Entenda como funcionam seguros para táxi

| Autor: Jeniffer Elaina

Os seguros para táxis servem como uma proteção e ajudam os motoristas a economizarem dinheiro em caso de sinistro. Entenda como eles protegem e saiba escolher o seu.

Para o taxista, o seguro do seu veículo é indispensável, pois, o automóvel é seu meio de transporte e trabalho.

Além disso, o taxista precisa que seu automóvel tenha manutenção constante, para evitar o desgaste das peças e acessórios, afim de evitar inconvenientes no dia a dia.

Para contribuir com esses motoristas, as companhias de seguros têm desenvolvido um produto especial.

Os seguros de automóveis foram adaptados conforme às condições dos carros que são utilizados para o translado de pessoas.

Com os seguros de táxi, o motorista se sente seguro enquanto exerce o seu trabalho.

Entenda como funcionam seguros para táxi

Quais são os riscos que os táxis correm?

Os motoristas que trabalham como taxistas sabem que estão expostos na maior parte do tempo e um dos seguros para táxi podem proteger.

Uma das grandes preocupações está relacionada à violência, pois, os veículos podem ser roubados.

Na cidade do Rio de Janeiro, esses veículos estão sendo visados pelos bandidos que usam os carros roubados para praticar crimes.

O motorista que tem o carro levado e não possui seguro acaba tendo um prejuízo, pois, terá que arcar com o valor do carro que foi levado e com a compra de um novo se quiser continuar trabalhando nessa profissão.

Os roubos e furtos não são as únicas preocupações. As colisões podem acontecer, afinal, se passa uma boa parte do tempo dirigindo e isso faz com que o risco aumente.

Um seguro para táxi básico pode ser a solução desde que possua essa cobertura.

Mesmo quem toma cuidado ao volante e acha que está livre de batidas, atenção! Por mais que se tome cuidado nem todos os motoristas estão atentos e isso resulta em colisões inesperadas.

Outra questão é ficar parado no meio da rua por problemas no carro, se isso acontecer e tiver seguros para taxistas o problema será bem menor.

Basta acionar a seguradora para que seja enviado um guincho para levar o seu carro até uma oficina.

Coberturas

As coberturas para um seguro de táxi são as básicas: contra colisão, incêndio, roubo e furto, contra terceiros e danos pessoais, e as adicionais.

As adicionais são facultativas, já que você pode escolher só aquelas que considerar necessárias para a proteção de seu carro.

Dentro das mais solicitadas, podemos listar as coberturas para os vidros, para o equipamento e os acessórios, o carro reserva e talvez uma das mais importantes para os taxistas, o serviço de assistência 24 horas.

Na maioria das vezes, os motoristas de táxis dirigem uma quantidade de quilômetros muito superior aos motoristas convencionais.

Além disso, normalmente são utilizados automóveis maiores, assim podem acomodar melhor os passageiros.

Isso os posiciona em uma categoria de seguros de carros superiores, com uma cotação também superior ao que os motoristas padrões necessitam pagar.

O código de trânsito brasileiro se funda no dever de que todos os cidadãos possuem de reparar os danos que causam a outras pessoas, e isso inclui os taxistas.

De modo que possuir um seguro de carros, entre outras exigências (como cursos de capacitação, por exemplo), é essencial para todos os motoristas de táxi, mesmo aqueles que apenas trabalham ocasionalmente.

Para ser um taxista, além da necessidade de uma CNH, é preciso ter um veículo com toda a documentação em dia.

Também é exigido o Condutax (Cadastro Municipal de Condutores de Táxi) que é um cadastro pessoal que habilita uma pessoa a exercer a profissão de taxista, e também uma licença para transformar um veículo em um táxi que é um Alvará de Estacionamento (livre ou privativo) que é emitido pelo Poder Municipal.

O condutax online já é oferecido em alguns municípios, assim, os motoristas podem realizar o curso de habilitação para exercer a sua profissão.

A seguradora também pode solicitar o certificado de realização para incluir o motorista como o utilizador do veículo para exercer a profissão de taxista, por isso, é muito importante se atentar a todos os documentos.

 Como escolher entre os seguros para táxi existentes?

A escolha do seguro para taxistas deve ser um ponto muito importante, isso porque ela serve como uma proteção e também diminuiu perdas financeiras em caso de sinistro.

A primeira coisa a fazer é procurar uma seguradora de renome que possua um bom histórico e avaliação.

Feito isso busque por seguros para táxis, isso porque os carros comuns possuem coberturas diferentes que não atenderão as necessidades.

É comum que haja mais de um opção de cobertura, se optar pelo seguro para táxi básico acabará pagando menos, porém, pode não se ter todas as necessidades atendidas.

Nesse caso a dica é não escolher apenas pelo preço, mas, pelo produto que ofereça tudo o que irá precisar para não ter problemas no futuro.

Compare mais de uma seguradora para tomar a decisão, nesse caso peça cotações em diferentes seguradoras confiáveis e avalie.

Se não for apresentada nenhuma opção de seguro de terceiros para táxi, vale a pena solicitar a inclusão.

O seguro de terceiros é muito importante para caso o taxista provoque um acidente, a seguradora possa cobrir os danos causados aos outros veículos.

Já os acessórios para táxi só devem ser cobertos se forem caros ou o reparo afetar financeiramente.

Por exemplo, reparo de retrovisor costuma ser algo barato e o valor do seguro para o item pode não compensar, então, faça as contas.

Somente após avaliar os prós e contras é que se deve cadastrar táxi em seguradora e ter o cartão do seguro sempre a mão no caso de precisar de uma cobertura ou assistência 24 horas.

Sabendo dessas dicas fica mais fácil escolher os seguros para táxi e trabalhar sem se preocupar com o carro ou com o bolso.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *