Seguro de casa – Saiba como funciona o seguro residencial

21 de fevereiro de 2018
Compartilhe em suas redes:

Hoje, apenas 15% das residências possuem um seguro de casa. Entenda como funciona um seguro residencial, quais as coberturas que ele pode ter para proteger sua casa, como é calculada sua indenização e tire as demais dúvidas.

O seguro de casa é mais conhecido como seguro residencial e visa oferecer uma proteção para o seu lar.

Esse produto é comercializado pelas seguradoras que devem ser vinculadas a SUSEP para que os produtos ofertados cumpram algumas regras que protegem o consumidor.

Mas, você já parou para pensar como ele funciona e tudo o que pode oferecer? Para esclarecer as suas dúvidas preparamos esse guia.

Seguro de casa

O que é o seguro residencial?

Esse é um seguro que visa proteger o seu lar. As coberturas podem variar, mas no geral as proteções contemplam a estrutura, fiação, encanamento e até mesmo bens dentro do imóvel.

Quais as coberturas do seguro de casa?

As coberturas podem variar de uma seguradora para outra, mas também existe a possibilidade do segurado contratar uma cobertura mais ampla ou mais simples.

Dentre as coberturas disponíveis existem:

  • Roubo
  • Furto
  • Incêndio
  • Queda de raios
  • Explosões
  • Inundações e alagamentos
  • Danos elétricos
  • Chaveiro, entre outras.

Quais são as coberturas não inclusas?

Existem riscos que não cobertos, isso quer dizer que caso ocorram, não serão indenizados. Porém, se possuírem coberturas específica poderão ser contemplados.

  • Guerra, rebelião ou comoção civil
  • Queimadas em zonas rurais
  • Lucros cessantes e danos emergentes
  • Erupção vulcânica

Existem bens que não são compreendidos?

Ao contratar seguro é possível segurar alguns bens que estejam dentro da residência, mas existem algumas exceções:

  • Metais e pedras preciosas
  • Joias
  • Obras de arte
  • Plantas
  • Moedas
  • Bens de terceiros

Existem algum serviço de assistência 24 horas?

Normalmente as seguradoras oferecem o serviço de chaveiros, assim se a fechadura estiver emperrada ou perder a chave poderá contar com o chaveiro. O serviço costuma incluir apenas a mão de obra, mas se precisar de algum produto esse pode ser cobrado a parte.

Existem seguradoras que oferecem serviços extras que podem estar inclusos no seguro para casa ou cobrados a parte, como: eletricista, encanador, vidraceiro, limpeza, retirada de entulho, vigilante, cobertura provisória de telhado, troca de lâmpadas e martelos e outros.

O que é a franquia do seguro?

É um valor percentual que o segurado deverá pagar caso ocorra algum sinistro para que ele receba a indenização. Porém, a franquia do seguro de casa só será cobrada se o valor do prejuízo superá-la. Em casos opostos, a seguradora não indenizará.

Como é calculado o valor da indenização?

Isso dependerá dos bens que foram afetados durante o sinistro. No caso da estrutura da casa será considerado o custo do metro quadrado da construção. Já em relação aos pertences serão verificados os itens listados na apólice e a indenização ocorrerá até o valor máximo determinado na apólice.

Como solicitar a indenização do seguro residencial?

Caso ocorra algum sinistro coberto pelo seguro de casa é preciso entrar em contato com a seguradora informando sobre o ocorrido.

Após esse contato, você receberá todas as orientações da segurador de como proceder para receber a indenização e se tem direito a ela, de acordo com as coberturas contratadas.

Em quanto tempo recebo a indenização do seguro?

O prazo para pagamento da indenização é de até 30 dias a contar do envio da documentação solicitada pela seguradora. Esse prazo pode ser suspenso caso haja necessidade de apresentar mais algum documento.

Se o período de 30 dias não for cumprido, a indenização deverá ser paga com juros e multas acrescidos.

O pagamento da indenização pode ser recusado?

Sim. Em situações de prejuízos causados intencionalmente, reclamação de indenização fraudulenta e declarações falsas ou omissão a seguradora pode recusar o pagamento do seguro de casa.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *