Cote o seu consórcio online!

Em menos de cinco minutos você estará avaliando propostas com os melhores corretores do país!

Mais simples do que muitos pensam, o consórcio é uma modalidade de compra livre de juros e burocracia. Continue a leitura e descubra como fazer um consórcio de carros!

O consórcio, uma modalidade de compra tipicamente brasileira, vem ganhando a preferência de muitos.

Apesar de popular, alguns ainda não sabem quem pode comprar uma cota nem como fazer isso. Separamos aqui alguns passos importantes que vão te ajudar a escolher e descobrir como fazer um consórcio de carros.

Como fazer um consórcio de carros?
Imagem: Getty Images

Como fazer um consórcio de carros?

●    A escolha do carro

A compra de uma cota em um consórcio se inicia pela escolha do carro, pois essa informação serve de base para definir o valor da carta de crédito.

Em um consórcio é possível comprar tanto carros 0km, quanto seminovos, sendo assim, não é obrigatório ao receber a carta de crédito, à compra do mesmo modelo escolhido ao entrar no grupo.

Com a carta de crédito na mão, o comprador pode usar aquela quantia para dar entrada em um carro de valor superior, ou até mesmo comprar um veículo de valor inferior e utilizar o restante do dinheiro para saldar as taxas de transferência, documentos e IPVA.

A única ressalva é que essas mudanças só podem acontecer dentro da modalidade contratada, ou seja, em um consórcio de carros, o cliente pode optar por um modelo sedan, hatch, ou um SUV, mas não pode comprar uma moto, ou um barco.

●    Pesquisa, pesquisa e mais pesquisa!

Assim que decidir qual carro deseja adquirir, começa a fase das pesquisas. Para evitar cair em ciladas não tem muitas alternativas, é preciso pesquisar.

O consórcio veicular pode ser feito tanto através de entidades financeiras (bancos, financeiras, ou seguradoras) ou por meio dos próprios fabricantes.

Uma dica é investigar a reputação da empresa em sites como o Reclame Aqui ou o Procon. Outro passo valioso, é descobrir se a administradora do consórcio escolhida está legalizada e ativa. O Banco Central, disponibiliza em seu site uma área para pesquisar sobre as empresas de consórcio.

●    Contratação

A compra de um consórcio é simples e livre de burocracia. Após decidir a empresa de consórcio, o interessado pode, em poucos cliques, fazer uma simulação da compra.

Após a simulação, é só entrar em contato com um representante da empresa, e fornecer os dados solicitados.

Vale lembrar que pessoas com o nome negativado também podem participar de grupos de consórcio, desde que se comprometam em regularizar a sua situação até o momento da contemplação (pois muitas administradoras exigem que o nome esteja limpo para entregar a carta de crédito).

●    Requisitos para entrar em um consórcio

  • Maior de 18 anos;
  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência.

●    Pagamento

Após a assinatura do contrato, a primeira mensalidade ficará disponível para pagamento. O participante passará a participar dos sorteios após quitar essa parcela.

É importante também manter as mensalidades em dia, pois se estiverem em atraso a pessoa não poderá participar dos sorteios.

Após a contemplação, é obrigatório continuar realizando os pagamentos mensais até quitar o saldo aberto. Em caso de inadimplência, a administradora do consórcio poderá, em última instância, até mesmo iniciar um processo de busca e apreensão do veículo.

mulher entregando chaves do carro carro
O consórcio é a chave para conquistar seus objetivos. Faça já sua cotação.

●    Contemplação e compra do carro

A contemplação pode acontecer por meio de lances, do sorteio, ou no fim do consórcio.

Ao ser contemplado com a carta de crédito, ele deverá entrar em contato com a administradora e dar entrada no depósito do dinheiro. Finalmente, o cliente pode efetuar a compra do seu carro.

Com a carta de crédito essa operação ocorrerá de maneira similar a uma transação feita em dinheiro. Com isso, o cliente tem um poder de compra maior, podendo negociar com o vendedor melhores condições, e até descontos.

Posso cancelar?

Sim, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), é possível sim cancelar o consórcio.

Por ser uma modalidade de compra de longa duração, é razoável imaginar que imprevistos possam ocorrer, e impedir que o consorciado continue a honrar com as mensalidades.

Se algo assim acontecer, é possível cancelar o contrato junto a operadora, ou até mesmo optar por vender a sua cota (se essa opção for permitida pela operadora do consórcio).

De qualquer forma, antes de optar por cancelar ou vender a cota, é prudente entrar em contato com a empresa, pois cada uma estabelece regras próprias para o cancelamento do contrato.

Ao cancelar o consórcio, o cliente poderá reaver os valores já pagos, sendo descontadas as taxas(como taxa administrativa e fundo de emergência).

Por que fazer um consórcio?

Comprar um veículo por meio de um consórcio tem suas vantagens e desvantagens.

Para quem está disposto a esperar o tempo de contemplação, o consórcio é atrativo, pois quase não tem burocracia e juros e possui taxas acessíveis.

Mas, caso precise concretizar a compra rapidamente, o consórcio pode não ser a opção mais indicada. Nesse caso, o melhor a se fazer é consultar as outras opções disponíveis.

Agora que você já sabe como fazer um consórcio de carros, pesquise bem e escolha o que mais combina com você.

Avalie este post

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *