Diferenças entre as franquias de seguro

Compartilhe em suas redes:

Uma das melhores maneiras de economizar no seguro do carro é ajustando o valor da franquia. Se você tem dúvidas sobre as diferenças entre as franquias, veja o que é franquia reduzida ou franquia facultativa e quando é preciso pagar a franquia ou ela é isenta.

Diferenças entre as franquias de seguro

O que é a franquia?

A franquia é o valor que deverá ser pago, caso você se envolva em algum acidente, ou sinistro, como é chamado na linguagem do seguro. Seu valor é calculado de acordo com os adicionais que você seleciona ao contratar seu seguro.

De um modo geral, as porcentagens de aumento e redução da franquia variam conforme cada seguradora. Algumas contam com franquias reduzidas, que variam de 25% a 50% do valor da obrigatória, enquanto outras oferecem mais de um tipo de franquia facultativa (ou majorada, do verbo majorar, que significa aumentar o valor) com variações de valor que vão de 50% até 200%.

Quais são as diferenças entre as franquias do seguro?

Atualmente, existem três tipos de franquia seguro auto que são oferecidas pelas seguradoras. Veja a seguir as diferenças entre as franquias:

A franquia obrigatória ou normal

A franquia obrigatória ou normal é a padrão utilizada na contratação da cobertura total. Este tipo de franquia costuma variar de acordo com o tipo de veículo segurado, o uso e os hábitos de direção do condutor. Ela não pode ser eliminada e será cobrada em qualquer tipo de sinistro que cause perda parcial indenizável.

O que é franquia reduzida?

A franquia reduzida de seguro auto trata-se de uma franquia com desconto, que pode ser de 25% ou 50% do valor da franquia obrigatória. Ela pode ser contratada durante a negociação da apólice, mediante um pagamento adicional. A franquia reduzida do seguro é aconselhada para as pessoas que querem ficar tranquilas em caso de acidentes, não se preocupando com gastos inesperados relacionados ao conserto do carro.

Franquia facultativa ou franquia majorada

A franquia facultativa, ou franquia majorada, como pode ser chamada em algumas seguradoras, é um tipo de franquia que possibilita um desconto no pagamento da apólice, ou seja, no valor pago na contratação do seguro do carro.

Esta opção pode ser muito conveniente para os motoristas mais cuidadosos que raramente são responsáveis por acidentes, ou para os motoristas que dirigem principalmente em cidades, onde acontecem os acidentes de menor gravidade. Nestes casos, o sinistro normalmente é menor que o valor da franquia e então seria de responsabilidade do assegurado.

Para que você entenda realmente o que é franquia facultativa, basta pensar que ela é uma franquia mais cara que a normal ou obrigatória, porém, ao ser contratada, permite que pague um valor menor na apólice do seguro. Ou seja, se você é um bom motorista e circula em áreas de poucos acidentes, essa opção vale a pena.

A franquia facultativa ou franquia majorada pode ser contratada nas margens de 25% e 50%, porcentagem que aumenta o valor das franquias, mas reduz proporcionalmente no pagamento da apólice.

Resumindo, as diferenças entre as franquias são:

 

  • Franquia obrigatória ou normal: refere-se ao valor que é estabelecido pela seguradora no momento da contratação do seguro.
  • Franquia reduzida: é a categoria de franquia que possui a um desconto que pode ser de 25% ou 50% do valor da obrigatória, porém conta com um valor maior do prêmio.
  • Franquia facultativa ou majorada: acontece quando o valor contratado da franquia é mais alto, chegando a um valor de 25% ou 50% a mais, porém o valor do prêmio torna-se proporcionalmente menor.

Existem ainda outros tipos de franquia oferecidos por algumas empresas, que possibilitam a contratação específica de franquias mais em conta para equipamentos, carroceria e acessórios do veículo.

Quando o pagamento da franquia é necessário?

O pagamento da franquia é necessário apenas quando o veículo sofre um sinistro, como colisão e enchente, por exemplo, que cause uma perda parcial, ou seja, um dano de até equivalente até 75% do valor do veículo de acordo com a tabela FIPE.

Nos casos de sinistros – como incêndio e colisão, ou roubo e furto, – que configurem perda total do veículo, ou seja, que ultrapasse 75% do valor médio de mercado do veículo, o segurado fica isento do pagamento da franquia, assim como no caso de acionamento da franquia para cobertura de terceiros, ou uso de benefícios como guincho, chaveiro, carro reserva e demais serviços relacionados à assistência oferecida pela seguradora.

Qual a diferença entre prêmio e franquia?

As diferenças entre as franquias e o prêmio do seguro é simples: o primeiro termo refere-se ao valor pago pelo segurado para a contratação do seguro, ou seja, o prêmio é o valor que valida a emissão da apólice e o início da vigência do seguro.

Já a franquia é o valor que deve ser pago à seguradora quando a mesma for acionada pelo cliente, a fim de cobrir algum sinistro de perda parcial, como colisão, enchente etc., ou seja, qualquer sinistro que cause ao veículo um dano de até 75% do valor do veículo.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Compartilhe em suas redes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *