Como é feito o lance em um consórcio?

O lance em um consórcio permite antecipar o recebimento da carta de crédito. Entretanto, não há garantias de contemplação.

Quem opta por um consórcio sabe que pode ser contemplado com a carta de crédito ao ser sorteado. Isso pode levar meses ou anos dependendo da duração do consórcio.

Uma forma de tentar antecipar a contemplação é fazendo um lance em um consórcio. Essa é uma possibilidade que todas as administradoras dispõem e acaba sendo interessante para quem tem pressa em comprar o bem.

Como é feito o lance em um consórcio?
Imagem: Pixabay

O que é o lance em um consórcio?

Mensalmente é preciso pagar o valor do consórcio e aguardar os sorteios que ocorrem na assembleia. Se for contemplado a carta de crédito é entregue para a compra do bem.

O lance em um consórcio permite antecipar o recebimento da carta. É claro que ele pode ser feito por qualquer cotista, e não existe uma certeza de contemplação.

Consiste em o interessado em receber rapidamente carta fazer uma oferta adicional de um valor. Vamos supor que a pessoa tenha 20% do bem e queira fazer essa proposta. Se ela realizar a maior oferta naquela assembleia acaba sendo contemplada.

Podemos dizer que o lance é uma oferta de valor que se torce para ser a maior. Se isso acontecer a pessoa é contemplada.

Quais os tipos de lances?

Existe mais de uma maneira de fazer um lance em um consórcio. Esses são comuns nas administradoras, mas é sempre preciso estar atento ao contrato.

Lance livre

Como o nome indica, o consorciado pode ofertar o valor que desejar. É preciso verificar quanto falta a ser pago no consórcio, sendo esse o valor limite.

Vamos supor que ainda reste R$ 90.000,00 para terminar de pagar o consórcio e a carta será no valor de R$ 180.000,00. Nesse caso se apresenta uma proposta com um valor percentual da carta de crédito.

A pessoa pode propor uma oferta de 30%, o que corresponde a R$ 54.000,00. Se esse for o maior lance apresentado ela paga esse valor integralmente e recebe a carta. Se houver uma oferta maior, ela não será contemplada.

Lance fixo

No lance fixo a administradora define qual o percentual que será dado como lance. Esse costuma ficar em média entre 15% e 30% do valor da carta de crédito.

Nesse caso, diversos consorciados podem fazer um lance junto. Para que se defina a quantidade de contemplados a administradora precisa ter o dinheiro em caixa para fazer os pagamentos. Por isso, os vencedores terão um número limitado.

O que acontece se mais pessoas derem o lance do que o máximo permitido para a contemplação. Terá de ser feito um desempate.

No contrato existem regras sobre o lance em um consórcio. Para o desempate pode ser adotado um sorteio entre os ofertantes, considerando os próximos números de cotas em relação às sorteadas e outras.

Lance embutido

O lance embutido pode ser tanto um lance fixo como livre. Isso dependerá de quais são as regras previstas no contrato e os percentuais máximos estabelecidos.

Ele funciona de forma diferente, isso porque a pessoa não precisa ter o dinheiro em mãos para fazer a oferta. O que ela faz é disponibilizar um percentual da carta de crédito para ser usado nesse lance.

Vamos supor que a carta de crédito seja de R$ 50.000,00 e o máximo permitido é de 25%. Então ela pode fazer um lance embutido no valor de R$ 12.500,00.

Caso seja contemplada, quando receber a carta terá o lance descontado, ou seja, essa será de R$ 37.500,00.

Lance usando o FGTS

O consórcio de imóveis permite que sejam feitos lances usando o FGTS. Para a aquisição de outros bens essa modalidade é inviável.

Será preciso apresentar um extrato do FGTS para que o valor seja dado como lance. Em caso de vencer, o valor da carta funciona de uma forma um pouco diferente.

Vamos supor que o valor da carta era de R$ 300.000,00 e o lance com o FGTS foi de R$ 50.000,00.

Nesse caso, será entregue uma carta de R$ 250.000,00 e os outros R$ 50.000,00 dados como lance devem ser pagos diretamente ao vendedor.

Como é feito um lance?

Para que o lance em um consórcio seja realizado é preciso entrar em contato com a administradora. Existe um calendário com as datas limites para que as ofertas sejam feitas para concorrer em cada assembleia.

Se informa o tipo de lance que deseja fazer e o valor. Somente no dia da assembleia é que as ofertas são divulgadas de forma simultânea. Assim, os demais consorciados são as conhecerão quando as propostas forem apresentadas.

Vale lembrar que seguindo as regras os vencedores serão definidos. Apenas eles precisam fazer o pagamento dos lances conforme o que foi proposto. O valor será usado para quitar as parcelas restantes.

Quem não venceu naquele mês, no mês seguinte pode refazer o lance ou apresentar outra proposta para tentar ser contemplado.

Existe uma melhor época para fazer a oferta?

Sim, mas isso varia de um grupo para outro. É preciso analisar o comportamento dos consorciados para entender isso melhor.

No início é normal que mais pessoas façam lances, pois elas querem receber logo a carta de crédito e estão ansiosas para isso.

Além disso, em algumas épocas do ano em que existe maior entrada de dinheiro, os lances aumentam. Isso acontece bastante no final do ano quando se recebe o 13º salário.

Quem deseja aumentar as chances de contemplação deve optar por períodos em que as ofertas tendem a diminuir. Ou seja, em períodos de menores ganhos e não no início do grupo formado.

Sabendo de todas essas informações, estará mais preparado para dar um lance em um consórcio. Entretanto, lembre-se de guardar algum dinheiro para a compra do bem, afinal, sempre surgem despesas adicionais como as de documentação.

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *