Quais são os calçados ideais para dirigir?

Compartilhe em suas redes:

calçados

Não é apenas uma questão de estilo. Escolher o calçado certo para dirigir é fundamental para garantir sua segurança no trânsito. Para isto, dirigir com sapatos confortáveis, que mantenham a sensibilidade e o controle para conduzir são essenciais.

De modo geral, a regra é bem simples: é preciso usar sapatos de estrutura flexível, para sentir e acionar os pedais. Afinal, os calçados não podem, em qualquer hipótese, limitar os movimentos do motorista.

Sendo assim, nada de calçados apertados ou sapatos cuja sola pode grudar no tapete de borracha do veículo, fazendo com que você pise no acelerador e perca o controle do veículo. Botas, por exemplo, embora quentinhas, não são muito indicadas, por terem uma estrutura rígida, que compromete os movimentos dos pés, podendo tirar o controle total dos pedais.

Atenção, também, para os cadarços de tênis, que precisam estar bem amarrados, para não enroscar nos pedais. E mulheres, cuidado com os saltos e sapatos plataforma, que podem atrapalhar o movimento dos pés. Por isto, vale a preferência a mocassis ou sapatilhas quando estiverem ao volante.

Calçados e o Código de Trânsito

Você já deve ter visto alguém dirigindo descalço, para evitar sandálias de tiras ou chinelos. Novamente, não é uma questão de conforto e sim porque, segundo a lei de trânsito, é preciso conduzir o veículo usando calçado firme nos pés, que não comprometa a segurança no trânsito. O descumprimento gera infração média, com multa de R$ 85,13. Portanto, ao dirigir descalço, o motorista exclui o risco de o calçado se desprender dos pés, o que já não é garantido quando se guia o automóvel com chinelos, por exemplo.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *