boa oportunidade.

Veja o nosso texto e esclareça as suas dúvidas do seguro de aluguel.

Como funciona o seguro de aluguel

Imagem: Getty

O que é o seguro de aluguel?

O seguro de aluguel também é chamado de seguro fiança e tem como objetivo garantir que o inquilino em caso de inadimplência não deixe de pagar o aluguel. Quando ele é contratado fica dispensada a necessidade de existir um fiador.

Esse é um seguro que tem suas regras definidas pela resolução 202 do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).

Ele define quais são as coberturas que o contratante terá e o prazo de vigência, esse último é o mesmo do período em que o imóvel ficará locado.

O seguro de aluguel é valido para qualquer imóvel?

Esse seguro é valido para imóveis comerciais, residenciais e não residenciais urbanos.

Existe uma renda mínima para que o seguro fiança seja aprovado?

As regras podem variar de uma seguradora para outra, porém, elas exigem comprovação de renda.

É comum que a renda da pessoa que está locando o imóvel seja três ou quatro vezes superior ao valor do aluguel para que haja aprovação.

É muito caro contratar esse produto?

Um motivo pelo qual o seguro fiança tem se popularizado é pelo preço, além, é claro das vantagens que ele oferece em relação a facilitar o aluguel.

Ele tem um custo que costuma ser cerca de duas vezes o aluguel e esse valor pode ser parcelado no mesmo número de vezes da vigência do contrato.

Como funciona o seguro de aluguel na prática?

A pessoa que vai alugar o imóvel entra em contato com a seguradora informando os dados do local e assim é feita a análise.

Aprovada a proposta o seguro pode ser feito e locador é informado da aprovação para que seja disponibiliza o imóvel.

Depois disso, quem alugou só precisa pagar o seguro em dia e se houver algum problema financeiro deve comunicar a seguradora para que ela possa arcar com os custos.

Vamos supor em que em um determinado mês a pessoa estava sem dinheiro e não conseguiu pagar o aluguel e as contas como água e luz. Assim que comunicada a seguradora faz o pagamento e depois cobra da pessoa o reembolso dos valores.

O locador pode acionar a seguradora em caso de atraso?

Sim. Havendo atraso no pagamento no aluguel, a pessoa que locou o imóvel pode acionar a seguradora informando a situação. Em até 30 dias ela receberá o valor do seguro e isso será sucessivo até que o inquilino regularize a sua situação junto à seguradora.

Quais as vantagens para quem contrata o seguro fiança?

Quem recorre ao seguro fiança sabe que ele é uma possibilidade para facilitara a locação e ainda traz como vantagem:

  • Não há necessidade de ter um fiador
  • Facilita para que haja aprovação do contrato de locação
  • Garante que o imóvel fique locado até o final do contrato, pois, o aluguel será pago
  • O valor pago não é alto
  • Cobre também encargos mensais como água, luz e IPTU
  • Possibilidade de contratar coberturas extras que garantem indenizações em casos de danos

Quais as vantagens para quem aluga o imóvel com um seguro de aluguel?

O seguro de aluguel tem sido bastante aceito por quem aluga o seu imóvel e isso pode ser entendido por algumas vantagens:

  • Há certeza de recebimento do aluguel
  • Se houver atraso do pagamento pelo inquilino a seguradora agiliza o pagamento
  • Facilidade para alugar o imóvel uma vez que não é preciso dar um caução
  • Possibilidade de solicitar a inclusão de coberturas adicionais que garantam a integridade do imóvel

Agora pode aprender um pouco sobre seguro de aluguel e quando for aligar o seu próximo imóvel não precisará se constranger procurando um fiador. Entre em contato com um corretor e veja como aderir ao seu.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *