Cinco situações inusitadas na estrada; saiba como lidar

situações inusitadas na estrada

Quem vai pegar estrada precisa estar preparado para todo tipo de situação. Animais na pista, sono ao volante, pistas escorregadias, pouca visibilidade devido à neblina e fumaça de queimadas são algumas das surpresas que exigem a atenção redobrada dos motoristas.

Para todos os casos, manter distância segura do veículo que está à frente e saber como lidar com a situação sem perder o controle é fundamental. E mesmo em casos de emergência, antes de qualquer atitude brusca, olhe pelo espelho retrovisor e veja se não há veículos por perto antes de reduzir a velocidade sem oferecer risco aos demais. Abaixo, mais algumas dicas para cada situação:

Cuidado, animal na Pista!

Caso você aviste animais na pista, nunca buzine. Isto pode assustá-los, fazendo com que fiquem agitados, o que traz ainda mais perigo para quem está na passando pela estrada. Faróis altos à noite também podem paralisá-los à sua frente, o que aumenta o risco de acidente. Por isto, se possível, pare e espere que passem, procurando sempre sinalizar a outros motoristas sobre o perigo.

Deu sono!

Quem pode viajar durante o dia conta com mais segurança nas estradas e um risco menor de sentir sonolência. Mas, se tiver que pegar estrada durante a noite, procure descansar bem. E se mesmo assim o sono bater forte, não adianta pedir para que os outros passageiros conversem com você, aumentar o volume do rádio para cantar, ou lutar contra o sono; pare o carro em um lugar seguro e durma, mesmo que por meia hora.

Tempestade a vista!

Você sabia que um carro que freia a 80 km/h em pista seca percorre 30 metros até parar, ao passo que em pista molhada, essa distância é de 45 metros ou mais? Estradas com chuva ficam mais escorregadias e os motoristas têm a visão comprometida pela água dos carros à frente. Neste caso, reduza a velocidade, não dê guinadas bruscas no volante e acenda os faróis. Outra dica: não freie de forma abrupta.

Pouca visibilidade por causa da neblina

A neblina compromete bastante a visibilidade do motorista, seja durante o dia ou à noite. Por isto, dirija em baixa velocidade e não utilize farol alto, pois a luz reflete na névoa, voltando para os olhos do motorista, o que piora ainda mais a situação. Também evite fazer ultrapassagens ou parar em acostamentos. E se seu veículo tiver faróis especiais para neblina, não se esqueça de utilizá-los.

Queimadas
Em épocas de seca, a vegetação próxima à pista fica ressecada e incêndios se tornam mais comuns. Além dos transtornos ao meio ambiente e à saúde, estas queimadas trazem grandes riscos de acidentes de trânsito, devido à visibilidade que fica bastante comprometida em locais onde há fumaça. Nestes casos, fique atento a animais silvestres que fogem dos incêndios e ao fogo às margens das rodovias. E foque sua visão em determinados pontos da via, como as faixas da lateral e central, ou ainda nos sinalizadores do chão da pista.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *