Como funciona um consórcio de celular?

Se você está de olho em um modelo de celular mais recente, mas está sem dinheiro, um consórcio de celular pode ser uma alternativa para concluir a compra.

Quem deseja comprar um bem, com um valor mais elevado, logo pensa na possibilidade de fazer um consórcio. Com a popularização dessa forma de compra, outras modalidades foram surgindo, e hoje é possível comprar diversas coisas a partir de um consórcio.

Apesar de ser geralmente associado à compra de itens caros, como carros, casas e terrenos, atualmente já existem planos de consórcio para cirurgias plásticas, festas, e até mesmo para realizar a compra de um aparelho celular.

Com o avanço da tecnologia, e a importância que ela assumiu para o nosso dia a dia, atualmente quase ninguém vive sem a companhia de um smartphone. Um bom celular passou a ser um item essencial, um meio de diversão, de comunicação, e muitas vezes até uma ferramenta de trabalho.

Com o aumento no preço dos celulares, a ideia de comprá-los por meio de um consórcio é atraente. Os modelos mais novos, com mais recursos, assim como o desejado Iphone, estão cada dia mais caros.

Se você precisa trocar o seu aparelho por um modelo mais atual, continue a leitura e descubra se o consórcio de celular é para você.

Como funciona um consórcio de celular?
Imagem de stevepb por Pixabay

Entenda melhor o consórcio de celular

A diferença entre um consórcio tradicional – para carro, casa ou moto – e o consórcio de celular, é a finalidade da carta de crédito. Nesse caso, o bem comprado após a contemplação é um dispositivo eletrônico.

Dessa forma, podemos assumir que essa modalidade de consórcio funciona de forma similar as outras mais comuns. Ou seja, ao contratar o consórcio, o comprador se compromete em pagar as prestações, e receber a carta por meio de uma contemplação, ou no fim do plano.

Esse fator pode representar uma desvantagem, se o objetivo principal do comprador for obter o modelo mais recente, pois a pessoa teria de esperar, às vezes mais de um ano, e nesse meio tempo, pode ser que o aparelho mais moderno tenha o preço superior ao da carta de crédito.

Mesmo assim, muitas pessoas têm recorrido a esse método de compra, pois os dispositivos eletrônicos estão cada vez mais caros. Um exemplo disso é o Iphone, uma das marcas mais desejadas. Um de seus modelos mais recentes, o Iphone 13 Pro Max, pode custar mais de R$ 10 mil!

Com os valores dos smartphones, o consórcio de celular é um meio de ter acesso a esses dispositivos, bem como a notebooks e tablets.

Consórcio de celular – pagamentos, contemplação e lances

Como mencionado assim, mesmo tendo um objetivo diferente, o consórcio de celular funciona de maneira similar aos convencionais.

●    Pagamentos

Após contratar o plano, o cliente é adicionado ao grupo gerido pela administradora escolhida. O pagamento é realizado mensalmente.

●    Contemplação

Ocorre normalmente ao final do pagamento, mas em alguns casos pode acontecer antes.

Após o receber a carta de crédito, caso esta tenha sido concedida durante a vigência do plano, o cliente deve manter os pagamentos em dia, da mesma forma que fazia antes da contemplação.

●    Lances

Nos planos de consórcio de celular, o consorciado pode oferecer lances para acelerar o recebimento de sua carta de crédito. Nessa opção, o integrante do grupo de consórcio que oferecer o maior lance, durante as assembleias, ganha.

A duração desses consórcios é de cerca de 3 anos.

Qual é a vantagem de fazer um consórcio e não um parcelamento?

A primeira vista, ambos parecem dar no mesmo, afinal o cliente terá de pagar parcelas todos os meses, e no caso do parcelamento, ainda podem sair com o aparelho na mão.

Pensando dessa forma, realmente parece não ter muitas vantagens, mas não é bem assim. O consórcio de celular pode ser uma boa opção para quem gosta de planejar as suas compras, pois pode começar a pagar com antecedência.

Outra vantagem é a questão dos juros. Ao comprar um aparelho de forma parcelada, dependendo da quantidade de parcelas escolhidas, a loja pode adicionar juros que irão encarecer muito a compra.

Nesse ponto, o consórcio apresenta uma grande vantagem, pois não tem juros. A taxa cobrada pela administração do grupo é bem menor do que os custos envolvidos nas parcelas com juros.

4/5 - (2 votes)

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *